martins em pauta

domingo, 27 de agosto de 2017

Delação de Funaro indica negociação de propina a deputados de CPI

Domingo, 27 de Agosto de 2017 

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Os anexos presentes na delação premiada do doleiro Lúcio Funaro relatam detalhes de negociações para o pagamento de propina a deputados envolvidos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Fundos de Pensão, encerrada em 2016. A informação é da coluna Radar Online, da Veja. Com o acordo já fechado com o Ministério Público Federal (MPF), o recolhimento dos depoimentos do doleiro, que estão sendo filmados, deve ser concluído até a próxima quarta (30). De acordo com a publicação, como Funaro é eloquente, seus depoimentos chegam a durar até 12 horas. Preso desde julho de 2016, o doleiro é acusado de envolvimento no esquema de cobrança de propinas para a liberação de empréstimos do FI-FGTS. Funaro é também apontado como operador de propina do PMDB e parceiro de negócios do deputado federal cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget