martins em pauta

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Planalto e Congresso articulam venda de etanol de usinas para postos

Quarta, 08 de Janeiro de 2020 

,
Foto: Divulgação / ATB

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira (7) que vai conversar com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que o Congresso dê atenção especial ao Projeto de Decreto Legislativo proposto pelo senador baiano Otto Alencar (PSD) que visa a permissão para que usinas e postos de combustível comercializem etanol entre si. A informação é do Correio Braziliense. 

O texto anula um artigo de uma resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que impede a comercialização direta – desde 2009, é necessário haver um intermediário para fazer o transporte do combustível até os postos. O chefe de Estado defende a medida para que haja diminuição nos preços do combustível no país, uma vez que o custo diminuiria por conta da exclusão do processo do intermediador. 

Nos cálculos do Planalto, o etanol poderia ficar até R$ 0,20 mais barato. O que nós queremos, aproveitando esse projeto, é que o usineiro, o cara que planta cana (de açúcar), e faz o etanol, que ele pegue um caminhão qualquer, regular, e ande 10km e entregue o etanol no posto. Hoje, ele é obrigado a entregar para um distribuidor. Então, em vez de andar 10km, ele anda 200km para lá, anda 200km para cá, para entregar o etanol do lado da usina. Isso ia reduzir, no mínimo, R$ 0,20 o litro do álcool, que vai reduzir, também, a gasolina, porque tem a mistura do álcool na gasolina”, analisou Bolsonaro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055