martins em pauta

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Paraná Pesquisas: Entre eleitores de SP, Bolsonaro tem 68,4% dos votos válidos contra 31,6% de Haddad

Quinta, 25 de Outubro de 2018


Foto: Luciano Belford/Estadão Conteúdo

O candidato do PSL à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, aparece com 59,4% das intenções de voto, segundo pesquisa do Instituto Paraná divulgada nesta quinta-feira (25). O candidato do PT, Fernando Haddad, tem 27,4% das intenções de voto. Não sabe somam 4% e não votariam em nenhum dos dois candidatos somam 9,2%. A pesquisa foi realizada com eleitores do Estado de SP durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018.

Em votos válidos, Jair Bolsonaro ultrapassa a marca de 60% com 68,4%, já Haddad tem 31,6% dos votos válidos.

Com relação ao potencial eleitoral dos candidatos, Bolsonaro tem 51,4% dos entrevistados afirmando que “com certeza votariam” nele, contra 23,7% de Haddad. Entre os que “não votariam de jeito nenhum” em Bolsonaro são 33,3%, contra 61,8% de Haddad.

Dados da pesquisa

De acordo com a Resolução-TSE n.º 23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-04858/2018 para o cargo de Presidente e sob o n.º SP-07460/2018 para o cargo de Governador.

O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de São Paulo. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.004 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico.

O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 87 municípios durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas.

Tal amostra representativa do Estado de São Paulo atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional, conforme o mapeamento do Estado em 15 mesorregiões homogêneas segundo o IBGE, considerando-se esta divisão geográfica como primeira estratificação.

Dentro de cada mesorregião, agruparam-se os municípios em grupos homogêneos, procedendo-se à estratificação proporcional final da amostra.

A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18. A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três etapas.

Na primeira etapa realizou-se um sorteio probabilístico dos municípios onde as entrevistas foram realizadas através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), considerando a população eleitora com 16 anos ou mais residente nos municípios como base para essa seleção.

Na segunda etapa, fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para essa seleção.

Na terceira etapa, a seleção dos entrevistados dentro do setor censitário, foi feita utilizando-se quotas amostrais proporcionais, em função das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade e nível econômico.

Jovem Pan / Blog do BG.

OPINIÃO DOS LEITORES:

  1. Andy
    O PT parece aqueles pacientes terminais que antes de morrer fica dando aqueles xiliques e convulsões.
  2. Raimundo
    Segundo o Instituto Paraná JB17 tb vence na cidade. Vai desmascarar novamente o Ibope
  3. Mvinicios
    O Salviano, pelo que vi leu não só as matérias jornalísticas de cunho partidário, mas, principalmente a pesquisa e respectiva base de dados. Base de dados que para quem entende o razoável conclui o óbvio. O rótulo jornalístico partidário demonstra que o objetivo é macular a verdade dos números. Parabéns Salviano! TOLERÂNCIA, PACIÊNCIA, SAÚDE, PAZ e FELICIDADES para todos!
  4. F. M.
    O quer que aconteça no próximo domingo não pode e não deve interferir nas nossas relações. O estrago causado por ocasião dessa eleição já tomou proporções inimagináveis. São relações de anos sendo jogadas no esgoto motivadas por pessoas que não merecem. Particularmente, penso que é utopia acreditar que iremos expurgar a corrupção, transformar o país e promover a justiça. Esse discurso tem sido reverberado há décadas. Mas, voltando ao ponto inicial, gostaria de convidar a todos, petistas e bolsonariano, a tomarem para si um comportamento republicano, aretornarem à essência do nosso modo ser e de viver: humano, acolhedor, preocupado consigo e com o próximo. Obviamente tenho minha preferência. Obviamente tenho familiares e amigos que pensam diferente de mim. Que bom que é assim. Que bom que seja sempre assim. Que bom será se o engajamento demonstrado nas eleições de 2018 seja ampliado para promoção e desenvolvimento de um país mais justo. Que bom será se esse mesmo engajamento repercuta nas nossas ações, no cumprimento das nossas obrigações, no honrar dos nosso compromissos.
    Enfim, que possamos adotar um espírito de moderação, colocando de lado animosidades, respeitando mutuamente uns aos outros mesmo em meio a discordância.
    Nós precisamos de PAZ! As pessoas ou estão com medo, ou estão na iminência de desenvolvê-lo. E isso é salutar? Não. É terrível.
    Sei que não sou melhor do que ninguém. Sei que a minha opinião – aqui parcialmente exposta, não é superior a de ninguém. Às comvergimos; às vezes, divertimos; às vezes, simplesmente, não incorretos nem uma coisa, nem em outra.
    Portanto, caros leitores e leitoras, vamos nos despir de sentimentos negativos e seguir em frente, mais uma vez, respeitando uns aos outros.
    P.S.: que bela atitude a do general que ofereceu flores à Ministra Rosa Weber, atacada por um dos seus pares. Sigamos o seu exemplo. Dediquemos flores em vida, enquanto é dia.
    • flavio
      Concordo !! deveremos nos unir e deixar de lado as preferências partidárias e ideológias, que todos tenham como ideologia o crescimento desta nação e a melhoria de vida para todos.
    • João Maria
      Bem verdade F.M. mas precisa combinar isso com a turma da esquerda que vem usando de tudo, como sempre, nas eleições, no mais baixo nível.
      Basta apenas citar dois exemplos:
      A MENTIRA de Geraldo Azevedo que afirmou ter sido torturado pelo MOURÃO;
      A suástica que a moça fez no corpo e saiu divulgando que tinha sido eleitor de Bolsonaro;
      Tem muito mais… fiquemos com esses… O respeito sempre existiu, mas só de um lado
  5. euzim
    Nos lugares mais civilizados do Brasil, onde as pessoas mais trabalham e são esclarecidas, a verdade prevalece. E onde há miséria e podridão, que os abutres se alimentam e prosperam.
    • Vitor
      Será por isso que Haddad está vencendo na capital de São Paulo?
    • Vitor
      Exatamente por isso o PT venceu 04 eleições seguidas e hoje somos esse país dominado por bandidos, com mais de 60 mil assassinatos, economia tentando se recuperar, indústria tentando voltar a produzir e uma classe política viciada em recursos públicos e cargos públicos que levou o país a ver tantos corruptos, protegidos pela impunidade que o aparelhamento estatal propiciou.
  6. Salviano Colares
    ESTABELECIDA A VERDADE EM SP, vamos desmontar a MENTIRA do IBOPE:
    Se há um lugar do Brasil em que Fernando Haddad NÃO vai vencer a eleição é na CIDADE DE SÃO PAULO, de onde ele foi praticamente EXPULSO em 2016:
    Haddad perdeu em TODOS os 58 distritos eleitorais, desde a Avenida Paulista, até a zona rural.
    Em uma cidade em que as eleições são tradicionalmente muito disputadas, nunca antes se vira um governante ser rejeitado de forma tão categórica como ele foi, um verdadeiro massacre eleitoral.
    Das 1.512 entrevistas (para um universo de mais de 33 milhões de eleitores), 413 foram realizadas na CAPITAL; 784, no INTERIOR; e 315, na "PERIFERIA", mas não há explicação sobre a "PERIFERIA" que o instituto se refere;
    A mídia comprometida com a esquerda correu para colocar nas manchetes, sugerindo uma impressionante reação do candidato do PT, justamente na cidade que mais motivos tem para não elegê-lo, não votar em Haddad.
    Alguns ainda tentaram relacionar a surpreendente "queda" de Bolsonaro (que estaria recebendo menos votos do que teve no primeiro turno) ao apoio de João Dória (que lidera no estado, mas perde na capital), o que não faz qualquer sentido.
    É provável que a intenção da parte dos jornalistas, responsáveis por pinçar parte da pesquisa e transformá-lo em "fato midiático", tenha sido apenas essa mesmo: aplicar um desfibrilador na moribunda campanha de Haddad.
    A MANIPULAÇÃO FOI TÃO EVIDENTE QUE NEM O PT SAIU GRITANDO QUE JÁ TINHA VIRADO EM SÃO PAULO. OLHA QUE NISSO, MENTIRAS, O PT É MESTRE!
    • Marcos
      Salvino, você precisa ler com mais cuidado. A pesquisa é sobre o estado de São Paulo, não da cidade.
    • Marcus
      Exato Marcos, a mídia falou da virada em São Paulo, SEM DETALHAR que ERA APENAS na capital.
      Segundo o Ibope na capital estaria 41 x 40 a favor de Haddad, número questionável, já que o petista foi varrido eleitoralmente em 2016, perdeu em todos os distritos do estado, perdeu até dos votos em branco.
      Outro detalhe na pesquisa do ibope, na capital foram "pesquisados" apenas 413 pessoas no universo de 33 milhões de habitantes. O Ibope ainda trabalha para o PT, a rede Globo e o jornal a folha de São Paulo, meios de comunicação declaradamente opositores a Bolsonaro.
      Mas os petistas precisam acreditar nessa manipulação, é o que eles sabem fazer, criar mentiras e defendê-las.
    • Ceará-Mundão
      Mais uma enorme mentira do PT. Como tudo o que fazem e dizem. A vitória de Bolsonaro em São Paulo (capital, interior, o escambau) será enorme. Criem vergonha na cara, petralhas, e deixem de espalhar mentiras por ai. Tenham decência em algum momento de suas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055