martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 3 de novembro de 2022

Hospital suspende atendimentos pelo SUS por atrasos de pagamentos do estado e de prefeitura de São Gonçalo do Amarante

Quinta, 03 de Novembro de 2022

Fotos: Pedro Trindade

A administração do Hospital Maternidade Belarmina Monte, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, anunciou nesta quinta-feira (1) a suspensão dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde, que são custeados pelo governo estadual e pela prefeitura do município.

Segundo a unidade, a medida foi adotada por causa do atraso dos repasses financeiros contratados com as secretarias de saúde do estado e município. Os valores devidos somariam mais de R$ 2,4 milhões.

O hospital tem 100% de seus atendimentos destinados aos pacientes do SUS. Segundo o hospital, foram suspensos os atendimentos nos serviços de UTI Geral Adulto e Pronto Atendimento aos pacientes classificados na triagem com as cores azul e verde (sem urgência e pouco urgente).

“Todos serão orientados a procurar uma Unidade Básica de Saúde”, informou a unidade em comunicado à imprensa. Já os pacientes classificados com as cores amarela, laranja e vermelha – urgente, muito urgente e emergência – deverão ser atendidos no hospital e, em caso de hospitalizações, serão feitos pedidos de transferências via Regula RN (sistema de regulação do estado) para outros hospitais da região.

Na manhã desta quinta-feira (1), a unidade contava com 42 pacientes internados, entre leitos clínicos e UTI. A assessora não informou quantos pacientes estão na UTI. A unidade tem 64 leitos. Procurada pelo g1, a assessoria da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante confirmou que “existe uma dívida referente a repasses do governo federal e estadual, uma parcela do município” com o hospital.

Ainda de acordo com o município, a secretária da saúde estava em uma reunião com o setor financeiro da prefeitura para discutir a solução das pendências. A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Note (Sesap) também foi questionada sobre o assunto, mas não enviou posicionamento até a última atualização desta matéria.

G1 RN

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Não é só São Gonçalo, não!!!! Walfredo Gurgel, o de Mossoró. A população continua com os olhos vedados. Não sei de onde tiram esta esperança de oferecer-lhe mais um pleito. Fico me perguntando o que esta gestora trouxe de benefícios para o nosso Estado? Eu não encontro um. A não ser iludir os funcionários com as folhas paradas deixadas pela outra gestão. Algo que não fez mais que a obrigação dela. Vamos acordar povo. Em 2026!!!!!

    1. Imagina que com os amigos está assim kkkkkkk, imagina com o resto do estado que não reza na mesma cartilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643