martins em pauta

domingo, 8 de março de 2020

Trans abraçada por Drauzio Varella no Fantástico estuprou e estrangulou menino de 9 anos, diz ‘O Antagonista’

Domingo, 08 de Março de 2020



Foto: reprodução/Internet

Segundo apuração do site O Antagonista apurou que a transexual Suzy apresentada em reportagem de Drauzio Varella no Fantástico, no domingo passado, foi condenada por estuprar e estrangular um garoto de 9 anos. Ele deixou o corpo da criança apodrecer em sua sala por 48 horas.

Juízes criminais levantaram a ficha de Suzy de Oliveira, cujo nome de batismo é Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos. A transexual está presa desde 2010.

Segundo o processo ao qual este site teve acesso, “o revisionando praticou atos libidinosos consistentes em sexo oral e sexo anal com o menor Fábio dos Santos Lemos, que à época contava com apenas 09 anos de idade”.

Em sua sentença de maior condenação, o pedófilo e estuprador “matou o ofendido mediante meio cruel, consistente em asfixia, e se valendo de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, haja vista tratar-se de criança, com mínima capacidade de resistência.”

Na reportagem do Fantástico, Suzy afirmou que não recebia visita na cadeia havia oito anos, como se a razão fosse a sua sexualidade. Foi por esse motivo que Drauzio Varella o abraçou. O motivo de a família não visitar o detento, contudo, é que ela o renegou, dada a enormidade do crime cometido.

Na sentença, uma tia da transexual disse que Suzy “contou como ele fez numa casa com uma criança que ele estuprou em São Paulo, não sei onde”.

“Entrou na casa para roubar, subiu as escadas e a criança estava no quarto deitada, não sei bem e ele entrou, fechou a boca da criança e contou tudo, normal como eu estou contando.”

Leia a sentença aqui.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:

  1. Paulo
    Era para estar morto! Se fosse um homem estaria crucificado pela sociedade moderna do mimimi.
  2. Clara
    CLARO que os milhares de elogios recebidos pelo médico e até a sugestão de que se candidatasse a presidente não iam sair barato…. Só que isso em NADA desabona o gesto do médico. Na sociedade cada um tem seu papel: tem gente paga pra prender, gente paga pra investigar e gente paga julgar. O cara tava lá como MÉDICO , pago ( ou nem isso, parece que é voluntário ) para exercer a MEDICINA e o CUIDADO sem julgamentos ou preconceitos, como reza a melhor prática. Muito triste essa necessidade de odiar e alimentar ódio permanentemente nesse país. Tá insuportável.
    • Jadson
      Aplaudo de pé seu comentário. Parabéns!
      Esse espaço precisa de mais gente assim. Por favor, não se vá.
    • Priziaka
      Recomendo que ao sair da cadeia, a senhora leve o pedófilo, estuprador e assassino, para ser babá de seus filhos. Seria um grande gesto de caridade cristã , acolhimento e "combate ao ódio" que vc diz ser tão "insuportável".
  3. S vericio
    É desse tipo de coisa que a Globo gosta de apalpar, elogiar, adorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055