martins em pauta

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Rio de Janeiro tem primeira morte provocada por militar desde início da intervenção

Segunda, 14 de Maio de 2018

Foto: Tania Rego / Agência Brasil

Um homem morreu após ser baleado por um soldado do Exército durante uma blitz no Rio de Janeiro, na noite desse sábado (12). O caso, o primeiro de morte provocada por um militar desde o início da intervenção federal, ocorreu na Rua Salustino da Silva, em Magalhães Bastos, na zona norte do Estado. A intervenção federal teve início em fevereiro deste ano e deve se estender até dezembro. Segundo informações da Folha de S. Paulo, o Comando Militar do Leste (CML) relatou que Diego Augusto Ferreira tentou furar um posto de bloqueio e controle do Exército, por volta das 20h30. Por conta disso, ele foi atingido com tiros e não resistiu. De acordo com a publicação, a vítima tinha passagem pela polícia e sua morte ainda não foi registrada na Delegacia de Homicídios nem comunicada ao Batalhão de Polícia Militar (BPM) da região. Os militares do 15º Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército, que faziam a blitz no momento do assassinato, já foram ouvidos e, segundo o CML, "todas as providências legais cabíveis estão sendo tomadas nesse momento" e "as circunstâncias estão sendo apuradas". Um Inquérito Policial Militar (IPM) será aberto para investigar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055