martins em pauta

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Estado não paga aluguel e alunos serão despejados de escola

Terça, 08 de novembro de 2016

Escola Estadual Educandário Presidente Kennedy


Na manhã desta Segunda-feira (7) , cerca de 200 estudantes da Escola Estadual Educandário Presidente Kennedy ocuparam as dependências da 12ª Diretoria Estadual de Educação (DIRED) em Mossoró.

Os estudantes foram surpreendidos com a informação de que a partir do próximo ano as aulas não serão mais realizadas na atual estrutura da escola. O prédio é alugado pelo Governo do Estado que está em divida com os proprietários do imóvel desde Julho deste ano.


Movimento fez protesto após ser surpreendido por notícia quanto ao fechamento (Foto: cedida)

Sem respostas por parte do Governo, os donos do imóvel solicitaram o prédio de volta, e agora os estudantes serão “despejados”, sendo distribuídos para outras escolas.

Segundo a Diretora da Dired, Rina Márcia, os estudantes serão transferidos, uma vez que , segundo ela, a manutenção do Kennedy ficou insustentável devido às dividas.

“Tendo em vista o problema emergencial, vamos transferir os estudantes para outras instituições como o Moreira Dias ou Eliseu Viana, uma vez que para se construir um outro prédio próprio para o Kennedy é inviável para o momento, isso demanda tempo e recursos”, eplicou Rina Márcia.

Mobilizações

Os estudantes não aceitam o fechamento do prédio bem como a transferência para outras escolas. A estudante do 3º ano do ensino médio do Presidente Kennedy, Sara Rayara, afirma que as mobilizações vão continuar até que a Secretaria de Educação assegura um prédio próprio para o Educandário.

“Não fomos informados sobre a falta de pagamento do aluguel do prédio. Fomos pegos de surpresa com essa situação. Queremos um prédio próprio para o Kennedy e não aceitamos a transferência de alunos para outras escolas. Somos todos estudantes do Kennedy, não queremos separação de turmas, queremos o Kennedy de pé e vamos continuar a luta por isso,“ disse a estudante.


Estudantes querem manter movimento em nome de um local para que possam estudar (Foto: cedida)

A Direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE-RN) Regional Mossoró esteve presente na mobilização apoiando os estudantes. Para o professor Rômulo Arnaud, essa situação é mais um descaso da atual gestão do Governo com os estudantes de Mossoró.

“Lamentável ver os nossos estudantes passarem por isso. O Sinte está ao lado deles para protestar e ajudar no que for preciso. É necessário que se faça valer nesse Estado o direito à educação pública. Não mediremos esforços para contribuir com a causa dos estudantes do Kennedy. Estamos aqui para manifestarmos nossa solidariedade e apoio”, enfatizou.

A escola Estadual Educandário Presidente Kennedy tem 420 estudantes matriculados.

Fonte: Carlos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055