martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 18 de junho de 2022

Advogados pedem desagravo da OAB em defesa da advogada e esposa de Daniel Silveira

 Sábado, 18 de Junho de 2022

.


Os advogados protocolaram pedido no Conselho Federal da OAB que foi recebido e protocolado com o número 49.0000.2022.006019-0 e encaminhado a comissão de estudos constitucionais.

A advogada Paola da Silva Daniel foi constituída como advogada de defesa por procuração desde 06 de Agosto de 2021 (e-doc 294) nos autos do inquérito que deu origem a denominada Ação Penal 1044/DF que tramita no STF sob relatoria do Ministro Alexandre de Moraes.

No  último dia 03 de Junho de 2022 a advogada teve sua conta bancária bloqueada por determinação judicial supostamente proferida pelo então ministro relator da AP 1044 em processo em que não figura como parte e que muito menos tem conhecimento das razões jurídicas e motivos que ensejaram o bloqueio cautelar de sua conta bancária.  

Os advogados  que assinam a nota de apoio externam muita preocupação com o estado de coisas inconstitucionais  que agora até mesmo a advogada de defesa do deputado federal Daniel Silveira tem suas prerrogativas aviltadas,  tornando-se vítima de medidas cautelares desconhecidas e “objeto de investigação e perseguição política judicial” em processo que não é parte e não tem conhecimento, não tendo sido citada previamente  para exercer seu direito a ampla defesa e muito menos notificada para tomar conhecimento integral da “decisão” proferida contra si que culminou com bloqueio de sua conta bancária.

O grupo de advogados conclui que “O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – CFOAB não pode continuar calado diante de tantos fatos assombrosos perpetrados contra  advogados que atuam na defesa de vários perseguidos políticos no inquérito inconstitucional das fake news (Inquérito 4781) e agora diante da perseguição contra a advogada de defesa do Deputado Daniel Silveira, constituída por procuração nos autos do inquérito inconstitucional que deu origem a AP 1044/DF.”

Leia o documento: CLIQUE AQUI:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055