martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Salve 25 de agosto, Dia do Soldado

 Terça, 25 de Agosto de 2020


Patrono do Exército Brasileiro, conhecido como "o pacificador" por ter evitado diversas rebeliões contra o Império, comandou as forças lealistas de 1839 a 1845 sufocando revoltas como a Balaiada; as Revoltas Liberais e a Revolução Farroupilha.

Esteve à frente do exército também na vitória do Brasil contra a Confederação Argentina, em 1851, na Guerra do Prata. Dez anos depois, também alcançou sucesso na Guerra do Paraguai, recebendo título de nobre pelo feito.

Luís Alves de Lima e Silva foi a única pessoa a receber um título de duque durante o reinado de Pedro II.

Devido à pandemia, algumas das ações tradicionais que ocorrem em todo o país no Dia do Soldado, como a Corrida Duque de Caxias, foram canceladas.

As solenidades pela passagem da data também foram simplificadas, para evitar cerimônias com aglomeração de pessoas.

No decorrer dessa fase de crise sanitária, militares dão exemplo e realizam diversas ações de apoio ao enfrentamento da doença, como a desinfecção de terminais rodoviários e metroviários; as diversas operações de descontaminação de instalações como hospitais, tribunais e locais de grande circulação; as campanhas de profilaxia, doação de sangue e transporte de alimentos; o apoio à vacinação de idosos, a distribuição de cestas básicas e o apoio ao desembarque de materiais de saúde, para a utilização em hospitais de diversas capitais, entre outras.

Especialmente em tempos difíceis, que a alma do soldado brasileiro persevere firme na crença de seus valores e na convicção da grandeza de seus ideais, para bem cumprir seu papel constitucional em prol da nação.

O Comandante do Exército publicou a Ordem do Dia “Soldado Brasileiro! É tempo de reverenciar o Invicto Marechal” alusiva à data.

Seguem alguns trechos:

“De Caxias, não basta admirar os feitos, nem seus relevantes serviços prestados à Nação brasileira.
A suprema homenagem à sua memória é renovar, nesta data, o firme propósito de tê-lo como exemplo de Cidadão e de Soldado, cultivando, em cada um de nós, as qualidades que em tão alto grau ele possuía”.
“Soldado Brasileiro! Quando a verdade transfigurada, a notícia infundada ou a narrativa manipulada lhe aviltar a honra, tentando desacreditar a grandeza da sua missão, antes de voltar-se contra esse injusto menosprezo, lembre-se de que a calúnia também tentou tisnar a glória de Caxias, mas isso não impediu que o Guerreiro fosse também Pacificador, mostrando assim que, se era boa a têmpera da espada, melhor era seu coração.”
“Soldado Brasileiro! Ao atender ao chamado da Pátria para cooperar com as agências governamentais em obras de infraestrutura, pavimentando, perfurando, transpondo ou construindo; no combate aos incêndios florestais e à pandemia da COVID-19, realizando ações de desinfecção, doações de sangue, produção de equipamentos de proteção individual e levando apoio médico e logístico nos centros urbanos e nas mais longínquas aldeias indígenas da Brasileira Amazônia, assim como Caxias, não espere louvores ou reconhecimento.
O Velho Marechal dispensou qualquer espécie de ostentação em suas honras fúnebres, assim exprimindo seu último e humilde pedido: “só desejo que me mandem seis soldados, escolhidos dos mais antigos, e de melhor conduta, dos corpos da guarnição, pra pegar as argolas do meu caixão”, diz ainda o documento emitido pelo Exército.

Parabéns a todos os militares do Brasil, homens e mulheres, até hoje fiéis aos valores de Duque de Caxias, guerreiros empenhados em cumprir o seu dever e fazer deste país um lugar mais seguro e melhor para se viver.

Simone Salles

Jornalista, Mestre em Comunicação Pública e Política

Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055