martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Alckmin tenta explicar “jatinho emprestado” e piora a situação

Quarta, 16 de Novembro de 2022



Esse empresário foi preso na Operação Lava Jato. Depois, fez um acordo, pagou uma multa de R$ 200 milhões e virou delator.

Inicialmente foi divulgado que o jato do empresário havia sido emprestado ao petista.

Porém, parece que não existe nada tão ruim que não possa ficar pior.

Alckmin declarou que o jato não foi emprestado. A situação é ainda mais grave: O proprietário – o tal empresário envolvido em falcatruas – foi junto. Deu carona, foi certamente ajustando 'negócios' com o infame petista. 

“A informação que eu tenho é que não foi emprestado. O proprietário (José Seripieri Junior) tá indo junto para a COP. Então ele também vai para a COP, participar da COP (…) tá indo junto. Então não tem empréstimo, Eles estão indo juntos”, disse Alckmin.

Com certeza, foram tramando coisas inconfessáveis durante o trajeto.

Alguém tem dúvida?

Um absurdo. Uma demonstração inequívoca de que a índole de Lula continua a mesma, sem nenhuma noção de escrúpulo e crente em sua eterna impunidade.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643