martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 1 de julho de 2021

MARTINS-RN-: VACILO OU MALDADE? PREFEITURA NÃO APRESENTA DOCUMENTAÇÃO E COMUNIDADES PODEM FICAR SEM ÁGUA POTAVEL PARA BEBER.

Quinta, 01 de Junho de 2021



                                                                

A população ficou sem entender a ação da prefeitura de Martins em não enviar o comprovante a documentação para renovar o convenio gratuito do governo federal com o município, para carros pipas abastecerem cisternas com água potável,  "água mineral do Apodi" bancada pelo governo federal, para melhorar a saúde e matar a cede da população nas comunidades mais distantes da sede do município.

Segundo pipeiros que participam do programa no transporte da água para Martins, que foram para o evento em Natal, deram a viagem perdida, pois a prefeitura não enviou a documentação na data prevista que era dia 21 de Junho, faltando assim 15 cidades do RN, por isso foi adiado para o dia 29, tendo os municípios uma nova chance, mesmo assim faltaram a documentação de 10 municípios, entre os mesmo Martins. e nesse caso a prefeitura fez ouvido de mercador, e agindo assim, ficou de fora, mas como sempre, a corda só quebrou no espinhaço da pobreza.

Depois da repercussão nas redes sociais, a prefeitura tentou contornar a situação, mas quem conhece as normas do convenio que em outras gestões vinha sendo renovado, e dessa vez  com duas solicitações ignoradas,  tudo indica que as comunidades serão prejudicadas com essa "bola fora" da atual gestora Maria José de Oliveira Gurgel Costa, "Mázé" 

Segundo á opinião do vereador Francisco Avelino de Carvalho, "Cabecinha-Republicanos"  isso pode ser uma ação pensada, para fazer com que moradores dessas comunidades, sejam preciso se humilharem á gestora, de ser prciso pedir água na prefeitura para o consumo diário em sua residências. sendo assim isso faz pensar que Martins está andando na contra mão do desenvolvimento.

Esperamos que a prefeitura ainda contorne esse mal exemplo de gestão parece não está nem ai para a população, principalmente das comunidades rurais, finaliza o vereador Cabecinha. 

                               Comunidades que serão prejudicadas

População das comunidades rurais, Serra Nova, Serrinha do Canto, Sitio Pico dos Carros, Estaleiro, Salva-Vidas, Nogueira, Visão, Pitombeira, Sitio Chapéu, Pau de Leite e outras, podem ficar sem água potável para beber e cozinhar no período mais difícil da estiagem, que compreende de setembro a dezembro de 2021. sem contar que o próximo inverno pode demorar e ai, aumentará o sofrimento das famílias dessas localidades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055