martins em pauta

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Criança morre afogada em piscina de creche

Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Criança de dois anos morre após se afogar em piscina no bairro do Cabula Seis, em Salvador

Uma criança de 2 anos e 9 meses morreu, nesta quinta-feira (15), após se afogar na piscina da creche que frequentava no bairro Cabula VI, em Salvador. De acordo com a Polícia Civil, o nome da vítima é Vitor Figueredo de Andrade.

A criança chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Hospital Roberto Santos, mas não resistiu. A mãe precisou ser medicada. Familiares e amigos também estiveram no local, mas preferiram não falar com a imprensa.

O corpo do menino foi removido da unidade de saúde por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT), por volta das 18h, e levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi periciado.

Piscina onde menino se afogou na creche que fica no bairro Cabula VI, em Salvador (Foto: Clériston Santana/TV Bahia)

Conforme a polícia, o caso ocorreu por volta das 10h, na Creche Escola Construir. A unidade oferece aulas da educação infantil até o ensino fundamental I. Em frente à creche há uma placa com a informação de que há aulas de natação e hidroginástica, além de outras modalidades fora da água.

Funcionários e o dono da unidade de ensino, que também é professor educação física, e estava à frente do estabelecimento desde 2016, já começaram a ser ouvidos pela polícia.

Equipes do DPT e da 11ª Delegacia também estiveram na Upa e na creche. O caso será investigado pela delegada Lúcia Jansen, titular da unidade policial.


Creche Escola Construir passava por obras (Foto: Clériston Santana/TV Bahia)

Caso

Esta quinta-feira era o primeiro dia de aula de Vitor esse ano. O menino era filho único e já havia estudado na mesma creche no ano passado. A polícia informou que, por enquanto, trabalha com a hipótese de negligência, porque as condições da creche não eram adequadas.

A unidade de ensino tem alvará de funcionamento da prefeitura, mas não o de liberação de uma obra que foi feita no local.

O proprietário e outros seis funcionários estavam na creche, no momento do acidente. Conforme as informações iniciais da polícia, o caso ocorreu no horário do lanche.

De acordo com a polícia, a porta que dá acesso à área da piscina ficou aberta. O garoto saiu sem ser visto e caiu na psicina, que não estava coberta com tela de proteção. Há uma grade no acesso à água, mas a criança conseguiu passar. O garoto foi socorrido por dois professores.

A família de Vitor é da cidade de Irecê, que fica a cerca de 480 km de Salvador, na Chapada Diamantina. O enterro do garoto vai ser em Morro do Chapéu, cidade que fica na região.
Criança que morreu afogada em piscina de creche em Salvador foi levada para UPA, mas não resistiu (Foto: Giana Mattiazzi/TV Bahia).


*G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055