martins em pauta

sábado, 20 de abril de 2024

Lula não suporta mais a pressão e abatido reclama do PT

Sábado, 20 de abril de 2024

Pressionado, está cambaleante.

Nos seus mandatos anteriores não teve nada disso, fez o que quis movido pelo mensalão, o petrolão e outras falcatruas.

Nesta sexta-feira (19) em reunião com os líderes do governo no Congresso Nacional, Lula reclamou do PT.

Pediu engajamento na defesa do governo.

A mesma crítica, Lula vai fazer para a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, em reunião que fará no decorrer da próxima semana.

Lula está sentindo fraqueza e certamente pressentindo que Arthur Lira pode colocar o impeachment em pauta.

Esse governo cheio de más intenções acabou sem ter sequer começado.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Nunca o Exército brasileiro envergonhou tanto o seu povo quanto agora (veja o vídeo)

 Sábado, 20 de abril de 2024


Na Câmara, se destacou o discurso do deputado federal do Rio Grande do Sul, Marcel van Hattem, que fez várias declarações contundentes diante do ministro e do General Tomás Paiva.

Ele indagou sobre a integridade das Forças Armadas, questionando intrepidamente 'se deviam lealdade à Constituição ou aos abusos de Alexandre de Moraes'. E comparou as Forças Armadas Brasileiras as venezuelanas, que se mantém em silêncio diante de uma ditadura. 

Marcel reprendeu duramente os depoentes, revelando a decepção da nação com a postura das FFAA:

"O que aconteceu no dia 8 de janeiro arruinou a credibilidade das Forças Armadas para uma grande parte da população brasileira."

E, em outro momento, afirmou o seguinte sobre a atitude do general:

"Se não despertou desconfiança, é incompetência. Se soube e nada fez, é prevaricação."

A atitude do deputado foi louvável, e extremamente necessária e significativa para o momento em que vivemos. 

Como o próprio deputado disse, o que foi dito na Câmara é algo que todos sabem, mas ninguém fala. Por isso, alguém precisava se levantar e dizer. Marcel van Hattem foi essa pessoa, e sua postura nobre, sobretudo na realidade que enfrentamos, não será esquecida.

Confira o vídeo:

Fenômeno climático que devastou cidades e destruiu lavouras deixa ‘novo e impactante sinal’

Sábado, 20 de abril de 2024


O fenômeno climático El Niño teve uma de suas passagens mais impactantes nas últimas décadas, aqui no Brasil, e deixou muitos especialistas preocupados, dado, por exemplo, os efeitos nas águas do oceano, cujas temperaturas subiram consideravelmente.

Mas eis que uma nova análise acaba de ser concluída e divulgada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), demonstrando que, nos últimos meses, a temperatura do mar não só voltou ao normal, como baixou além da média esperada para esta época do ano.

O dado é considerado um sinal definitivo de que o El Niño está se despedindo.

Mas novas informações meteorológicas indicam, fortemente, a chegada do La Niña, com efeitos em todo o Brasil já a partir de maio.

Chuvas? Seca? Frio extremo? O que devemos esperar?

Para ter as respostas para estas questões, acesse a notícia no site do Jornal do Agro Online, parceiro do JCO.

Ou clique neste link abaixo e leia, sem pagar nada por isso:

https://www.jornaldoagroonline.com.br/noticias/3391/el-nio-se-aproxima-do-fim

Nikolas solta o verbo sobre eleições de 2022: "Não há mais o que explicar"

Sábado, 20 de abril de 2024




Na quinta-feira (18), Musk afirmou que o ministro Alexandre de Moraes, também presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), teria influenciado indevidamente no pleito eleitoral.

Nikolas retuitou esta declaração, acrescentando:

"No Brasil temos tanta liberdade, que quem concordar com ele vai ser investigado – e possivelmente preso."

Em outro momento, Nikolas intensificou suas críticas relacionadas às ações do ministro durante as eleições, comentando sobre as consequências enfrentadas por quem denunciou censura no processo eleitoral:

"Basicamente as pessoas que denunciaram a censura nas eleições [2022], foram… censurados. Não há mais o que explicar", expressou o deputado em um post subsequente.

Relatório de comitê dos EUA diz algo sobre o STF que não surpreende, mas é aterrorizante

Sábado, 20 de abril de 2024



O documento, intitulado "O ataque à liberdade de expressão no exterior e o silêncio da administração Biden: o caso do Brasil", compara a situação brasileira com restrições observadas em países como França e Canadá.

O relatório critica o STF por algo que já vinha sendo observado com frequência, mas que é aterrorizante do ponto de vista da aplicação da verdadeira Justiça e da Constituição Federal.

Em 2019, o STF assumiu funções de investigação, acusação e julgamento. Uma centralização de poderes é apontada e, segundo o relatório, é usada principalmente pelo ministro Alexandre de Moraes para silenciar críticos.

Esse poder, diz o documento, foi utilizado para perseguir tanto figuras de direita quanto de esquerda, incluindo o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores.

Além disso, o relatório do Comitê aponta ilegalidades nas ações de Moraes, especialmente em sua interação com a plataforma de mídia social X, anteriormente conhecida como Twitter. O documento exorta o Congresso dos Estados Unidos a agir contra o que considera ser uma censura imposta tanto pelo governo Biden quanto pelo STF do Brasil.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Parlamentar petista destina verba pública à festa com nudez e pode ser cassada

Sábado, 20 de abril de 2024

A Câmara Municipal de Campinas aprovou na quarta-feira (17) a criação de uma Comissão Permanente para investigar a vereadora Paolla Miguel (PT).

A acusação é de que ela teria destinado recursos de uma Emenda Impositiva para financiar a "Festa Bicuda", evento que incluiu atos de nudez e simulações de ato sexual.

A decisão de abrir a comissão teve o apoio de 24 vereadores a favor e 6 contra.

Nelson Hossri (PSD) foi quem propôs a investigação, argumentando que a vereadora violou o Código de Ética e a Lei Orgânica do Município. A petista terá cinco dias para defender-se, enquanto a comissão terá até 90 dias para concluir as investigações e apresentar um relatório.

Se o relatório da comissão encontrar provas de violação, a cassação de mandato da vereadora será colocada em votação no plenário, necessitando de dois terços dos votos dos 33 vereadores para a aprovação.

Paolla Miguel expressou em declarações públicas que se sente perseguida por acusações que considera infundadas. Ela afirmou que sua participação no evento foi limitada ao financiamento de infraestruturas como banheiros químicos e palco, e que não teve envolvimento na escolha dos artistas ou do conteúdo apresentado.

"Nos sentimos extremamente atacadas e perseguidas por um episódio absolutamente infundado. Sinto que uma armadilha foi colocada contra nosso mandato para que a extrema-direita tivesse a fagulha necessária para atacarem nossa reputação."


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Deputada feminista do PT abre mão de seus "ideais" para defender o "valentão" filho de Lula (veja o vídeo)

Sábado, 20 de abril de 2024




A moção havia sido apresentada pela deputada do PL, Silvia Waiãpi. 

Durante a sessão da comissão, a "feminista" do PT chegou a silenciar o microfone da representante do Partido Liberal e de outras deputadas, contrárias a sua decisão de retirar a moção de repúdio contra o agressor.

A esquerda segue silente. 

Uma vergonha!

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Tensão aumenta e Lira pode pautar pedido de impeachment de Lula

 Sábado, 20 de abril de 2024

Razões para tal não faltam e são as mais variadas possíveis.

Vão desde a reunião com o ditador venezuelano Nicolás Maduro no Brasil até declarações contra Israel em meio à guerra com o grupo terrorista Hamas.

O jornalista Paulo Cappelli do site Metrópoles fez a seguinte observação:

“O PT teme que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, paute o pedido de impeachment de Lula. O receio é tema de conversas reservadas de petistas que atuam na articulação política do Congresso.
São dois os fatores que deixam o PT em posição de alerta. Primeiro, o aumento da tensão entre o governo Lula e Lira ocorrido nos últimos dias. E, segundo, o fato de o Planalto ainda não ter construído uma base sólida na Câmara.”

Uma coisa é certa. O eventual afastamento de Lula seria muito bom para o país.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Decisão de Toffoli pode evidenciar um enorme “racha” no STF

Sábado, 20 de abril de 2024



Na votação do caso, Barroso submeteu o ministro Luis Felipe Salomão, responsável pelo afastamento dos juízes, a uma situação humilhante, repreendendo-o em plena sessão do colegiado.

Salomão é tido como aliado do ministro Alexandre de Moraes, inclusive era o nome defendido por este para a vaga de Ricardo Lewandowski no STF.

Antes, porém, Barroso já havia imposto duas derrotas a Moraes, além de ambos terem travado uma dura discussão, iniciada no plenário do STF e prosseguido de maneira extremamente áspera, longe das câmeras.

O resultado no CNJ teria sido uma terceira vitória de Barroso contra as pretensões de Moraes.

Porém, agora, Toffoli surge em socorro a Moraes, disposto a dar o troco.

Segundo Bela Magale, de O Globo, Dias Toffoli pode restaurar o afastamento dos juízes federais Gabriela Hardt e Danilo Pereira Júnior.

Diz a jornalista:

“Toffoli tem acompanhado com lupa a investigação realizada pelo corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, sobre a conduta dos magistrados na Lava-Jato e, a depender dos desdobramentos do caso, sinalizou a interlocutores que pode adotar medidas contra os magistrados. Uma delas é restabelecer o afastamento que havia sido imposto por Salomão, mas que foi suspenso pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na terça-feira.”

E Toffoli, que como se sabe já foi advogado do PT, pode ir ainda mais longe e reconduzir para a vara da Lava Jato o juiz petista Eduardo Appio.

Prossegue a jornalista de O Globo:

“Está no radar de Toffolli a possibilidade, por exemplo, de decidir pelo retorno do juiz Eduardo Appio para a 13a Vara Federal de Curitiba, que é a responsável pela Lava-Jato. Um dos motivos para embasar a determinação é que ainda existem decisões do STF que a primeira instância não cumpriu, sendo parte delas relativa a acessos a dados pedidos pelo ministro.
O juiz Danilo Pereira Júnior assumiu a Vara responsável pelos processos da Lava-Jato em Curitiba em novembro do ano passado, após ser aprovado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Ele substituiu Eduardo Appio, que foi afastado do cargo em maio, depois de ser alvo de uma representação do desembargador Marcelo Malucelli, do TRF-4. O desembargador acusou Appio de ligar para seu filho e ameaçá-lo, após ele restabelecer a prisão do operador da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran.
Appio fechou acordo com o CNJ sobre o caso, sem assumir culpa pela acusação, e foi para a 18ª Vara Federal de Curitiba.
No fim do ano passado, Toffoli restaurou as decisões do magistrado nos processos da Lava-Jato e derrubou a medida do TRF-4 que havia tornado nulo todos seus atos. Agora, Toffolli avalia a possibilidade de reconduzi-lo como responsável pelas ações da Lava-Jato. O ministro, porém, sinalizou que aguardará o andamento dos procedimentos disciplinares que devem ser instaurados contra Gabriela Hardt e Danilo Pereira Júnior na próxima sessão do CNJ.”

É a disputa pelo poder, cujo resultado é absolutamente imprevisível.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Atraso da vacina atualizada da Covid atrai críticas de fora da política ao governo Lula

Sábado, 20 de abril de 2024

Foto: Gabriela Biló/Folhapress

O atraso na compra da vacina atualizada da Covid tornou o governo Lula (PT) alvo de críticas que extrapolam o campo da política e grupos como o centrão.

Integrantes da comunidade científica, profissionais de saúde, entre outros grupos, lançaram nesta semana um abaixo-assinado cobrando do Ministério da Saúde a entrega das vacinas preparadas para novas variantes e mais medidas para fortalecer o combate à doença que matou ao menos 3.012 pessoas em 2024 —cerca do dobro das 1.544 mortes confirmadas por dengue no mesmo período.

O documento recebeu originalmente 15 assinaturas. Mais de 1.780 pessoas aderiram à carta após o texto ser divulgado nas redes sociais.

“Vai haver uma necessidade anual de atualização [das doses]. O Brasil é que dormiu no ponto, não comprou as vacinas”, afirma Monica De Bolle, professora de economia na Universidade Johns Hopkins e mestre em Imunologia e Microbiologia pela Universidade de Georgetown. Ela também assina a carta publicada no site “Qual Máscara?”.

A carta direcionada à Saúde, publicada no site “Qual Máscara?”, também reclama da entrega de doses desatualizadas às crianças.

O mesmo documento mostra preocupação com o número de doses da compra emergencial, que não cobre nem sequer grupos prioritários, também aponta falta de dados confiáveis sobre a doença e baixa testagem no Brasil.

Nas redes sociais, o divulgador científico Atila Lamarino também questionou a estratégia do governo Lula sobre a Covid. “Com tantos sinais conflitantes, queria entender qual estratégia pretendem seguir e o porquê”, disse em publicação no X.

Com informações da Folha de S. Paulo

Defensoria pede à Justiça Federal que condene X a pagar R$ 1 bilhão por danos morais e sociais

Sábado, 20 de abril de 2024

Foto: Reprodução

A Defensoria Pública da União pediu nesta sexta-feira (19) à Justiça Federal que condene a plataforma X, antigo Twitter, a pagar R$ 1 bilhão em indenização por dano moral coletivo e danos sociais ao Brasil.

Para a DPU, a conduta do empresário Elon Musk e do X “representa instrumentalização de plataformas digitais para fins ilícitos, apontando para grave responsabilidade das empresas e de seus gestores, indicando uma indução e participação em atividades criminosas que atentam contra o tecido democrático da nação”.

No início do mês, Musk passou a fazer ataques ao ministro Alexandre de Moraes pelas decisões que determinaram a remoção de conteúdo e o bloqueio de contas de investigados no Supremo por postagens que envolvem crimes como discurso de ódio, defesa de golpe de estado e ataques sem provas ao sistema eleitoral.

Musk ameaçou não cumprir decisões da Justiça brasileira e passou a ser investigado no Supremo.

A ação da DPU pede que a Justiça determine ao X a adoção de uma série de medidas como:

  • práticas de moderação de conteúdo em conformidade com os direitos à liberdade de expressão e informação, removendo conteúdos ilegais ou que promovam desobediência a decisões judiciais
  • sistema eficaz de cooperação com autoridades judiciais para garantir respostas rápidas a ordens judiciais e requisições legais;
  • publicação de relatórios periódicos detalhando as ações tomadas para cumprir ordens judiciais e a moderação de conteúdo
  • contratação de entidades independentes para realizar auditorias regulares nas práticas da empresa

Fonte: g1

sexta-feira, 19 de abril de 2024

Após reunião de emergência com área política do governo, Lula decide se encontrar com Lira e Pacheco na próxima semana

Sexta, 19 de abril de 2024

Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente Lula (PT) decidiu se encontrar com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, na próxima semana. A definição aconteceu após reunião emergencial com os principais nomes da área política em almoço nesta sexta-feira (19).

Na reunião, Lula ouviu dos ministros e líderes do Congresso quais vetos o governo sairá derrotado.

Ele também ouviu uma ponderação: a crise com Lira é superestimada e Pacheco não é tão aliado do governo como faz parecer ser.

Questionado pelo blog sobre a posição crítica em relação a Pacheco, uma pessoa que participou da reunião fez uma analogia com o futebol. Disse que Lira é aquele tipo de zagueiro que grita muito, e que Pacheco é aquele que leva a mão ao calcanhar e, quando você pergunta se aconteceu alguma coisa, ele finge que não foi nada.

Não, sr. Moraes, nós sabemos bem quem era feliz até a virada do século, aliás, desde antes da virada!

Sexta, 19 de abril de 2024

“...na virada do século não existiam redes sociais, nós já éramos felizes e não sabíamos” - Alexandre de Moraes.

Com estas palavras para defender a regulamentação das redes sociais, o ministro do STF, Alexandre de Moraes, de longe o mais contestado da história do judiciário brasileiro de todos os tempos, vai ao Senado Federal para fazer um discurso que já está repetitivo, batido e sonolento, com objetivos obscuros para CENSURAR e amordaçar a liberdade do povo brasileiro. Isto mesmo que você leu: CENSURAR!

O discurso enfadonho é na mesma linha do seu colega de tribunal, o ministro Luís Roberto Barroso. Leia aqui - https://x.com/ssicca1/status/1780727666879922559

O pior é que eles sabem que não enganam mais ninguém. O mundo inteiro sabe das pretensões do sistema. E de mais a mais, a cada incursão dos togados no Congresso Nacional, fica mais claro a atuante posição de militância política que não deveria acontecer. Mas acontece, com mais veemência desde o episódio da visita do mesmo Barroso, à Câmara dos Deputados às vésperas da votação, naquela casa, sobre o voto impresso, em 2021.

Quanto a defesa promovida por uma pequena representatividade da sociedade que quer porque quer regulamentar as redes sociais, podemos apresentar a estes senhores uma decisão judicial que mostra claramente que já há leis que condenam quem comete o crime de “Fake news”, como gostam de alardear.

O jornalista mais hipócrita da nossa imprensa, Reinaldo Azevedo, acaba de ser julgado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, e condenado a pagar R$20.000,00 (vinte mil reais) a deputada Carla Zambelli. O jornalista teria inventado e acusado a deputada de ter armas imaginadas por seu caráter traiçoeiro.

Aliás, porque o Reinaldo Azevedo não foi incluído no tal inquérito das fake news? Ainda mais ele, agora um condenado... outros por chamar banana de maçã, são incluídos ali.

Com isso, senhores ministros, casos que vocês querem regulamentar já tem punições previstas em lei. Basta ler e interpretar o marco Civil da Internet, Lei n° 12.965, de 23 de abril 2014, norma legal que disciplina o uso da Internet no Brasil por meio da previsão de princípios, garantias, direitos e deveres para quem faz uso da rede, bem como da determinação de diretrizes para a atuação do Estado. Repito, o mundo todo sabe das intenções do sistema!

Veja os destaques da decisão que condenou o jornalista militante:

Foto de Alexandre Siqueira

Alexandre Siqueira

Jornalista independente - Colunista Jornal da Cidade Online - Autor dos livros Perdeu, Mané! e Jornalismo: a um passo do abismo..., da série Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! Visite:
  http://livrariafactus.com.br

AO VIVO: Elon Musk acusa Moraes de ter interferido em eleições (veja o vídeo)

Sexta, 19 de abril de 2024

Sem dúvida, ele se refere à eleições presidenciais de 2022, quando Moraes já era o presidente do TSE.

A novela da disputa entre Musk e Moraes está longe de terminar e parece que o bilionário do X ainda tem cartas na manga já que a cada dia apresenta mais uma novidade.

A tensão deve aumentar depois que Musk prestar esclarecimentos no parlamento americano sobre o vazamento das ordens judiciais de Moraes ao Twitter para censurar e bloquear perfis de brasileiros.

Veja o vídeo:

Foto de Emílio Kerber Filho

Emílio Kerber Filho

Jornalista e escritor
Autor do livro “Por trás das grades - O diário de Anne Brasil”.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Manifestantes fazem ato em frente à Anvisa pedindo liberação do cigarro eletrônico

Sexta, 20 de abril de 2024

Foto: Reprodução

Manifestantes compareceram à sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília, nesta sexta-feira (19), para pedir a regulação do cigarro eletrônico (vape) no País.

entidade vota nesta sexta se a comercialização e a publicidade do item no Brasil permanecem proibidas.

Os manifestantes afirmam que a manutenção do veto fortalece o contrabando ilegal do vape e estimula o tabagismo de usuários que conseguiram deixar o cigarro tradicional com a alternativa do cigarro eletrônico.

“Nós temos largas evidências científicas que mostram que são produtos menos prejudiciais do que cigarros convencionais, desde que devidamente regulamentados. No Brasil, não podemos falar que os cigarros eletrônicos são menos prejudiciais à saúde, uma vez que não temos conhecimento algum do que tem dentro desses produtos” – Alexandre Lucian, presidente do Diretório de Informações para Redução dos Danos do Tabagismo.

Em uma consulta pública divulgada em 2024, a maior parte dos respondentes manifestou-se contra à proibição do vaporizador.

A agência contou com 13.930 respostas à pergunta “Você é a favor desta proposta de norma?”, em referência à medida que veta o vape desde 2009. Dos participantes, 59% disseram “ter outra opinião” à presente na norma, contra 37% que responderam “sim“, a favor da proibição.

Fonte: Portal 98Fm

VÍDEO: Mulher é arrancada de dentro de carro e derrubada no chão durante assalto em Natal

Sexta, 19 de abril de 2024

Uma mulher foi arrancada do próprio carro e jogada no chão por criminosos durante um assalto que aconteceu na tarde desta quinta-feira (19) no bairro Lagoa Nova, em Natal. O crime foi registrado por câmeras de segurança instaladas em imóveis da região.

O caso aconteceu por volta das 14h30. As imagens mostram a mulher andando pela calçada e entrando no carro de cor prata estacionado no meio-fio da rua do Titânio. Segundos depois, três homens se aproximam pelo outro lado da rua, na calçada de uma praça, atravessam a via e a abordam rapidamente.

Na ação, os criminosos puxam a vítima violentamente do banco do motorista e a derrubam no calçamento de paralelepípedo. A mulher se levanta e corre de volta para a calçada, enquanto os bandidos fogem no veículo.

Segundo testemunhas, a vítima pediu ajuda e foi acolhida na sede do Conselho Regional de Psicologia, localizado em frente ao local em que o assalto aconteceu. Ela esperou a polícia no local. Ainda de acordo com testemunhas, a vítima passa bem e o veículo não foi recuperado até a última atualização desta matéria.

O CRP informou que a vítima não faz parte do conselho e não se posicionou sobre o caso.

Fonte: G1 RN


INSS realiza mutirão de perícia com uso de telemedicina em quatro unidades do RN

Sexta, 19 de abril de 2024

Foto: José Aldenir/Agora RN

O Ministério da Previdência Social e o Instituto Nacional do Seguro Social iniciam, no Rio Grande do Norte, um grande mutirão para os requerentes do Benefício de Prestação Continuada (BPC) à pessoa com deficiência, utilizando a telemedicina para realização de perícia médica. A ação inicia no dia 22 de abril e, de forma gradativa, contemplará quatro unidades do estado, são elas: Agência da Previdência Social (APS) de Macau, Pau dos Ferros, São Miguel e Parelhas que não têm esse atendimento de forma presencial.

Ainda não há data definida para finalizar as atividades que permitirão a abertura de, aproximadamente, 15 mil vagas mensais em todo o Nordeste. O mutirão faz parte do Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social e acontecerá nos nove estados da região, priorizando municípios do interior, onde os segurados precisam deslocar-se vários quilômetros, até outra cidade, para realizar a perícia. O objetivo é acelerar a resposta do INSS para quem solicitou o BPC à pessoa com deficiência.

Para os requerentes, o processo é o mesmo da perícia presencial. Eles deverão comparecer à agência da Previdência Social na data e hora do seu agendamento e seguir o mesmo fluxo dentro da unidade.

Os agendamentos poderão ser realizados pelo requerente por meio dos canais de atendimento – central telefônica 135 e o Meu INSS (app ou site).

Para o superintendente regional do INSS no Nordeste, Caio Figueiredo, o uso da tecnologia só traz benefícios para a missão de combater a fila do BPC no Nordeste.

“Utilizar a telemedicina traz uma perspectiva muito boa para o trabalho que já estamos realizando, com foco em diminuir a espera de muitas famílias por uma resposta para o pedido de BPC à pessoa com deficiência. Teremos um acréscimo de, aproximadamente, 15 mil vagas por mês. Além disso, esse esforço conjunto com o Ministério e a Perícia Médica Federal ampliará o número de municípios alcançados e reforça nossa preocupação com a população que, antes, precisaria deslocar-se por vários quilômetros”, concluiu.

Fonte: Agora RN

‘Não há razão para pânico’; diz Jean sobre não mexer em preço de combustíveis

Sexta, 19 de abril de 2024

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

A Petrobras monitora as condições de mercado e por enquanto não vê razão para mexer nos preços de combustíveis, disse o presidente-executivo da empresa, Jean Paul Prates, em entrevista a jornalistas nesta quinta-feira (18).

“Estamos avaliando todas as condições de mercado. Não há razão para pânico nenhum agora”, afirmou ele, após participar de evento no Rio de Janeiro.

“Nós estamos avaliando o cenário internacional e, por enquanto, não há nada que faça a gente mover (preços), e o próprio preço do petróleo indica isso”, acrescentou.

A cotação do petróleo Brent, referência global, chegou a fechar acima de US$ 90 o barril em alguns dias da última semana.

Na véspera, o Brent recuou, fechando um pouco acima de US$ 87, patamar de negociação desta quinta-feira.

Mas o Brent registrou maior volatilidade ao longo de abril, marcando no dia 5 uma máxima de fechamento desde outubro do ano passado, a 91,17 dólares, em meio a preocupações com um conflito entre Israel e Irã.

No acumulado do ano, a alta é de cerca de US$ 10 o barril, ou aproximadamente 13%.

A Petrobras não aumentou os preços da gasolina e do diesel este ano, com integrantes do mercado apontando um aumento da defasagem.

Não bastasse a volatilidade dos preços do petróleo, o dólar tem se valorizado frente ao real, outro fator que impacta nas contas da defasagem dos combustíveis em relação aos valores externos.

Na tarde desta quinta-feira o dólar tinha leve alta frente ao real. No acumulado do ano, a moeda registra alta de cerca de 8%.

Fonte: CNN Brasil

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643