martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 31 de outubro de 2022

Caos atinge o ápice na Venezuela e cesta básica já custa inacreditáveis 28 salários mínimos

Segunda, 31 de Outubro de 2022

"Vai para Venezuela!"

O pior é que é verdade, a Venezuela com uma das maiores reservas de petróleo do mundo, que até os anos 1990 era o país mais rico da América Latina, tá no osso.

Uma organização independente divulgou um estudo no qual demonstra que na Venezuela são necessários 28,3 salários mínimos para comprar uma cesta básica familiar, suficiente para alimentar cinco pessoas. Vou detalhar um trabalhador precisa de dois anos de salário mínimo para comprar UMA única cesta básica. Seria cômico, se não fosse trágico.

Em setembro, segundo estimativas do Centro de Documentação e Análise para os Trabalhadores (CENDAS), a cesta básica estava custando US$ 446 (R$ 2,3 mil) em setembro. No Brasil, a título de comparação, a cesta básica do Brasil em setembro custava R$ 663 (US$ 125), correspondente a 55% do salário mínimo de R$ 1.212 (US$ 230).

O salário mínimo fixado pelo governo de Nicolás Maduro em setembro estava em 130 bolívares por mês — cerca de US$ 15,7 (R$ 83). Com isso, mesmo quem ganha o salário mínimo na Venezuela — milhões de trabalhadores, aposentados e pensionistas — conseguiu cobrir apenas 3,4% do custo da cesta básica alimentar.

Só lembrando que Lula não é apenas amigo do ditador da Venezuela, Nicolas Maduro, mas se deu ao luxo de apoiá-lo na eleição  e de indicar o marqueteiro.

Deus abençoe o Brasil.

Foto de Eduardo Negrão

Eduardo Negrão

Consultor político e autor de "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande" ambos pela Scortecci Editora.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055