martins em pauta

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Após saldar dívida de R$ 1,7 bilhão governo mantém voto do Brasil na ONU em 2019

Segunda, 07 de Janeiro de 2019

Foto: Divulgação


Cerca de R$ 1,77 bilhão foram gastos pelo governo brasileiro em 2018 com compromissos financeiros obrigatórios para a manutenção e desenvolvimento das atividades de organismos multilaterais do sistema de cooperação internacional, a exemplo da Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial de Saúde (OMS). O montante da colaboração brasileira no ano passado representou aumento de cerca de 75% em relação aos mesmos gastos do ano anterior, 2017, que somaram cerca de R$ 1 bilhão, de acordo com o Uol.

As contribuições regulares a organismos internacionais haviam sido interrompidas total ou parcialmente a partir de 2014, no governo de Dilma Rousseff (PT), e foram retomadas por Michel Temer (MDB) a partir de 2016.

Com os pagamentos efetuados, o governo do presidente Temer normalizou o trânsito e a posição internacional do Brasil, que habilitam o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a participar das discussões e exercer o direito de voto nesses organismos multilaterais de comando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055