martins em pauta

terça-feira, 5 de junho de 2012

Agência do BB é destruída por explosão durante ação de bandidos em cidade de RN



São José do Campestre (RN) - Ousadia e planejamento criterioso. Assim pode ser definida a explosão de dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil na agência de São José do Campestre, cidade localizada a 106 km de Natal, na região agreste do RN. O crime ocorreu nessa na madrugada desta terça-feira (5).
Apesar de não terem conseguido explodir os caixas, a ação dos marginais não teve êxito, uma vez que o dinheiro não foi roubado.  A explosão destruiu totalmente a agência, que fica localizada no Centro de Campestre. De acordo com informações do major PM Genilton Tavares, comandante do 8º BPM, que comandou os primeiros policiais que chegaram ao local, oito criminosos teriam chegado ao dinamitado os caixas por volta das 2h30 da madrugada de terça-feira, usando para fuga dois carros, que segundo testemunhas seriam um Palio e uma caminhonete.
"Foram dois estrondos bem fortes, como se um botijão ou cilindro de oxigenio explodisse" disseram funcionários do Hospital da Cidade que fica a cerca de 100 metros da agência. Por volta das 7h, quando a TN, esteve no local, os moradores ainda estavam perplexos e surpresos com a ousadia dos marginais. " Esse ladrões pensam que a cidade está entregue a moscas. Do jeito que coisa vai qualquer hora vão levar a cidade", disse o aposentado José da Silva.
Para o comerciante Lindebergue Dionisio, "é muita ousadia. Lemos no jornal, este tipo de ocorrência e nunca se imagina que vai acontecer na cidade da gente. Só se vê isso nas capitais. Essas dinamites são de dificil aquisição", comentou. O que chamou mais atenção foi o fato que na cidade de Passa e Fica, que fica a 18 quilômetros de Campestre, estava acontecendo uma Operação Fronteira na mesma hora da e explosão. "Os marginais nem se incomodaram com isso", disse o major Genilton Tavares.
O sub secretário de Segurança Pública do RN, Airton Ferraz, que também estava em Passa e Fica disse que em 2011 foram efetuadads diversas prisões e até ocorreram mortes de acusados de participar da explosão de caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte.
A agência ficou totalmente destruída. O destacamento local chegou a agência e encontrou o local totalmente cheio de destroços e poeira, que só baixou depois de cerca de 20 minutos depois.
Cerca de 90 dias atrás, a mesma agência havia sido de alvo de ladrões que usaram maçaricos para arrombar os caixas. Nessa ação, os criminosos levaram uma quantia ainda não revelada em dinheiro.
Veja algumas imagens:


Informações e fotos: clicaq.blogspot.com.br

Um comentário:

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055