martins em pauta

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Inquérito sobre caixa dois de Alckmin continuará com promotor original

Quarta, 16 de Maio de 2018 

Foto: Divulgação

O inquérito civil que investiga doações recebidas pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) nas campanhas de 2010 e 2014 permanecerá na Promotoria do Patrimônio Público da Capital, onde foi instaurado, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. Ele teria recebido os recursos, de R$ 10,3 milhões, via caixa dois, de acordo com delatores da empreiteira Odebrecht. A decisão foi anunciada nesta terça (15) pelo procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, numa sessão do Conselho Superior do Ministério Público. Alckmin pedia que o caso saísse das mãos da promotoria e fosse investigado exclusivamente por Smanio já que só a Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) teria atribuição para cuidar de casos de ex-governadores. O tucano gostaria também que o caso se circunscrevesse à esfera eleitoral, e não criminal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget