martins em pauta

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Ex-diretor de empresa do grupo Qualicorp delatou caixa dois para campanha de Serra

Quarta, 22 de Julho de 2020 

Foto: Reprodução / Setor Saúde

O ex-diretor-presidente de uma das empresas do grupo Qualicorp, Elon Gomes de Almeida, fechou um acordo de delação premiada com a Justiça Eleitoral de São Paulo. Foi neste contexto que ele revelou pagamento de aproximadamente R$ 5 milhões em caixa dois para a campanha de José Serra (PSDB) ao Senado, em 2014.

Segundo informações do jornal o Globo, essa delação, a primeira que envolve o setor de planos de saúde, serviu de base para a operação Paralelo 23, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta terça-feira (21). Os agentes cumpriram 15 mandados de busca e apreensão, alguns deles em endereços ligados a Serra, como o gabinete dele no Senado e seu apartamento funcional em Brasília (saiba mais aqui).

Além disso, quatro mandados de prisão foram expedidos, entre eles um contra o ex-presidente do Qualicorp, José Seripieri Filho.

De acordo com a publicação, Almeida é fundador da empresa Aliança, controlada pela Qualicorp, e era também de extrema confiança de Seripieri Filho, ficando responsável por operacionalizar os repasses a políticos.

Na delação, Almeida disse que o repasse de caixa dois para Serra foi acertado pelo próprio Seripieri. Já ele, como operador, efetuou o repasse por meio de contratos fictícios com empresas que posteriormente abasteceriam a campanha do tucano. Por outro lado, o delator disse que não houve acerto de contrapartida por parte do então candidato.

Os investigadores apontam que o as provas entregue por Almeida incluem comprovantes das transferências de recursos e contratos fictícios, sem prestação de serviços.

Fonte: Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055