martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 1 de abril de 2021

FÁTIMA BEZERRA MASSACRA PROFESSORES COM ATRASO DE SALÁRIOS

Quinta, 01 de Abril de 2021

Além de não ter pago sequer um mês de salário aos profissionais, não sinaliza nem com uma previsão.

Enquanto a governadora do Rio Grande do Norte, a professora Fátima Bezerra, posa como se estivesse preocupada com o funcionalismo público estadual, o fato é que ela vem massacrando professores convocados pelo concurso público Edital nº 001/2015 – SEARH – SEEC/RN.

O Estado fez três convocações de professores efetivos no ano de 2020: uma em fevereiro, outra em outubro e a última em dezembro daquele ano. Ao todo são mais de 1.000 (um mil) profissionais da educação.

Acontece que até essa data centenas de professores ainda não receberam sequer um mês de salário por parte do governo do Estado, existindo profissionais com quase um ano de atrasados acumulados.

Os profissionais apesar de estarem trabalhando de forma remota ainda não tiveram a oportunidade de receber sequer um mês de seus vencimentos. Fato que se agrava porque muitos desses profissionais deixaram, inclusive, outros empregos na iniciativa privada, após a convocação.

Por conta da situação calamitosa, vários professores de todas as regiões do estado têm procurado se reunir, através de grupos do WhatsApp e aplicativos de reuniões a fim de organizar um movimento que sensibilize a Governadora Fátima Bezerra para que efetue o pagamento da categoria.

O “sonho” de passar em um concurso público transforma-se em VERDADEIRO PESADELO, já que muitos profissionais estão passando por privações na própria subsistência familiar.

A atitude inexplicável da governadora do Estado configura-se, inclusive, um crime, um atentado à Constituição do Estado do Rio Grande do Norte, já que a carta política estadual, em seu art. 28, § 5º, estabelece que os vencimentos devem ser pagos até o último dia de cada mês, corrigindo-se monetariamente os seus valores, se o pagamento se der além desse prazo.

Ocorre que o governo do RN além de não ter pago sequer um mês de salário aos profissionais, não sinaliza nem com uma previsão.

Os professores têm, inclusive, buscado apoio do Ministério Público e da Assembleia Legislativa para que tomem a frente dessa demanda.

Fonte: Rede News 360

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055