martins em pauta

terça-feira, 12 de maio de 2020

Mercado estima queda de 4,11% do PIB em 2020; já é a 11ª redução seguida

Terça, 12 de Maio de 2020

Foto: Divulgação

Pela 11ª vez consecutiva, analistas de instituições financeiras reduziram a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020. De queda de 3,76% no dia 30 abril, a projeção passou para queda de 4,11% nesta segunda-feira (11).

Conhecido como relatório "Focus", esse boletim de mercado é divulgado toda semana pelo Banco Central. Os dados divulgados nesta segunda levaram em conta uma pesquisa feita na semana passada com mais de 100 instituições financeiras.

De acordo com informações do G1, a previsão ainda é "otimista", se comparada com a que foi feita pelo Banco Mundial (queda de 5%) ou pelo Fundo Monetário Internacional (queda de 5,3%). Em 2019, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB cresceu 1,1% - desempenho mais fraco em três anos.

No entanto, a pandemia do novo coronavírus, que deve ter seu pico no Brasil entre maio e junho, tem afetado economias do mundo inteiro. Na Europa como um todo, por exemplo, a previsão do PIB é de queda de 7,4%.

Para 2021, a previsão do mercado financeiro para o PIB nacional segue em 3,2%.

Quanto à inflação, o boletim reduziu a estimativa de 2020 de 1,97% para 1,76%. A meta central é de crescimento máximo de 4%, e mínimo de 2,5%, podendo oscilar deste número até 5,5%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055