martins em pauta

sábado, 13 de outubro de 2018

FIM DO MUNDO! Projeto de lei quer liberar mudança de sexo em crianças, sem autorização dos pais

Sábado, 13 de Outubro de 2018

O PL 5002/2013 está tramitando na Câmara dos Deputados e a ministra dos Direitos Humanos pediu celeridade na aprovação da proposta.


Uma notícia que tem circulado nas redes sociais nos últimos dias sobre um projeto de lei que está tramitando na Câmara dos Deputados tem preocupado muitas famílias. A informação é de que o texto projeto inclui em suas propostas a autorização de cirurgia de mudança de sexo até mesmo para crianças e adolescentes, com ou sem a autorização dos pais.

Por mais chocante que a proposta pareça aos olhos de muitas famílias, o Portal Guiame checou o texto na íntegra e confirmou que esta proposta realmente integra o PL 5002/2013, que é de autoria dos deputados Jean Wyllys (PSOL - RJ) e Érika Kokay (PT/DF), e chega aparentar certa contradição, quando analisado ao todo.

Apesar de no Artigo 4º, o texto destacar que a maioridade é um dos requisitos para que as pessoas solicitem a retificação registral de sexo e gênero, o Artigo 5º refere-se às pessoas menores 18 anos e diz que nestes casos, se seus pais não estiverem de acordo com esta mudança, é possível recorrer à assistência da Defensoria Pública para autorização judicial.

"Com relação às pessoas que ainda não tenham dezoito (18) anos de idade, a solicitação do trâmite a que se refere o artigo 4º deverá ser efetuada através de seus representantes legais e com a expressa conformidade de vontade da criança ou adolescente, levando em consideração os princípios de capacidade progressiva e interesse superior da criança, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente", diz o Artigo 5º.

O mesmo também ocorre com o Artigo 8º, no qual aponta que as pessoas maiores de idade, poderão fazer livremente a solicitação de uma cirurgia de mudança de sexo, porém no parágrafo 2º, o projeto aponta que os menores de idade também podem solicitar a assistência da Defensoria para emissão de uma autorização judicial.

"No caso das pessoas que ainda não tenham de dezoito (18) anos de idade, vigorarão os mesmos requisitos estabelecidos no artigo 5º para a obtenção do consentimento informado", ressalta o parágrafo 2º do texto.

Segundo o deputado Jean Wyllys, a autorização de mudança de gênero e até mesmo de cirurgias de mudanças para crianças e adolescentes é um ponto importante do texto.

"Não faz sentido que uma pessoa trans espere até os 18 anos para iniciar o processo transexualizador (que é um longo processo) ou fazer qualquer tipo de intervenção no corpo. (...) É preciso conhecer os aspectos, fases e possibilidades", diz o parlamentar.

No dia 28 de junho deste ano (2017), a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, enviou um ofício para o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), solicitando mais celeridade na apreciação e aprovação do projeto de lei, a fim de "garantir os direitos da população LGBTI".

Ideologia de gênero = abuso infantil

A relação entre as propostas em questão do PL 5002 e a ideologia de gênero é inevitável. Sempre citada por seus defensores em debates como uma defesa da "identidade de gênero", este tipo de doutrinação ideológica já tem surtido efeitos catastróficos em alguns países da Europa e também tem levado médicos a emitirem alertas significativos às famílias nos Estados Unidos.

Já em 2015, o jornal 'Gloucester Citizen', o número de crianças submetidas a tratamento por disforia de gênero no Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido deu um salto de 1.000% nos cinco anos anteriores.

Mais de 1.000 crianças foram tratadas pelo Serviço de Transtorno de Identidade de Gênero, prestado pelo Serviço Nacional de Saúde no Reino Unido, entre abril e dezembro de 2015.

Já a Faculdade Americana de Pediatria (EUA) alertou que a ideologia de gênero, quando aplicada sobre as crianças, configura, sem dúvida, um abuso infantil.

"As crianças que usam bloqueadores de puberdade para representar o sexo oposto vão exigir que hormônios sejam usados para a mudança ou recuperação da sexualidade tardiamente na adolescência. O uso de hormônios, como testosterona e estrogênio estão associados a riscos de saúde perigosos, incluindo o descontrole da pressão arterial, coágulos sanguíneos, acidente vascular cerebral e câncer", destacou a organização.

"As taxas de suicídio são 20 vezes maior entre os adultos que usam hormônios do sexo oposto e se submetem à cirurgias de mudança de sexo, mesmo na Suécia, que está entre os países que mais afirma a cultura LGBT", acrescentou o comunicado da Faculdade.


Fonte: Guiame / Sobral 24Horas



10 comentários:

13 de outubro de 2018 12:00Reply
Joe wyllys e todo o PT são uns verdadeiros filhos da pu7@ esses canalhas duma figa...
13 de outubro de 2018 13:43Reply
filhos do demonio querem implantar essa desgraça nas famílias, esse direito humanos que Elem de defender só bandidos querem destruir os bons costumes, esse queima rosca vai com seus projetos pro inferno e ainda esse lixos querem ser presidente,e por isso que cristão católico e evangélicos tao em peso Bolsonaro presidente 17 17 ���� ��������������������
13 de outubro de 2018 14:40Reply
Deus é amor mais também é justiça ele vai pagar por isso ainda o senhor vê tudo..
13 de outubro de 2018 15:00Reply
Kkk, Bolsonaro está chegando e vai acabar com essa safadeza.
13 de outubro de 2018 16:08Reply
Caso o Haddad ganhe este rapaz ai "Jean" será o ministro da educação.imaginem só.
13 de outubro de 2018 16:42Reply
Esse Jean Wyllys é um dos maiores safados que já entraram pra politica, tudo isso apoiado pela safadeza que está reinando no Brasil, basta ligar na Globo p ver q o único assunto deles é falar sobre a pessoa mudar de sexo como se fosse a melhor coisa do mundo.

Será que acham que será bom na vida dessas pessoas?? Vão passar vida sendo ridicularizados, sempre tendo que se meter em brigas para forcarem serem aceitos. Não importa se é politicamente incorreto, o fato é que sempre vão ser chamados de viado, sapatão, traveco etc.
13 de outubro de 2018 16:46Reply
Esse depravado juntamente com o PT quer a distribuição para crianças daquelas cartilhas ensinando que é normal sexo de todas as formas, falando que não existe masculino e feminino, é normal se relacionar com todos.

Eles querem empurrar de goela abaixo nas famílias que todos tem que ser invertidos e que isso que é o correto. Agora imagine a cabeça de uma criança de 6 anos com essa educação... Dos anos 90 pra cá o Brasil entrou em total degradação de valores.
13 de outubro de 2018 16:50Reply
Safados!! PT e sua corja nunca terão meu voto!! No país em que falta segurança, saúde, educação, parece que a única coisa que esse povo pensa em obrigar os outros a querer mudar de sexo. Não adianta,podem fazer todo tipo de cirurgia,mas quem nasceu homem e mulher vai morrer assim, o máximo que vão conseguir é se iludir.
13 de outubro de 2018 16:52Reply
Essa hiena cuspidora só pensa em C#, antigamente até os viados se davam ao respeito
13 de outubro de 2018 18:20Reply
OLHA AI ELEITORES DO HADAD, OLHEM O QUE O CANDIDATO DO LULA QUER FAZER COM NOSSAS FAMÍLIAS . VOTEM NELE PRA VER O QUE VAI ACONTECER. NO PLANO DE GOVERNO DELES JÁ TA TUDO EXPLICADO, SÓ NÃO VER QUEM NÃO QUER: LIBERAÇÃO DA MACONHA.
MUDANÇA DE SEXO, SEM AUTORIZAÇÃO DOS PAIS.
LIBERAÇÃO DOS PRESOS NOS PRESÍDIOS.
ACABAR COM A LAVA JATO.
LIBERAÇÃO DO ABORTO.
SÓ EXISTE UMA SAÍDA QUE JAIR MESSIAS BOLSONARO ACORDEM EM QUANTO É TEMPO.17 PRA ACABAR COM ESSES COMUNISTAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055