martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 17 de outubro de 2022

Lula debocha dos católicos e solta mais uma mentira escabrosa, desta vez envolvendo o Papa

Segunda, 17 de Outubro de 2022

Foi por essas e outras que Leonel Brizola concluiu: 

"Para subir, Lula é capaz de pisar no pescoço da própria mãe!".

Ele já vinha mentindo que tinha sido inocentado nos processos da Lava Jato. Mentira! Qualquer um pode acessar falas de Gilmar Mendes e Luiz Fux, ministros do STF, que esclarecem: o que houve foi uma "anulação formal" dos processos: "Ninguém discute se houve ou não corrupção!", diz Gilmar Mendes. Não, Lula não foi inocentado pelo STF.

O favorzinho supremo que Lula recebeu foi este: O STF, que, por cinco anos, admitiu que os processos da Lava Jato (envolvendo Lula) corressem em Curitiba, mudou de ideia de repente e disse que tem de ser em Brasília, mandando voltar tudo à estaca zero.

E Lula também tem mentido que foi inocentado na ONU. Não houve nem poderia haver julgamento na ONU: é só uma fake news.

Agora o PT usa o 12 de outubro, data muito cara para os católicos (o que implica certa emotividade) e, na propaganda política, afirma que o papa afiançou a inocência de Lula. Mentira! Mais uma fake news!

Acaso o papa tem jurisdição para anular as sentenças condenatórias de Lula (condenado, sim, por alta corrupção)?  Desde quando é papel do papa julgar práticas criminosas? A quem pensam enganar com essa fake news?

Lula e seus sequazes já vinham tratando com deboche os evangélicos.

Agora sobrou para os católicos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643