martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 18 de dezembro de 2021

Acusado de matar três PMs e de fazer outros reféns em Quixadá é condenado a 123 anos de prisão

Sábado, 18 de Dezembro de 2021


O 3º Tribunal do Júri de Fortaleza decidiu punir com 123 anos de prisão um homem acusado de integrar organização criminosa e de matar três policiais militares, além de ferir e de fazer outros PMs reféns, em um confronto violento registrado no Município de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, em 2016.

A sentença proferida contra José Massiano Ribeiro, de 39 anos, na última sexta-feira (17), reuniu diversos crimes que ele cometeu no dia 30 de junho daquele ano. Confira:

3 homicídios contra policiais militares;
4 tentativas de homicídios contra PMs;
2 sequestros de policiais militares;
3 roubos, sendo um de um micro-ônibus e dois contra pessoas;
3 adulterações de sinal identificador de veículo automotor;
e organização criminosa.

Para chegar à pena de 123 anos e 4 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, a juíza Daniela Lima da Rocha considerou a culpabilidade do réu, entre outros fatores.

Na espécie, ainda que se trate de dolo eventual, a complexidade da ação criminosa cujo resultado o réu assentiu, demandou premeditação e preparação, com armas de grosso calibre, uso de equipamento que funcionava como blindagem na parte traseira de um dos veículos inicialmente utilizados pelo grupo criminoso, tudo para enfrentamento em eventual confronto armado com a polícia, o que houve, no caso, contra três composições da Polícia Militar."

DANIELA LIMA DA ROCHA
Juíza de Direito

A magistrada concluiu que "as consequências dos crimes são gravíssimas, não somente pelo resultado morte de pessoas jovens, mas também porque os desdobramentos dos delitos alcançaram de modo indelével toda a sociedade quixadaense e, em especial, a instituição da Polícia Militar do Estado do Ceará".

A sentença traz ainda que o tempo que José Massiano ficou preso provisoriamente, desde maio de 2019, não é suficiente para modificar o regime inicial de cumprimento de pena, que deve ser o fechado. A defesa do réu não foi localizada pela reportagem para comentar a decisão.

(Diário do Nordeste) / Sobral 24 Horas

Câmara aprova urgência de projeto que legaliza jogos de azar

Sábado, 19 de Dezembro de 2021


Na noite de quinta-feira (16), a Câmara dos Deputados aprovou, por 293 votos a favor e 198 contrários, o pedido de urgência de votação do projeto de lei que legaliza os jogos de azar.

Apesar disso, o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), confirmou que o mérito ficará apenas para 2022. Ontem, houve apenas a discussão do texto.

Com isso, Lira tentará reduzir as chances de que a proposta seja alvo de um processo de obstrução na retomada dos trabalhos legislativos.

“O projeto será votado em fevereiro, com o tempo necessário para que seja maturado, discutido, para notarmos a quem interessa regularizar jogos, a quem não interessa regularizar jogos; quais são os seus efeitos, quais são as suas causas; o que é bom e o que é ruim”, disse Lira.

O texto em debate é um substitutivo apresentado pelo deputado Felipe Carreras (PSB-PE) em nome do grupo de trabalho que analisou o tema. A discussão da proposta permanecerá aberta para que os deputados apresentem emendas e destaques e rediscutam o texto após o recesso parlamentar.

O texto propõe a legalização de todas as modalidades de jogos, como cassinos integrados em resorts, cassinos urbanos, jogo do bicho, apostas esportivas, bingos, jogos de habilidade e corridas de cavalos.

As licenças serão concedidas por meio de leilões, e os jogos serão fiscalizados por um órgão regulador e supervisor federal.

(Gazeta Brasil)

Só o desespero explica a união entre Lula e Alckmin

Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Quem eles pensam que enganam?

Até pouco tempo, Lula e Alckmin eram inconciliáveis.

Uma publicação do ex-governador nas redes sociais, em 2017, demonstra com clareza o ‘apreço’ que nutria pelo ex-meliante.

“Depois de ter quebrado o Brasil, Lula diz que quer voltar ao poder. Ou seja, quer voltar à cena do crime. Será que os petistas merecem uma nova oportunidade? Fiquem certos de uma coisa, meus amigos, nós os derrotaremos nas urnas.”

Nem um, nem outro, contava com a aparição de Bolsonaro no cenário político, em 2018.

Imaginavam que poderiam continuar a encenar esse ‘teatrinho’, fingindo inimizade, quando na verdade sempre foram parceiros.

Comparsas, talvez, seja o termo exato.

O fato é que com o surgimento do fenômeno Bolsonaro e ante a sua avassaladora popularidade, Alckmin e Lula imaginam certamente que só tem uma maneira de voltarem ao poder.

O ex-tucano acompanhar Lula até a cena do crime.

Isso também não vai dar certo.

Irão perceber que o povo não é assim tão tolo.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Muito além das narrativas: O Globo reconhece que Bolsonaro tem razão (veja o vídeo)

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Durante discurso, o presidente alfinetou sem dó o Jornal O Globo.

Ele comentou que viu o editorial do jornal, reconhecendo que deixar as crianças fora da escola por conta da pandemia foi um crime:

“Parabéns, Globo! Faltou vocês botarem no jornal que um tal de Jair Bolsonaro foi contra isso”, disparou.

Veja o vídeo:

Condenado por roubo é preso pela PF ao desembarcar de avião no Aeroporto Aluízio Alves, na Grande Natal

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Foto: divulgação

Um homem de 27 anos condenado por roubo foi preso pela Polícia Federal ao desembarcar de um avião na tarde de sexta-feira (17) no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Ele chegou um voo de Cuiabá e recebeu voz de prisão logo após desembarcar.

O passageiro que não teve o nome divulgado pela PF era condenado a 6 anos e 5 meses por crime de roubo, com mandado de prisão expedido pela 2ª Vara da Comarca de Santa Cruz, na região do Agreste potiguar. Ele foi conduzido à Superintendência Regional da PF em Natal e será encaminhado ao sistema prisional do estado, segundo a corporação.

g1-RN

DDonte: Blog do BG

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Excelente recepção! kkkkkkkkkkkkkkk Menos um ladrão nas ruas, isso é, se a mamãe “justissa” não soltar segunda, durante audiência de não sei o que…

FOTOS: PRF intercepta, em Caicó, ônibus que saiu de Goiás para o RN com 272 aves silvestres, metade delas estava morta

Sábado, 18 de dezembro de 2021

Fotos: divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptou um ônibus que fazia o transporte de 272 aves silvestres. O veículo saiu de Santa Helena, em Goiás, e tinha como destino Natal. No entanto, a viagem foi encerrada na BR-427, em Caicó.

De acordo com a PRF, durante a abordagem nessa sexta-feira (17), os policiais localizaram 137 aves vivas. Por outro lado, 135 aves estavam mortas, pois não suportaram o transporte irregular. A maioria das aves era da espécie canário.

O órgão informou ainda que foi lavrado um Termo Circunstaciado de Ocorrência (TCO) contra o motorista do veículo, um homem de 67 anos, por crime ambiental. Ele e as aves foram levados para o Ibama, em Caicó, para os procedimentos cabíveis.

Portal da Tropical

Motorista embriagado ultrapassa bloqueio de segurança da residência oficial do vice-presidente e carro é atingido por disparo no pneu, em Brasília

Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Foto: divulgação/Planalto

Um veículo ultrapassou o bloqueio de segurança do Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, em Brasília, na madrugada deste sábado (18), segundo a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom).

A Secom informou que “por volta de 01h30 deste sábado (18), um veículo, em velocidade incompatível com o perímetro de segurança e na contramão, ultrapassou o bloqueio de segurança do Palácio do Jaburu, sem autorização. Imediatamente, os sentinelas adotaram os procedimentos padrão de alerta e de segurança, os quais não foram respeitados pelo condutor. O deslocamento do veículo foi interrompido após ser atingido com um disparo no pneu. Policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar foram acionados e constataram que o motorista estava visivelmente embriagado. A equipe o conduziu ao IML e à delegacia de Polícia Federal para os procedimentos de autuação.”

Localizado ao longo da Via Presidencial, entre os Palácios do Planalto e Alvorada, o Palácio do Jaburu está no nível topográfico do Lago Paranoá, ocupando terreno de 190 mil metros quadrados.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES

Governo federal prepara projeto para impulsionar transporte ferroviário de passageiros; Proposta tem potencial de gerar 65 mil empregos diretos e indiretos

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Após ganhar um marco legal que deve turbinar o transporte ferroviário de cargas, o Brasil poderá ter em 2022 uma nova lei para incentivar também o uso e a construção de ferrovias focadas no transporte de passageiros.

O meio de locomoção, comum até meados do século passado e abandonado nas últimas décadas pelo País, é tema de uma proposta de política pública estruturada pelo Ministério da Infraestrutura com a colaboração de uma entidade do setor, a Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos). A expectativa do governo é de que o texto seja enviado e aprovado pelo Congresso até o fim do próximo ano.

Com o projeto, o governo e o mercado esperam ter um conjunto de regras consolidado capaz de atrair investimentos privados e destravar diversos empreendimentos no Brasil. De acordo com o presidente do conselho da ANPTrilhos, Joubert Flores, existem mais de 100 ideias de projetos ferroviários para passageiros – muitos ainda em fase conceitual – que poderiam ser levadas à execução no País.

Flores cita o projeto de trem para ligar, inicialmente, Campinas a São Paulo, e que deve envolver mais de R$ 8 bilhões em investimentos. Mas há outros empreendimentos que já são alvo de estudos nos últimos anos, como um traçado ligando o Distrito Federal e Goiás e outro conectando Minas Gerais e o Rio.

“Tudo isso demanda investimento, e a capacidade de investir do setor não é grande. Se tiver indicação de prioridade, com política que crie marco que dê essa segurança regulatória, atratividade, acho que isso alavanca”, avaliou Flores. Ele compara esse tipo de mudança legal com o novo marco do saneamento, em vigor desde julho de 2020, pensado para atrair investidores num setor até então permeado de insegurança jurídica. “Esse marco dá uma segurança jurídica que permite que você faça investimento. São investimentos de longo prazo, longa maturação, não pode ser um projeto de governo, mas de Estado.”

A proposta do governo prevê, entre outros pontos, que os empreendimentos na área poderão ser financiados com um linha exclusiva em um banco de financiamento, como o BNDES. A proposta de projeto de lei, lançada na quarta-feira passada, ficará disponível para consulta pública por 45 dias.

O governo também ressaltou outros efeitos do crescimento desse tipo de transporte, como a redução de gases de efeito estufa e a geração de empregos. Estudo da ANPTrilhos aponta que, para cada mil quilômetros de ferrovia em operação para esse fim, 65 mil empregos diretos e indiretos poderão ser gerados.

O secretário nacional de Transportes Terrestres, Marcello Costa, ressaltou que o novo marco legal das ferrovias, que permite a construção de traçados privados e que já foi aprovado pelo Congresso, também ajudará a fomentar o transporte de passageiros pelo modal – além do incentivo a ferrovias focadas em carga.

Segundo ele, por sua vez, os empreendimentos voltados ao cidadão ainda demandam uma legislação específica. “E tenho certeza de que ainda em 2022, talvez até o fim do ano, se consiga a aprovação dessa legislação. Talvez esse seja um dos legados deste governo mais importantes no setor de transporte do País”, disse.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES

Criminosos que invadiram casa de Ratinho em SP obrigaram equipe do apresentador a fazer Pix e levaram maquininhas para efetuar transações usando cartões das vítimas

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021


Foto: REPRODUÇÃO/RECORD TV E REPRODUÇÃO/GABRIEL CARDOSO/SBT

Os criminosos que invadiram a mansão onde funciona um estúdio do apresentador de televisão Ratinho nesta sexta-feira (17), em São Paulo, obrigaram a equipe que estava no local a fazer transferências de dinheiro por Pix e por cartões de crédito e débito. Para isso, levaram maquininhas como as usadas pelo comércio e obrigaram as vítimas a digitar as senhas.

O apresentador Ratinho não estava no local no momento do crime, pois tinha viajado para Curitiba. Ele acredita que os bandidos tenham fugido após constatar a presença de um distintivo da Polícia Federal na sala. Mesmo assim, o roubo foi consumado, segundo a polícia. “Levaram cartões, celulares, relógios e joias. Obrigaram as pessoas a fazer transferências usando uma maquininha. E perguntaram onde ficava o cofre”, afirma o delegado Eduardo Brotero, do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos).

Apesar da ausência do apresentador, estavam no imóvel artistas que acompanham Ratinho em seus programas, como Milene Pavorô, Xaropinho e Beth Guzzo. Todos os que estavam na casa foram trancados num dos quartos da residência, enquanto o assalto tinha andamento.

O caso foi registrado no 91º DP, na Vila Leopoldina. A polícia procura pistas dos criminosos e averigua se câmeras de segurança da mansão roubada ainda guardam os vídeos gravados nesta sexta. Imagens de câmeras de outros imóveis da rua também serão requisitadas. Os policiais investigam se os criminosos sabiam tratar-se de um imóvel do apresentador.

O que a apuração inicial já indica é que os criminosos tinham o controle que dá acesso ao portão da garagem da casa. Os ladrões chegaram pouco depois da apresentação de um dos programas da Rede Massa e renderam os presentes, que se encontravam no refeitório. A quadrilha, formada por cinco bandidos, usava óculos e máscara para ocultar o rosto.

O delegado Eduardo Brotero afirma que a polícia se dedica ao caso. “Apavoraram pessoas inocentes, trabalhadores. A polícia do estado de São Paulo vai chegar à autoria, espero que o mais rápido possível”, diz.

R7

Band dá chapéu na Globo e vai exibir sozinha Mundial de Clubes com Palmeiras

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Foto: EITAN ABRAMOVICH/AFP

A Band vai exibir sozinha o Campeonato Mundial de Clubes, que será realizado pela Fifa (Federação Internacional de Futebol) em fevereiro de 2022. A emissora do Morumbi, na zona oeste de São Paulo, fechou os direitos de transmissão neste sábado (18) e vai exibir o torneio sozinha –já que a Globo, que já mostrou o disputa nos últimos anos, ficará de fora.

Apenas empresas do Grupo Bandeirantes poderão transmitir os confrontos envolvendo o Palmeiras, que foi campeão da Libertadores deste ano e participará pela segunda vez consecutiva da competição. O evento vai acontecer entre os dias 3 e 12 de fevereiro de 2022, nos Emirados Árabes Unidos. Os direitos valem para TV aberta e TV por assinatura.

Segundo apurou o Notícias da TV, as negociações da Fifa com a Band se tornaram irreversíveis para a Globo no decorrer da semana. A emissora já prepara logística de profissionais, como produtores, narradores e comentaristas, para enviá-los ao país do Oriente Médio. O anúncio oficial deve acontecer nos próximos dias.

A Globo tinha a preferência do contrato para transmissão do Mundial de Clubes, como ocorre todo ano. A líder de audiência tem um contrato longo desde 2015 com a entidade máxima do futebol para ter os torneios organizados por ela –o que inclui a Copa do Mundo de 2022, por exemplo.

O Mundial de Clubes, entretanto, é vendido separadamente. A Globo tinha a prioridade, mas precisava responder até uma data limite se compraria ou não.

Como não cumpriu esse prazo, a Band acabou se mostrando interessada e fez a aquisição. A rede dos Marinho planejava enviar uma equipe de até 40 profissionais para a cobertura com os jogos. Sem eles, apenas quatro pessoas de uma equipe de reportagem estarão no país-sede do torneio.

Globo fora do Mundial de Clubes

Será a primeira vez desde 2000 que a Globo não fará um Mundial de Clubes com brasileiros. Naquele ano, o certame foi organizado no Brasil.

Sem acreditar no potencial dos jogos que envolviam clubes nacionais e potências europeias como Real Madrid e Manchester United, a Globo não comprou e a Band comprou com exclusividade. A final entre Vasco x Corinthians foi a maior audiência de sua história, com picos de 53 pontos na Grande São Paulo.

A Band, porém, voltará a exibir um Mundial de Clubes, algo que não acontece desde 2013, quando o Atlético Mineiro participou do evento. E desta vez, é uma volta em grande estilo: só ela vai mostrar o torneio. A expectativa é por altos índices de audiência, principalmente na capital paulista.

Notícias da TV – UOL

Paraguaio procurado pela Interpol que estava preso em SC é solto após ordem do STF

Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Foto: Divulgação/Polícia Civil SC

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Nunes Marques, concedeu na 6ªfeira (17.dez) o alvará de soltura em favor de Márcio Luiz Dávalos Segóvia, que estava preso no Complexo Penitenciário do Estado (COPE), em São Pedro Alcântara, na região da grande Florianópolis, capital de Santa Catarina.

Segóvia é foragido da justiça paraguaia e permaneceu escondido na cidade de Balneário Camboriú, no litoral norte catarinense, onde foi capturado durante uma operação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Federal realizada em 23 de setembro de 2020.

O nome do foragido estava na lista de procurados da Polícia Internacional (Interpol), na categoria difusão vermelha, por participar ativamente em operações de tráfico de drogas, assim como na aquisição de bens móveis e imóveis. Além disso, teria criado uma empresa para dissimular dinheiro do tráfico de drogas no Paraguai.

Após o monitoramento do foragido em Balneário Camboriú, houve uma tramitação entre as polícias Civil e Federal com as autoridades do judiciário brasileiro para solicitar mandado judicial expedido pelo Brasil para fins de captura, busca e apreensão no local, o que foi deferido posteriormente.

SBT News / Blog do BG

O “progressismo” é um regressismo obscurantista

Sábado, 18 de Dezembro de 2021

E ideias torpes têm consequências lesivas, seja para os indivíduos seja para a sociedade de uma perspectiva mais abrangente.

Mas, perguntemo-nos: de onde advêm algumas ideias que atualmente causam diversos flagelos sociais?

Não apenas isso, nos questionemos adicionalmente: Por que temos testemunhado a crescente dissolução familiar e suas consequências deletérias? Por que a fé cristã tem sido perseguida e, mesmo, criminalizada em alguns casos? Por que temos um crescente índice de violência interpessoal, desordens mentais (especialmente depressão) e suicídios (sobretudo entre jovens)? Por que temos acompanhado a glamourização da drogadição, da promiscuidade, da pornografia, etc.? Por que a vida imersa em vícios tem sido considerada mais um estilo de vida, como qualquer outro?

De onde vem a “justificativa” para esse estado de coisas? Qual a causa do enfraquecimento e ruptura de nosso tecido social moral protetor?

Ora, uma das principais causas da ruptura do tecido social moral que nos protegia é a mentalidade pós-moderna, a qual surgiu no plano acadêmico (em nossas universidades) e recaiu sobre a sociedade civil, originando diversos problemas, especialmente na medida em que a mentalidade pós-moderna pretende fazer colapsar aqueles valores e instituições que surgiram espontaneamente para assegurar nossa plena realização humana: família, virtudes, valores morais, propriedade privada, livre troca, liberdade individual, direitos humanos universais, complementariedade entre homens e mulheres, etc.

Com efeito, temos acompanhado, crescentemente, o avanço da mentalidade pós-moderna em nossas universidades, assim como sua metástase perversa sobre a sociedade civil. Áreas – e seus danos - como “teoria pós-colonial”, “teoria crítica da raça e interseccionalidade”, “feminismos e estudos de gênero”, “estudos sobre deficiência e sobre o corpo gordo”, “estudos sobre justiça social”, etc, são analisadas por Helen Pluckrose e James Lindsay no livro “Teorias Cínicas” (cuja leitura recomendo).

Acrescente-se a essas “teorias” a ideologia de gênero, a linguagem neutra, o “descolonialismo”, o “multiculturalismo”, etc, e teremos um quadro do atual estado de coisas em nossas universidades, as quais estão cada vez mais hegemônicas e longe de uma real diversidade. Sem falar em seu voraz espírito anticristão e, consequentemente, antiocidental.

No entanto, tais ideias não se restringem às universidades: elas recaem sobre a sociedade civil, originando diversos flagelos, como os referidos acima: drogadição, violência, desordens mentais, suicídios, dissolução familiar e suas colateralidades, cerceamento da liberdade, violação de direitos humanos, da propriedade privada e do livre comércio, enaltecimento da feiura em detrimento da beleza, “bandidolatria”, exaltação da promiscuidade, etc.

Dessa maneira, o fato é que tais ideias, gestadas em nossas universidades, não apenas estão desvinculadas da realidade: elas causam o colapso da realidade.

Com efeito, um dos meios mediante os quais tais ideias se alastram pela sociedade civil é o chamado “progressismo”, uma variação da mentalidade socialista com base nas teorias pós-modernas, com foco especialmente – mas não apenas – nos costumes (nos valores que consolidaram a civilização ocidental). O ativismo dito “progressista” (que, em verdade, é regressista e obscurantista) tem, cada vez mais, revelado sua natureza destruidora e perversa, sendo causa da já referida dissolução do nosso tecido social moral protetor.

Nos dias que correm está escancarado que sua pauta nunca foi, como muitas vezes alegado, a busca por diversidade e pela garantia de certos direitos para as minorias. Seu objetivo sempre foi causar a destruição dos pilares civilizacionais (dos quais mesmo as minorias se beneficiam), particularmente do Cristianismo, uma vez que ele é, com suas instituições e valores, a “alma” do ocidente.

Assim, o “progressismo” foca sobretudo nos costumes que passaram pela “consagração pelo uso”, fomentando o aborto, a dissolução da família, a drogadição, a promiscuidade exacerbada, e tudo aquilo que possa fazer colapsar os valores que surgiram espontaneamente e foram consagrados pela experiência reiterada ao longo do tempo.

Assim, exemplificando: por que investir na destruição da Virgem Maria, a representando como se ela fosse trans?

Ora, a meu ver o objetivo está claro: trata-se de um ataque à fé católica em particular e ao Cristianismo em geral. O que subjaz nesse tipo de manifestação do ativismo, além da manifesta intolerância religiosa, é um objetivo mais pernicioso, qual seja, causar o colapso do Cristianismo e de certos valores e instituições de inspiração cristã, os quais constituem a “alma” da civilização ocidental. Nunca se tratou de proteger minorias.

Desse modo, esse ativismo nunca pretendeu ampliar a diversidade, assegurar certos direitos, etc. Seu objetivo sempre foi destruir a diversidade e impor uma hegemonia, o que fica claro com os exemplos recentes citados acima. Não se trata de construir, mas de destruir. Isso está, hoje, escancarado. É preciso que todos se apercebam disso, antes que não haja mais espaço para a real diversidade.

Não apenas isso, é preciso que nos apercebamos dos reais propósitos do “progressismo” e de sua inspiração no pós-modernismo, para frearmos, se ainda há tempo, o colapso civilizacional que já está em andamento.

Para ter acesso a textos diários acesse meu Instagram (professorcarlosferraz):

https://www.instagram.com/professorcarlosferraz/

Fonte: Jornal da Cidade Online

A decadência da velha mídia: Com credibilidade, não se brinca!

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021

E pensar que era fonte de informações que abasteceu por décadas nossas vidas, na qual tínhamos confiança.

As concorridas edições de domingo, pesavam mais de 1 kg.

Atualmente em formato tabloide, está mais fino que assobio de papudo.

Tudo que está publicado na edição de hoje é requentado pois já viralizou e foi mastigado nas mídias sociais e plataformas digitais de ontem.

Tive uma sensação ruim, de falta de asseio (físico e editorial) só de ver esse dinossauro.

Como o mundo evoluiu nestes poucos anos.

Atualmente - além de não prestarem nem como fonte de informações - Estadão, Folha, O Globo entre outros, não servem mais nem para fazer fogo, forrar gaiolas (que aliás também quase não existem mais) nem se prestam para serem usados de banheiro pet.

Esse despencar ladeira abaixo não é só resultado da disrupção digital, dos fenômenos das mídias sociais e dos portais de notícias.

São veículos que perderam a autoridade, a relevância, a importância, o valor.

São insignificantes!

Prova viva: Com credibilidade, não se brinca!

Lixo! Anti-higiênico!

O mundo mudou. O leitor mudou. A vida mudou!

E ainda vem aí o metaverso...

Se segura, malandro!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Atiradores que apoiam Bolsonaro criticam Projeto que altera o Estatuto do Desarmamento

 Sábado, 18 de Dezembro de 2021






O projeto que tinha como objetivo alterar apenas alguns poucos dispositivos do estatuto, acabou se tornando motivo de grande insatisfação para muitos CACs, por entenderem que, na prática, as alterações criaram uma série de burocracias desnecessárias, aumentando o controle sobre o porte de armas de fogo, bem como restringindo ainda mais o acesso a armas de fogo no Brasil.

Exemplo disso seriam as várias restrições impostas pelo projeto face aos Decretos já existentes que estão sob análise do Supremo Tribunal Federal em diversas ADIs que aguardam julgamento.

Para muitos deles, o texto final acaba por prejudicar as conquistas obtidas através dos Decretos, conflitando com o objetivo da pauta principal da categoria que seria ampliar e não reduzir o acesso a armas de fogo.

Um ponto que vem sendo muito criticado pela categoria seria a alteração que traz uma severa redução na quantidade de armas de fogo, que atualmente é 60 (sessenta) e passaria a ser de apenas 16 (dezesseis) armas de fogo, o que acaba impactando os acervos já existentes bem como impedindo a aquisição de expansão dos novos.

Além disso há várias criticas relativas a alteração legal que impõe uma restrição ainda maior para o porte de armas de cablibre restrito, que passará a ser concedido apenas após 5 (cinco) anos de CR, entre diversos outros pontos que criam entraves burocráticos e ainda mais restrições.

Além disso, muitos dos CACs ainda acreditam na viabilidade de manutenção dos Decretos submetidos ao crivo do Supremo nas Ações Diretas de Inconstitucionalidade que discutem a constitucionalidade das respectivas regulamentações ali dispostas. E justamente por essa razão, entendem que a regulação complementar apresentada através do Projeto de Lei irá prejudicar e muito a pauta de liberação de armas.

Emerson Grigollette. Advogado

Fonte: Jornal da Cidade Online

Globo amarga o pior domingo do ano e já clama pelo fim de 2021

Sábado, 18 de Dezembro de 2021

Ela teve o pior ibope dominical de todo ano de 2021, marcou apenas 10,4 pontos de audiência na Grande São Paulo. Nem o primeiro jogo da final da Copa do Brasil evitou o fracasso.

No dia anterior – sábado 11 de dezembro – a emissora carioca já tinha tido seu pior dia de audiência em todo ano, com uma média de 10,2 pontos de audiência. Resumindo tanto o sábado, com Marcos Mion, quanto o domingo, com Luciano Huck, foram escolhas erradas e a rejeição do público é evidente.É claro que esse fracasso não se deve apenas aos apresentadores. A rejeição na verdade é contra a emissora como um todo, quando a Globo se arroga a tentar alterar o cenário político a seu bel prazer, direcionando espaço em toda sua programação – novelas, futebol, shows – para fazer proselitismo político e atacar sem descanso um presidente popular como Bolsonaro a audiência se sente desrespeitada e acaba mudando de canal.

Até o filho do locutor Galvão Bueno protestou dizendo que ninguém assiste futebol para ouvir sermão político do comentarista Casagrande.

A Globo entretanto não vai mudar, para eles a grande meta é arrancar Bolsonaro do Planalto – até aqui, está dando tudo errado.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055