martins em pauta

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Sérgio Moro: “PM da Bahia explicará morte de Adriano da Nóbrega”

Quinta, 13 de Fevereiro de 2020

Ministro lembrou que o ex-PM foi morto em um estado governado pelo PT.


Nesta quarta-feira (12), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que a Polícia Militar (PM) da Bahia irá explicar a morte do ex-PM Adriano da Nóbrega, acusado de ser integrante de um grupo de assassinos profissionais, de chefiar uma milícia e ainda de ser sócio da contravenção no Rio de Janeiro. Ele foi morto durante uma ação policial no fim de semana.

Durante participação em uma audiência na Câmara dos Deputados, Moro foi questionado pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP) sobre o nome de Adriano não ter sido incluído na lista dos criminosos mais procurados do Ministério da Justiça. Ele disse que a Pasta fez uma avaliação técnica e decidiu deixar o nome do ex-PM de fora.

– Essa questão da lista é uma questão falsa. Na verdade, não é uma lista de todos os procurados, é uma lista dos mais procurados. E na avaliação técnica que foi feita, essa pessoa específica não entrou. Se vê que sequer foi necessário, porque ela foi encontrada, poucos dias depois, pela polícia da Bahia. E lamentavelmente, as circunstâncias vão ser esclarecidas pela polícia daquele Estado, da Bahia, [ele] acabou sendo vitimado – apontou.

O ministro também negou que alguém estivesse protegendo Adriano da Nóbrega e lembrou que ele foi morto em um estado governado pelo PT.

– Ninguém protegeu essa pessoa. Se nós estivéssemos protegendo essa pessoa, então teríamos feito um péssimo trabalho. A pessoa foi assassinada. Assassinada não. Foi morta em confronto com a polícia. E veja, nem é a polícia do… Nem estou criticando a polícia lá. Não sei as circunstâncias. Isso vai ser apurado. Mas é a polícia de um estado administrado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) – destacou.


(Pleno News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055