martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Segurança de ministros agride manifestante, polícia é chamada e tensão aumenta em NY (veja o vídeo)

Quarta, 16 de Novembro de 2022

Esta terça-feira (15) deve ser o último dia da estadia dos seis ministros do Supremo Tribunal Federal, em Nova Iorque.

O que vem a calhar, considerando o nível insustentável de tensão que toma conta da rua diante do hotel onde eles estão hospedados e do local onde participam de uma conferência organizada pelo ex-governador de SP, João ‘calça apertada’ Doria, com a suposta intenção de debater ‘liberdade e democracia no futuro no Brasil’.

O fato é que os magistrados acabaram surpreendidos por manifestantes brasileiros que vivem na Big Apple e cidades vizinhas e tem sido alvos de intensos protestos, em função dos episódios que protagonizaram no Brasil nos últimos anos e que acabaram culminando na libertação e eleição de um ex-presidiário corrupto.

Nos Estados Unidos, onde a liberdade de expressão e o direito de livre manifestação são respeitados, eles não puderam usar de seus 'artifícios ditatoriais’ comumente colocados em prática aqui no Brasil.

No início, ficaram sem ação, assustados a cada abordagem. Passaram para o estágio seguinte, substituindo o nervosismo pelo deboche.

Mas, diante da insistência dos corajosos brasileiros, acabaram sucumbindo à violência, como na cena da tarde desta segunda-feira (14), em que um segurança desce da Van que transportava os togados e agride um homem, atirando o celular dele no chão.

Mais tarde, os que se aglomeravam na porta do suntuoso hotel com diárias que podem chegar a 8 mil reais, registraram a chegada de viaturas policiais.

No áudio, a informação de que os agentes teriam entrado no hotel, enquanto especulavam se o ‘procurado’ seria Alexandre de Moraes, após um episódio em que teria supostamente ‘ameaçado fisicamente' uma jovem de 17 anos que o confrontou em um restaurante.

Com certeza, seja o que for, se acertaram no diálogo, como deveria ser também aqui.

Mas fica a dúvida: Quem a polícia nova iorquina procurava para colher esclarecimentos? 

Assista:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643