martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 15 de maio de 2021

Brasil ultrapassa marca de 14 milhões de curados da Covid-19

Sábado, 15 de Maio de 2021

Foto: Thiago Dutra/AMN

O Brasil registrou neste sábado (15) mais 34.179 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 14.062.396 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas representa 90,2% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é mais de doze vezes superior ao número de casos ativos (1.089.423), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que 141,4 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram, de acordo com o site Wolrdometers.


Todos os ministros e secretários que levaram um pé no governo Bolsonaro em algum momento enfiaram o pé na jaca

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Todos, sem tirar nem por, perderam a mão e o controle do cargo que ocupavam tentando armar alguma arapuca ou tentando ser maiores que o próprio presidente.

Esqueceram que ser maior não é ser melhor.

Para ser presidente, ministro ou secretário dentro do núcleo duro nesse momento que vive o Brasil, o cara tem que estar desprovido de ego e os que foram demitidos tinham mais ego do que vontade de cumprir seus deveres de cargo, pisaram na jaca e escorregaram rampa abaixo do Palácio do Planalto.

A maioria dos que foram demitidos foi por serem cobras criadas dentro do núcleo duro, traidores mesmo,como aquele militar da boina azul ou aquele juizeco preocupado com a biografia.

Teve o queridinho da direita canhota que adorava uma "briga de canivete" e acreditou que mandando prender meia dúzia de esquerdopatas resolveria o problema do comunismo dentro do Brasil.

Mas todos, independente dos motivos das demissões mostraram estar servindo a dois senhores.

Teve um que provou ser um perfeito idiota, mais idiota que mal intencionado e mostrou toda a sua idiotia quando falou essa semana na CPI dos Vagabundos e num passado recente deu aquela entrevista ridícula a uma também ridícula revista como a Veja.

Resumindo, todos que foram demitidos em algum momento estavam fazendo um movimento contrário ao Presidente, criando ainda mais dificuldades numa engrenagem difícil de se fazer girar e que Bolsonaro está fazendo funcionar apesar de tudo.

Pisaram na jaca e foram demitidos ou por por má fé ou por incompetência.

Ana Berger

Fonte: Jornal da Cidade Online

Proprietários de prédio do ITORN desmentem Sesap sobre data de devolução do imóvel

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Foto: reprodução

Após os proprietários do prédio do ITORN denunciarem as condições estruturais nas quais o Governo do Estado, através da Secretaria de Sáude (Sesap), havia devolvido o imóvel e citarem ainda um saldo devedor de R$ 5,8 milhões, referente ao aluguel, a Sesap enviou nota ao Blog do BG informando que realizou a entrega das chaves no dia 3 de março de 2021, fez a rescisão contratual e que qualquer demanda relacionada a este imóvel devesse ser solicitada diretamente ao proprietário.

Os proprietários do imóvel entraram em contato com o blog para trzer novas informações e novos documentos. Desta vez, desmentindo a versão do governo estadual referente à data da rescisão contratual. Segundo o termo de rescisão de contrato (veja aqui), a rescisão ocorreu de forma unilateral e foi assinada no dia 19 de abril de 2021 e publicada no Diário Oficial no dia 21 de abril.

Outro detalhe que os proprietários fizeram questão de frisar foi que os arrombamentos no prédio ocorreram entre o sábado de Carnaval (13/02) e o dia 2 de março deste ano, quando o imóvel ainda estaria sob responsabilidade de Estado.

Outro documento (veja aqui) mostra um pedido do Ministério Público feito à Justiça, solicitando que ao Governo do Estado se manifestasse especificando eventual manutenção física realizada por conta da rescisão contratual de locação do imóvel.


Fonte: Blog do BG

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Rapaz, esse governo só sai feiúra… que coisa, nada de bom é apresentado, só aparece querer vantagem e sabedoria desse PT

    1. Importante é fechar hospitais e reformar teatro e concha acústica…padrão PTRALHA, o rato ladrao condenado Lula, preferiu construir estádios ao contrário de hospitais, FATAO ESTÁ SEGUINDO A RISCA

VÍDEO: Manifestantes lotam a Esplanada dos Ministérios em apoio ao Governo Bolsonaro

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Manifestantes lotaram a Esplanada do Ministérios, em Brasília, em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro, na tarde deste sábado (15).

Eles gritaram palavras de ordem como “Eu autorizo”, assim como na manifestação de 1º de maio. Do carro de som, um dos coordenadores do evento afirmou: “Vamos autorizar o nosso presidente Bolsonaro a fazer tudo dentro da legalidade para que o nosso artigo 5º seja respeitado, nos só queremos liberdade para trabalhar”.

Também foi possível ouvir gritos de “Renan vagabundo!”. Fazem referência à troca de insultos entre Flávio Bolsonaro e o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid.

A movimentação começou ainda pela manhã na Esplanada com a chegada de comboios vindos de outras partes do país. Coordenadores do ato discursaram pelo fim de políticas de lockdown e a favor “da democracia com voto auditável”. 

Com informações de Poder 360

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Oxe, se autorizaram pq o Bozo não faz nada????
    Pq é um frouxo, esse grito de guerra é patético.
    A cpi ta acontecendo antodo o vapor, o Bozo cada vez mais afunda nas pesquisas e nada faz….
    Cadê o tal decreto????
    Pior que ser adorador de ladrão, é ser adorador de ladrão e frouxo.

De helicóptero, Bolsonaro sobrevoa a Esplanada, onde apoiadores fazem manifestação

 

Sábado, 15 de Maio de 2021

Foto: Arthur Menescal/Especial Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou, neste sábado (15/5), da manifestação conjunta de ruralistas e da Marcha da Família Cristã pela Liberdade, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Por volta das 15h, de helicóptero, ele fez um sobrevoo no local onde estavam aglomerados centenas de apoiadores, que gritavam “eu autorizo”, enquanto o presidente acenava para eles.

As manifestações apoiam Bolsonaro contra o distanciamento social e contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado.

Foto: Sérgio Lima/Poder360 – 15.mai.2021

Nos últimos dias, o mandatário do país vinha afirmando que marcaria presença na manifestação e que estaria “no meio do povo”. Bolsonaro tem ameaçado “baixar um decreto” que, segundo ele, já está pronto e vai garantir o “direito de ir e vir”.

O presidente deixou o Palácio da Alvorada, por volta das 12h15, para almoçar com representantes do agronegócio, no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Jayme Caetano Braun, no Setor de Clubes Esportivos Sul.

No local, Bolsonaro foi recebido aos gritos de “mito” pelo presentes.

O ministro Gilson Machado Neto (Turismo), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) e os deputados federais Major Vítor Hugo (GO), líder do PSL, Helio Lopes (PSL-RJ) e Evair Vieira de Melo (PP-ES) participam do almoço. Rogério é o único parlamentar usando máscara.

O almoço terminou às 13h45, quando o presidente voltou para o Palácio do Alvorada.Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES

AO VIVO: Manifestantes pró-governo ocupam Brasília (veja o vídeo)

Sábado, 15 de Maio de 2021

A TV Jornal da Cidade Online acompanha as manifestações em Brasília! Milhares de manifestantes a favor do governo Bolsonaro ocupam a capital e seguem protestando contra as medidas de isolamento e a favor do voto auditável!

A jornalista Nathalia Nascimento conduz a live, que conta com a presença do advogado Daniel Domingues.

A jornalista Berenice Leite vai mostrar imagens ao vivo de Brasília!

Assista AO VIVO e compartilhe:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Para a extrema imprensa, Hamas é só um "grupo islamita"

 Sábado, 15 de Maio de 2021

“O Hamas incitou as multidões e criou o estado de violência com a intenção de incriminar Israel” escreveu o ativista palestino Bassem Eid no Times of Israel. Segundo Bassem uma disputa judicial que começou com quatro famílias palestinas se recusando a pagar aluguel para os proprietários israelenses, foi a deixa para que o grupo terrorista Hamas disparasse 200 mísseis sobre as cidades de Israel. Isso mesmo, do nada o Hamas lançou uma saraivada de mísseis.

Centenas de vídeos passaram a circular nas redes sociais desde segunda-feira, 10, mostrando o céu noturno israelense sendo riscado por dezenas de mísseis do Hamas. Por outro lado, vimos o sistema de defesa antimísseis de Israel (Iron Dome – Domo de Ferro) entrar em ação e defender as famílias israelenses dos covardes ataques sem avisos dos terroristas palestinos.

Bassem escreve que o Hamas também mandou vários ônibus de militantes para tumultuar a cidade de Jerusalém, gerando motins e violência de gangues de modo a sobrecarregar a força policial israelense. Como resultado aconteceram mais tumultos e centenas de pessoas feridas em Jerusalém.

No entanto, destaca Bassem, a sede por mortes é tanta do Hamas que um em cada três foguetes lançados contra Israel um cai em Gaza, cidade dos palestinos.

Aliás, por aqui no Brasil a extrema imprensa já não chama o Hamas de grupo terrorista, mas apenas de “grupo islamita”. O Globo escreveu “grupo islamita revida com o lançamento de 130 foguetes” como se o Hamas estivesse apenas se defendendo dos ataques do Exército de Israel ou mandando foguetes para Marte.

O portal de fofocas, digo, de notícias UOL prefere escrever “o movimento islamita armado Hamas (...) lançou uma salva de foguetes como gesto de solidariedade aos 900 palestinos feridos [em Jerusalém]”. É claro que essa afirmação da UOL é desinformação pura, pois o ativista palestino Bassem já explicou que o Hamas armou todo esse motim para atacar Israel deliberadamente.

E a tal da Veja resume em seu site que “a violência foi desencadeada por confrontos entre manifestantes palestinos e policiais israelenses na mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, no final de semana. Em retaliação, o grupo Hamas disparou ao menos sete mísseis contra áreas do território israelense de Jerusalém na tarde de segunda-feira, 10, ato que terminou sem nenhum ferido”. A jornalista passa mais um pouquinho de pano para o Hamas dizendo que “apesar da região ser controlada pelo Hamas” a faixa de Gaza é a mais atingida nesses tipos de conflitos. “Há muitas famílias e civis que moram ali [Faixa de Gaza]. A força militar de Israel também é muito superior à do grupo palestino” escreve a jornalista da Veja.

Não sei se esses extremistas do jornalismo tupiniquim perceberam, mas lançar centenas de mísseis contra cidades de civis por causa de disputa judicial é coisa de terrorista. Oras bolas!

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Bolsonaro faz visita surpresa no interior do Nordeste e é aclamado: “Esta é a verdadeira pesquisa. O resto é conversa fiada” (veja o vídeo)

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Mosart Aragão, inclusive, postou os vídeos com a seguinte frase:

“Esta é a verdadeira pesquisa. O resto é conversa fiada”, afirmou, ironizando pesquisa do Instituto Datafolha.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Países ricos devem doar vacinas excedentes em vez de imunizar adolescentes e crianças, diz OMS

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Foto: Getty Images

Nesta sexta-feira, em Viena, o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, encorajou os países ricos a doarem o excedente de seus estoques de vacinas contra Covid-19 ao Covax, programa de distribuição de imunizantes para os países mais pobres, em vez de seguir aplicando as doses em grupos de baixo risco, como adolescentes e crianças. O Brasil deverá receber cerca de 42 milhões de doses do consórcio até o fim do ano.

A razão, segundo Tedros, é muito simples: “Em países de renda baixa e média-baixa, o suprimento de vacinas não tem sido suficiente nem mesmo para imunizar os profissionais de saúde, e os hospitais estão sendo inundados com pessoas que precisam urgentemente de cuidados que salvam vidas”.

Quase 1,4 bilhão de doses de vacinas Covid-19 foram aplicadas em pelo menos 210 territórios ao redor do mundo. Cerca de 44% delas foram administradas em países de alta renda, representando 16% da população global. Apenas 0,3% foram administrados nos 29 países de renda mais baixa, onde vivem 9% da população mundial.

A OMS espera que mais países sigam a França e a Suécia na doação de vacinas para a Covax após inocular suas populações prioritárias, para ajudar a resolver um abismo nas taxas de vacinação. Canadá e Estados Unidos estão entre os países que autorizaram vacinas para uso em adolescentes nas últimas semanas.

O conselheiro da OMS, Bruce Aylward, disse que a entidade está em contato com os EUA para analisar o compartilhamento de vacinas com o Covax. “Eles reconhecem que compartilhar essas doses pode ajudar a garantir um maior impacto geral”, disse Aylward durante o evento em Viena. “Eles querem estar prontos quando as doses estiverem prontas. Estamos trabalhando em paralelo.”

O coronavírus já matou pelo menos 3,3 milhões de pessoas desde que o surto surgiu na China em dezembro de 2019. “Estamos no caminho certo para que o segundo ano desta pandemia seja muito mais mortal do que o primeiro”, disse Tedros. “Salvar vidas e meios de subsistência com uma combinação de medidas de saúde pública e vacinação – não uma ou outra – é a única saída.”

Veja

OPINIÃO DOS LEITORES

    1. Não esperaria menos de você, é mais familiarizada com cabaré, boca de fumo, milícia, essas coisas.

Em um ano, PF abre 931 inquéritos para investigar fraudes no auxílio emergencial

 Sábado, 15 de Maio de 2021

Foto: DIVULGAÇÃO/PF-08/04/2021

Após um ano, a Polícia Federal já instaurou 931 inquéritos policiais para investigar as fraudes no auxílio emergencial. Desde o início programa, em abril do ano passado, foram realizadas 332 operações policiais, com 44 prisões, 83 indiciados e R$ 1 milhão de bens apreendidos, em todos os estados e Distrito Federal.

A informação é de um levantamento da própria PF, com dados das operações realizadas de 6 de abril de 2020 até o dia 3 de maio deste ano. Entre os principais golpes registrados está o cadastramento no aplicativo Caixa Tem em nome de terceiros para recebimento do benefício de forma fraudulenta. Depois, os acusados transferem os valores para contas vinculadas ou emitem boletos bancários para retirada do dinheiro.

Só no último mês de abril, quando começou a segunda rodada do benefício, foram 24 operações contra grupos fraudadores. O número de ações este ano (199) ultrapassa o de 2020 (133).

O estado com maior número de inquéritos é o Rio Grande do Sul, que registrou 245 investigações instauradas. Em seguida vem São Paulo, com 180, seguido pelo Rio de Janeiro, com 129.

O maior número de prisões em uma única operação ocorreu em 31 de março deste ano, no Matro Grosso, quando 12 pessoas presas acusadas de 1.570 saques de benefícios, entre os meses de abril de 2020 e março de 2021, resultando em um prejuízo superior a R$ 1,3 milhão.

A operação Segunda Parcela, em 10 de dezembro de 2020, também se destacou ao resultar no cumprimento de 42 mandados de busca e apreensão, sete mandados de prisão e 13 mandados de sequestro de bens. Além disso, contou com a participação de 152 policiais federais e a determinação de bloqueio de ativos da ordem de R$ 600 mil.

Cancelamentos

Criado para minimizar o impacto da crise do novo coronavírus na população de baixa renda e de trabalhadores informais, o benefício foi pago no ano passado em cinco parcelas de R$ 600 e quatro de R$ 300. Neste ano, a nova rodada do auxílio emergencial começou em abril, com quatro parcelas mensais em média de R$ 250.

Segundo o governo federal, já foram detectados e cancelados o cadastramento de mais de 3,82 milhões de pedidos irregulares e deixaram de sair indevidamente dos cofres públicos cerca de R$ 2,3 bilhões.

As medidas fazem parte da força-tarefa chamada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal, o Ministério da Cidadania, a Caixa, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União.

A Polícia Federal investiga os pagamentos indevidos e as tentativas de cadastramento irregulares com ferramentas que identificam a atuação de organizações criminosas e fraudes estruturadas. Os pagamentos indevidos são analisados pelas instituições da força-tarefa.

Após cruzamento de dados e aplicação de filtros, feitos pelo Ministério da Cidadania e pela Caixa, as informações com suspeitas de irregularidades são enviadas à Polícia Federal para que integrem a Base Nacional de Fraudes no Auxílio Emergencial. A ferramenta é utilizada pela PF para identificar a atuação de grupos criminosos.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES

    1. Nossa! Você é tão engraçado.kkkkkk
      Lugar de palhaço é no circo
      Kkkkkk

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055