martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 23 de outubro de 2021

Rússia registra quinto recorde seguido de mortes por Covid-19

 Sábado, 23 de Outubro de 2021

Foto: EFE/EPA/MAXIM SHIPENKOV

A Rússia registrou neste sábado (23) o quinto recorde seguido de mortes diárias por Covid-19. 1.075 pessoas morreram nas últimas 24 horas.

Os Centros de Tratamento Intensivo (CTI) de vários hospitais russos estão no limite da capacidade, principalmente na capital Moscou.

Só um terço da população russa foi vacinada e é uma das taxas mais baixas da Europa.

Para tentar conter a escalada de casos e de mortes pela doença, o presidente Vladimir Putin decretou um megaferiado de uma semana para o início do mês que vem.

Desde junho, o país enfrenta uma nova onda da epidemia provocada pelo surgimento de variantes mais agressivas, o reduzido respeito ao uso de máscaras e uma lenta campanha de vacinação.

O balanço oficial de mortes no país desde o início da pandemia registra 229.528 vítimas fatais, o que faz da Rússia a nação mais afetada da Europa.

Mas os dados são considerados subnotificados: a agência de estatísticas Rosstat anunciou que o país havia registrado mais de 400.0000 mortes por Covid-19 até o fim de agosto.

Apenas um terço dos russos foram imunizados desde o lançamento da primeira vacina nacional, Sputnik V, em dezembro de 2020. Um fracasso que pode ser explicado sobretudo pela habitual desconfiança da população a respeito das autoridades.

Diante do cenário sombrio, as autoridades demoraram a reagir e impor medidas restritivas pelo temor de prejudicar uma economia já fragilizada.

O presidente Vladimir Putin decretou sete dias de recesso, de 30 de outubro a 7 de novembro, em uma tentativa de frear a propagação do vírus.

A prefeitura de Moscou, principal foco epidêmico do país, determinou o fechamento de todas as empresas e estabelecimentos comerciais não essenciais durante 11 dias a partir de 28 de outubro.

E várias regiões decidiram adotar passaportes sanitários.

Os críticos acusam Putin de não adotar medidas para combater a pandemia, enquanto o Kremlin alega que os europeus viajam em grande número à Rússia para receber a vacina Sputnik V, em vez de receber os fármacos aprovados pela União Europeia.

g1

Três pessoas são mortas a tiros em casa do bairro Messejana, em Fortaleza

Sábado, 23 de Outubro de 2021

Três pessoas foram mortas a tiros na madrugada deste sábado (23) no bairro Messejana, em Fortaleza. As vítimas, dois homens e uma mulher, estavam em uma residência consumindo drogas, de acordo com a polícia, quando quatro homens invadiram o imóvel e efetuaram os disparos.

As vítimas foram identificadas como Ana Caroline Almeida Alves, 27, Valdemir de Sousa Pereira, 27, e Wesley Silva da Costa, 34. A mulher era monitorada pela Secretaria da Administração Penitenciária do Estado do Ceará (SAP) por uma tornozeleira eletrônica, mas usava papel alumínio no equipamento para burlar sua localização.

A mãe da jovem disse que ela era usuária de drogas, traficava entorpecentes e já havia recebido ameaças de morte. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ela tinha antecedentes por tráfico de drogas e organização criminosa.

No local, foram encontrados nove trouxinhas de cocaína, papelotes de maconha e uma balança de precisão.

O CRIME

Segundo a polícia, os criminosos chegaram de carro ao local, na Rua Coronel Matos Melo, comunidade da Levada, estacionaram em frente ao imóvel e quebraram o cadeado do portão. Após a invasão, efetuaram vários disparos contra as vítimas. A casa pertencia a um dos homens mortos.

Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local do crime para dar início as investigações. A Polícia Civil e Polícia Militar realizam diligências para identificar e capturar os suspeitos. (Diário do Nordeste)

Foto: Leabem Monteiro

O “MACBET brasileiro” e a Grande Conspiração

Domingo, 23 de Outubro de 2021

“A vida nada mais é que uma sombra que anda...um pobre ator que se pavoneia e se agita durante sua hora no palco e depois não é mais ouvido. É uma estória contada por um idiota cheia de som e fúria que nada significa. Nada”! (Macbet - William Shakespeare).

Sim, amigos, Renan Calheiros é o “Macbet brasileiro”!

Em “Macbeth”, William Shakespeare nos mostra os desvios intricados da personalidade humana. A avidez de poder e ambição desmedida são marcas inconfundíveis dessa peça teatral. Pelo palco desfilam ante nossos olhos os mais traiçoeiros personagens. O núcleo da história é a busca alucinada de Macbeth atraído pela coroa, pelo poder. É incitado por Lady Macbeth e decide matar o rei Duncan e usurpar o trono.

Realizado o feito, seu caráter perverso aflora e ele torna-se um déspota. Reina violentamente para manter o poder usurpado. Sua ambição desenfreada e tirania terminam em tragédia e ruina.

Tudo começa quando Macbeth recebe uma profecia de três bruxas de que um dia ele se tornará rei:

Primeira bruxa: Salve, Macbeth! Salve Chefe de Glamis!
Segunda bruxa: Salve, Macbeth! Salve, Chefe de Cawdor!
Terceira bruxa: Salve, Macbeth, que ainda há de ser rei!

A anunciação das bruxas é entendida como uma profecia. E a partir desse momento a ambição e a ganancia se instalam na alma de Macbet.

Renan, o “Macbet brasileiro”, também encontra três bruxas, ou melhor, três bruxos, três “seres superiores”. Os três profetizam que um dia ele será Presidente:

Primeiro bruxo: Salve, Macbet-Renan! Salve Chefe Relator da CPI!
Segundo bruxo: Salve, Macbet-Renan! Salve, o Chefe Inquisidor da Pátria!
Terceiro bruxo: Salve, Macbet-Renan, que ainda há de ser Presidente!

Assim como a alma de Macbet não descansou depois de receber o agouro, a alma de Renan entrou em rebuliço ao ouvir a profecia.

Em seguida Renan recebe a notícia de que “um dos seres superiores” instalou a CPI. Depois a notícia de que foi nomeado Relator. A profecia começava a se tornar realidade.

No papel de Relator-Inquisidor, Macbet-Renan, iniciou sua trama para depor o Presidente:

- Escreveu o Relatório Final antes da CPI ser iniciada;
- Criou um grupo de 7 senadores para aplaudi-lo e reverenciá-lo em todas as idiotices que arrazoasse e decisões que tomasse;
- Aproveitou a pandemia mortal criada por um vírus desconhecido da humanidade e da ciência para acusar o Presidente de culpa pelas mortes;
- Humilhou, mentiu, prendeu, obrigou testemunhas a dizer aquilo que lhe convinha e que estava de acordo com o relatório que escreveu.
- Cooptou todos os inimigos do Presidente para, juntos, realizarem aquilo que almejava;
- Um “Consórcio de Imprensa” foi inventado com o argumento de que era para divulgar dados da pandemia, mas o que se viu foi o apoio incondicional a Renan e a tentativa de transformá-lo de o “senador mais corrupto da República” no Senador mais “bonzinho, humano e humilde” que já surgiu no Brasil;
- A justiça virou a justiça de Macbet-Renan, com todos contribuindo para o bom andamento da profecia;
- Macbet-Renan inventou e repetiu até a exaustão, junto com jornalistas, que o SUS era e é o melhor sistema de saúde do mundo. Mas, os brasileiros sabem que se você tentar marcar uma consulta simples com um médico do SUS, ele lhe dará um prazo de, no mínimo, 3 meses para consulta. Nesse tempo, ou você morre ou a dor passa.
- Macbet-Renan e o “Consórcio de Imprensa” afirmam e reafirmam que o Presidente é contra tomar vacinas, contra o povo ser vacinado.

No entanto, a vacina aplicada no braço de Macbet-Renan e do G7, nos braços dos jornalistas, nos braços da população, foi comprada pelo Presidente e não por Macbet-Renan, pelos jornalistas, pelos prefeitos, pelos governadores, pelos Senadores, pelos Deputados, pelos Ministros do STF, pelo PT, pelos que perderam as eleições para o Presidente. Não. A vacina foi comprada pelo Presidente.

Todas as noites, para nunca esquecer, Macbet-Renan, revê a cena em que as bruxas-bruxos misturam num caldeirão fervente a porção mágica que o tornará Rei-Presidente.

Eis a fórmula da porção mágica:

“No caldeirão ferva e asse:
- Olho de lagartixa e dedo de rã; lanugem de morcego e língua de cão; bicúspide de víbora e ferrão de escorpião, perna de lagarto e asa de coruja. Para um feitiço de grande confusão: caldo do inferno ferva no caldeirão.
- Dobrem, dobrem, problema e confusão; o fogo queima e borbulha o caldeirão.
- Escama de dragão, dente de lobo, múmia de bruxa, bucho e goela de voraz tubarão marinho, raiz de cicuta cavada no escuro, fígado de judeu blasfemo, fel de bode e ramo de teixo fatiado no eclipse lunar; nariz de turco e lábios de tártaro, dedo de nenê estrangulado no parto e deixado na vala por uma puta, faz a papa ficar grossa e rija. Adicione as vísceras de um tigre para condimentar nosso caldeirão.
- Dobrem, dobrem, problema e confusão; O fogo queima e borbulha o caldeirão.

Bruxa e Bruxos finalizam o sortilégio:

"Resfrie com o sangue de um babuíno e então o feitiço estará bom e firme”.

A alma de Macbet-Renan saboreia essa poção mágica invocando os espíritos malignos para que eles o abarrotem de crueldade e, assim, o ajudem em sua ascensão e a tomar o poder sem hesitação.

Na peça de Shakespeare, Macbet, depois de matar o Rei Duncan, torna-se o novo rei e põe a culpa em seus filhos que fugiram para não serem mortos.

Na “Conspiração brasileira” um vírus desconhecido mata milhares de pessoas e Macbet-Renan põe a culpa, perfidamente, no Presidente.

Na peça de Shakespeare, Macbet tem ajuda da esposa, dos nobres, de vassalos, de criminosos para atingir seus objetivos.

Na “Conspiração brasileira”, Macbet-Renan tem ajuda da mídia, dos “seres superiores” dos tribunais, dos políticos, dos movimentos sociais, Ongs, “artistas” e de todos os que utilizavam os cofres públicos para se locupletarem.

Ao final da peça de Shakespeare, o povo, nobres e exército, enojados de tanta vilania, se revoltam contra Macbet.

Ele é degolado e sua cabeça com os olhos esbugalhados é exposta em praça pública.

A narrativa da “Grande Conspiração brasileira”, ainda não chegou ao seu final. Macbet- Renan ainda não sofreu qualquer pena, mas leu o Relatório onde pede o indiciamento do presidente por 9 crimes. Acusa, ainda, outras 65 pessoas de delinquências e 2 empresas, Precisa e VTCLog.

Macbet-Renan espera, ansiosamente, após todos esses atos, ser nomeado Rei-Presidente conforme a profecia das bruxas-bruxos.

Finalizo com a mesma frase que comecei o texto:

“ A vida nada mais é que uma sombra que anda...um pobre ator que se pavoneia e se agita durante sua hora no palco e depois não é mais ouvido. É uma estória contada por um idiota cheia de som e fúria que nada significa. Nada”! (Macbet - William Shakespeare).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Eduardo Bolsonaro não perde a piada e satiriza Bruno Gagliasso

Sábado, 23 de Outubro de 2021


Gagliasso, que costuma disparar ataques ao presidente Jair Bolsonaro, assim como aos membros de sua família e de seu governo, é o modelo de uma campanha publicitária da tradicional marca de relógios Technos.

A foto da campanha vem com a legenda:

‘Technos dá a volta por cima com relógios inteligentes".

Eduardo não deixou passar em branco e alfinetou:

“Agora só falta usar modelos inteligentes”, escreveu ele, ao compartilhar a foto da campanha publicitária.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Guedes fica e decepciona os "arautos do caos"

Sábado, 23 de Outubro de 2021

Agora os arautos do caos e os falsos direitistas que compõem a isentosfera dizem:

“ain, a cúpula que trabalha com Guedes pediu demissão”, “agora o Governo já era”. 
Para esses seres infantilizados, lembro apenas uma coisa: o único que foi “eleito” com Bolsonaro foi apenas Paulo Guedes. Se as pessoas que ele, Guedes, colocou lá no Ministério para trabalharem com ele pedem demissão porque não aguentam a pressão, ou até por outros motivos escusos como sabotar o trabalho na economia, o problema é deles.

Cada um é livre para fazer o que quer. Problema é desses que saíram. Paulo Guedes continua no governo, e ficará até o final.

Isso é uma questão de lealdade, que poucos sabem o que é. Mas se eu pudesse mandar um recadinho para esses caras do Tesouro Nacional que debandaram eu lhes diria: irresponsáveis e egoístas!

Em uma guerra, não se abandona o flanco, não se foge da trincheira.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Em momento imperdível, Bolsonaro toca sanfona à beira do canal do São Francisco (veja vídeo)

Sábado, 23 de Outubro de 2021

Uma cena inusitada foi captada em um vídeo gravado na quinta-feira (21), durante a passagem de Jair Bolsonaro por Sertânia (PE), onde inaugurou o Ramal do Agreste, obra que faz parte da captação de água na transposição do São Francisco.

O presidente, “tocou” sanfona, ou pelo menos “tentou”, enquanto se divertia com os cantores e os verdadeiros sanfoneiros, que agradeciam a entrega de mais uma obra que vai levar segurança hídrica para a região.

O cenário é paradisíaco e contagia qualquer um.

Bolsonaro, em seu jeito humilde de ser, de fato, sabe lidar com o povo!

Sobre o Ramal, trata-se da maior obra hídrica de Pernambuco, e vai atender 68 municípios, com uma vazão de 8 mil litros por segundo.

Veja o vídeo:

Kim Paim, o ex-senador Magno Malta e o senador Jorginho contam tudo na TV JCO (veja o vídeo)

 Sábado, 23 de Outubro de 2021

Brasília vai tremer!

A programação da TV JCO está imperdível nesse fim de semana!

No sábado, Berenice Leite recebe o ex-senador Magno Malta, e o senador Jorginho Mello, duas personalidades que conhecem o sistema político por dentro, para um debate franco e definitivo sobre tudo que está acontecendo, sem meias verdades ou meias palavras.

Vale lembrar que Jorginho Mello está se destacando na CPI da Pandemia, desmascarando as narrativas para derrubar Bolsonaro e atacar os apoiadores do presidente.

Você pensa que é só isso?

O domingo será fantástico!

Nathalia Nascimento recebe o grande Kim Paim, para analisar o cenário político nacional. Caciques políticos já estão apavorados com as possíveis revelações na live de domingo.

Fique ligado, porque vem mais novidade por aí na TV JCO, o maior jornal independente do Brasil!

Imperdível!

Já deixe seus likes no vídeo, ative o sininho!

Debate JCO com Magno Malta e Jorginho Mello

Entrevista exclusiva com Kim Paim

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Vereador propõe “antidoping” para professores em Campo Grande, é atacado pela esquerda, mas “dobra a aposta”

Sábado, 23 de Outubro de 2021

O vereador Tiago Vargas, do PSC, apresentou um projeto de lei para exigir exame toxicológico anual aos professores da rede pública da capital sul-mato-grossense.

Não demorou para que o parlamentar municipal fosse acusado pela esquerda e os sindicatos de ‘criar mais um obstáculo aos docentes da rede pública’.

Tiago Vargas não se intimidou e dobrou a aposta:

“Podemos ampliar para todos os servidores públicos, inclusive aos vereadores”. 
Vamos raciocinar, outros servidores como policiais e bombeiros já são submetidos regularmente a esse exame.

Os caminhoneiros e motoristas de ônibus tem que se submeter ao mesmo exame quando vão obter ou renovar suas CNHs.

Como isso poderia ser um obstáculo para o magistério?

Aliás, é de domínio público que as escolas são os maiores vetores e ponto chave para disseminação das drogas, porque é ali que os traficantes buscam novos consumidores e aliciamento para diversas tarefas – não me refiro apenas as escolas brasileiras, isso é um fenômeno mundial.

Fechar as portas das escolas ao tráfico é das tarefas mais difíceis e as principais vítimas são exatamente os professores que acabam sendo agredidos ou intimidados pelos alunos que operam para o tráfico ou que tem boas relações com os traficantes.

Nas escolas periféricas é recorrente a figura da ‘mina do traficante’, a jovem que tem relacionamento, digamos, amoroso com um chefe do tráfico que qualquer discordância com a mesma pode resultar em violência extrema ou até em homicídio.

Como sempre cabe ao conservador, nesse caso o vereador Tiago Vargas, trazer a realidade nua e crua para o debate enquanto os ‘progressistas’ debatem uma realidade alternativa, utópica, só encontrada nos livros de Paulo Freire.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Um criminoso internacional

 Sábado, 23 de Outubro de 2021

Por vezes eu fico imaginando o quanto, na sua essência, é tacanho e despreparado o establishment brasileiro que, de um tempo para esta parte se encontra muito bem representado pelas entourages que sustentaram as quadrilhas de FHC a Temer nos últimos 35 anos, aqui inclusa uma gente desprezível que vai desde os poderosos da banca às celebridades oportunistas, sem esquecer, evidentemente, a abominável classe política com suas entidades partidárias do mal e do empresariado explorador e venal, que se acham encastelados em suas insensíveis e vorazes associações e confederações.

Não sei como conseguiram durante tanto tempo enganar tanta gente.

Não sei como lograram roubar despudoradamente uma quantidade inimaginável de dinheiro do nosso povo, principalmente dos mais miseráveis para, ao final, não produzirem nada rigorosamente, em relação ao muito que poderiam ter construído e, o que é o pior, para ao cabo deterem uma soma de dinheiro e de poder que somente lhes serve para escancararem suas enormes desmoralizações ou falta de credibilidade, que os acompanharão ao tumulo.

Vamos a uns poucos exemplos e aos nomes de alguns bois daquela sinistra boiada. O que adianta para os tradicionais banqueiros e para suas famílias que há séculos sugam o suor de nossa gente vivendo como abutres dos sofridos e dos desesperados que acorrem às suas agências ou casas de agiotagem oficializadas? Garanto que se fossem reconhecidos a olho desarmado pela população no meio desta não circulariam dois quarteirões sem serem justiçados.

Para que serve aos Marinhos, os Barões das Comunicações, o tanto que roubaram e se locupletaram dos cofres públicos tudo desviando para o exterior, se o povão, de um modo geral, os contempla com desprezo e revolta e se a descomunal máquina de desinformação que criaram é hoje considerada um lixo? A única coisa que lhes resta é viverem longe do seu povo, como segregados viviam os leprosos referidos nas Santas Escrituras, ainda que homiziados em seus castelos suntuosos comprados em locais paradisíacos, mas longe de sua Pátria.

Para que serve aos Mandarins da Suprema Corte o poder que odiosamente usurpam, para além de fazer o mal e impor o medo e o desespero aos que se rebelam contra eles, se são considerados e acusados, por milhões e milhões de brasileiros honrados em praças públicas, como os “Vermes da República” que transformaram a outrora venerável Suprema Corte do País em uma “instituição marginal odiada pelo Brasil”, como disse e repete o grande e destemido jurista Modesto Carvalhosa? Tudo quanto lhes sobrou é a mesma vida dos proscritos ou dos procurados, idênticas à dos terríveis criminosos que, por dinheiro, libertaram da prisão.

De que adianta para o finório FHC suas polpudas e múltiplas aposentadorias e suas vergonhosas bolsas ditaduras se o mínimo de paz que consegue para viver como se fosse um respeitado cidadão homem comum é quando se esconde em seu apartamento de milhões de euros em Paris, que comprou ou ganhou de empresários corruptos, sabe-se lá de que forma?

Chegar ao ocaso da vida nestas condições, mesmo podendo pagar, a peso de ouro, algumas fingidas homenagens ou enganadores aplausos de uma plateia escolhida a dedo, não deve permitir olhar sem remorso o espelho pela manhã (ou será que permite?), quem quis vender, em troca de poder e de muita grana, sua Pátria para um regime ateu e assassino.

Ainda que tenha comprado sua liberdade com o peso dos trilhões que roubou do Brasil e escondeu não se sabe onde, o “Ogro Duplamente Condenado”, cujos crimes não foram perdoados ou esquecidos por nossa gente do bem e conquanto agora esteja tentando colocar a cara fora da janela e tresloucadamente imaginando voltar ao poder, pergunta-se: de que adianta tudo que amealhou na sua triste trajetória se hoje não consegue ir sozinho à esquina mais próxima de sua casa para tomar um café com pão e voltar vivo?

De minha parte, meu caro leitor, eu entendo que para o petista ladrão o peso de seus mal feitos é ainda maior do que do daquela gente que o ajudou a desgraçar o Brasil.

Realmente, penso que em bem pouco tempo, para Lula vai se tornar difícil até deixar o País, porque o Mundo por suas entidades e organismos policiais e de segurança contra a corrupção e o narcoterrorismo, já tem na mira aquele ladrão e corrupto de fama internacional. É difícil, leva tempo, mas não se deve esquecer que outros Chefes de Estado foram presos e condenados pela Justiça Internacional–TPI - de 1997 a 2011, tais como: C. Taylor (Nigéria); L. Gbagbo (Costa Marfim); S. Milosevic (Iugoslávia); M. Mileitinovic (Sérvia); O. Al-Bashir (Sudão) e K. Samphan (Kampucheia do regime do Khmer Vermelho).

Igualmente é bom lembrar o antigo caso do ditador do Panamá, Manuel Noriega, que foi condenado por envolvimento com o narcotráfico na América Latina e que, além de tráfico, também o foi por extorsão e por lavagem de dinheiro, tendo morrido em uma prisão nos USA, cumprindo pena de 40 anos.

Ainda em ralação ao Panamá é de se recordar que foram acusados e presos, nos Estados Unidos, o Presidente Panamenho (de 2009 a 2014), Ricardo Martinelli, e seus filhos Luiz Enrique Martinelli e Ricardo, por usar dinheiro público para se manterem no poder e por cobrarem mais de 20 milhões de euros de propina da nossa conhecida “Construtora Odebrecht”, entre 2010 e 2014, e mais de 59 milhões de suborno, em troca de contratos avaliados em cerca de 175 milhões de dólares, segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos da América. Isto é que se pode chamar de uma baita semelhança com o caso do larápio petista, que até o socialista Barak Obama já o reconheceu como um dos maiores ladrões da coisa pública do planeta.

Estou trazendo a lume tudo isso por conta das notícias que circulam pela mídia independente – e que a tradicional já escondeu - relativas à prisão, na Espanha, do ex-chefe de inteligência e contraespionagem militar de Maduro, na Venezuela, Hugo Carvajal, o “El Pollo”, que entregou, em juízo, farta documentação que prova o financiamento ilegal, pelo narcotráfico de movimentos e partidos políticos na América Latina e na Europa, chegando a afirmar que o governo da Venezuela financiou “Lula da Silva no Brasil”.

Dizem e retransmitem vários veículos de informação, daqui e da Europa:

“O governo venezuelano financiou ilegalmente movimentos políticos de esquerda pelo mundo durante pelo menos 15 anos, entre eles a criação do partido político espanhol Podemos. Enquanto fui diretor de inteligência e contra inteligência militar da Venezuela, recebi uma grande quantidade de relatórios mostrando que esse financiamento internacional estava ocorrendo. Exemplos concretos são: Néstor Kirchner, na Argentina, Evo Morales na Bolívia, Lula da Silva no Brasil, Fernando Lugo no Paraguai, Ollanta Humala no Peru, (Manuel) Zelaya em Honduras, Gustavo Petro na Colômbia, Movimento 5 Estrelas na Itália e Podemos na Espanha. Todos esses foram revisados como receptores de dinheiro enviado pelo governo venezuelano”, confessou “El Pollo”. 
“El Pollo” é acusado pela Justiça dos EUA de envolvimento com o tráfico de drogas fornecidas pelas FARCS – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, porque o dinheiro da ditadura venezuelana sempre proveio daquele grupo terrorista que, sua vez é que contribui, desde sempre, para o Foro de São Paulo, criado em 1990, por Lula, Fidel Castro, FHC, Ciro Gomes e outros marginais do mesmo naipe, com objetivo de implantar o regime comunista em toda a América do Sul.

Então é isso. Onde há a esquerda delinquente existe um crime que a sustenta e a ampara. Agora avaliem a inconsequente pretensão dos “Contras”, sempre incensada pela imbecil irresignação dos “terceirosviistas”.

Querem eleger para presidente do Brasil e Comandante Supremo das Forças Armadas um petulante criminoso internacional que bem pode, no meio de seu mandato, ser preso ou condenado por uma Corte dos Estados Unidos ou por um Tribunal Penal Internacional por ter recebido dinheiro sujo de sangue das FARCS.

Ora, me poupem e Deus nos guarde de uma vergonha dessa ordem!

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Palhaço agride adolescente e espetáculo de circo vira caso de polícia no interior do RN

 Sábado, 23 de Outubro de 2021

Foto: reprodução

O que era para ser apenas mais um espetáculo circense, terminou em caso de polícia na noite desta sexta-feira (22), no município de Jardim de Piranhas, na região do Seridó. Um jovem de 15 anos foi agredido por um dos palhaços do circo e a Polícia Militar foi acionada.

A polícia militar informou que duas versões da motivação para a agressão foram relatadas. A primeira, apresentada pelo adolescente, foi de que ao sair meio do espetáculo para comprar água fora do circo foi impedido de ingressar. Uma das regras do circo é a proibição de entrada de produtos comprados em outros estabelecimentos.

Já a versão apresentada pelo palhaço, cita que a vítima tentou entrar sem pagar, danificando uma barra de ferro da estrutura do circo, o que teria gerado o desentendimento.

O Circo Vidal divulgou uma nota em suas redes sociais sobre o caso, confirmando a versão apresentada pelo artista/funcionário e admitindo a agressão ao jovem. A nota informa ainda que o circo ofereceu suporte ao adolescente, que teria negado ajuda. O caso está sendo apurado.

Confira a nota do Circo Vidal:

Com informações de 98 FM Natal

Fonte: Blog do BG

Chuvas melhoram nível dos reservatórios e aliviam crise hídrica

Sábado, 23 de Outubro de 2021

Foto: Henrique Manreza / UHE Jupiá

O nível dos reservatórios das regiões Sudeste e Centro-Oeste do país —as mais afetadas pela maior crise hídrica dos últimos 91 anos— voltou a subir por conta das chuvas das últimas semanas. Segundo dados divulgados pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) nessa sexta-feira (22), a alta no mês é de 0,9%.

O operador informou que os reservatórios de Sudeste e Centro-Oeste atingiram, em média, 17,6% da capacidade de armazenamento de energia na 5ª feira (21.out). Já a região Sul teve alta de 15,2%, atingindo média de 43,8% da capacidade.

As regiões Norte e Nordeste registraram queda e operam com 50,3% e 36,6% da capacidade, respectivamente. Ao todo, o nível dos reservatórios do país está em 24,5%.

Previsão

O relatório do ONS prevê um volume de chuva de 133% da média histórica nas regiões Sudeste e Centro-Oeste para a semana que vem. No Sul, o volume deve ser de 83% da média histórica.

Como consequência das chuvas e de outras medidas implantadas para conter a crise —como diminuição da vazão de água—, o operador estima que o subsistema Sudeste/Centro-Oeste termine o mês de outubro com 17,8% da sua capacidade. A previsão para a região Sul é de 44,3%.

O aumento de precipitações nas últimas duas semanas não é o único motivo da melhora nas condições dos reservatórios, o conjunto de medidas adotadas pelo operador foi decisivo para um resultado mais otimista”, disse o operador em comunicado.

Crise hídrica

As chuvas das últimas semanas dão um respiro para o sistema elétrico, mas o cenário ainda é de atenção.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que pedirá ao ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) o fim da bandeira de escassez hídrica na conta de energia partir do mês de novembro.

Meu bom Deus nos ajudou agora com chuva. Estava na iminência de um colapso. Não podíamos transmitir pânico para a sociedade. Dói a gente autorizar o ministro Bento das Minas e Energia decretar a bandeira vermelha. Sabemos da dificuldade da energia elétrica. Vou pedir para ele, pedir não, determinar que ele volte a bandeira normal a partir do mês que vem”, declarou.

O CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico) discorda do presidente. O comitê aconselha que a bandeira tarifária seja mantida, pois a situação ainda é crítica e o custo do acionamento das usinas termelétricas na geração de energia é alto.

A bandeira tarifária foi implementada em caráter excepcional. O plano é que fique ativa de setembro de 2021 a abril de 2022. A nova tarifa acrescenta R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos.

Poder 360

OPINIÃO DOS LEITORES

    1. Realmente um absurdo, resolvi esse problema , coloquei energia solar, fiz com a ENGCIL, melhor coisa que fiz. Economia agora até 98% na conta de energia. Recomendo.

OURO E PRATA: Rebeca Andrade se torna a 1ª brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição do Campeonato Mundial de Ginástica

Sábado, 23 de Outubro de 2021

Foto: KIMIMASA MAYAMA/EFE – 23.10.2021

A atleta Rebeca Andrade novamente fez história e se tornou a primeira ginasta brasileira a conquistar duas medalhas em uma edição de Campeonato Mundial neste sábado (23). Em Kitakyushu, no Japão, ela levou o ouro no salto e a prata nas barras, a primeira medalha brasileira na modalidade das paralelas.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a paulista de 22 anos já havia se tornado a primeira atleta do Brasil a conquistar uma medalha de ouro e outra de prata em uma única edição dos Jogos.

Rebeca ainda tem a chance de ganhar mais uma medalha nesta edição do Campeonato Mundial. No próximo domingo (24), às 5h (horário de Brasília), ela encerrará sua participação na disputa da trave.

R7


Bolsonaro planeja comparecer à reunião da cúpula do G20 em Roma, diz Itamaraty; Guedes deve acompanhar o presidente

 Sábado, 23 de Outubro de 2021

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro deverá participar da reunião de cúpula de líderes do G-20, grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo, nos dias 30 e 31 de outubro, em Roma. Segundo o chefe de gabinete do Itamaraty, Achiles Zaluar Neto, Bolsonaro representará o Brasil ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do chanceler Carlos França.

— Todos os preparativos estão sendo feitos nesse sentido — disse o diplomata, nesta sexta-feira (22).

Entre os temas a serem tratados pelos participantes, um deles é o aquecimento global. Bolsonaro viajará a Roma munido de argumentos que incluem os esforços do governo brasileiro no combate ao desmatamento, a adoção de metas mais ambiciosas para alcançar níveis reduzidos de emissão de gases de efeito estufa e a defesa da regulamentação de um mercado global de carbono.

O governo brasileiro também defenderá o fortalecimento de organismos internacionais e a expansão da oferta de vacinas. O Brasil defende que a diversificação e o aumento da capacidade produtiva dos imunizantes.

Uma bandeira que será repetida é a eliminação dos subsídios à agricultura. O Brasil espera abrir os mercados aos produtos do agronegócio nas negociações que ocorrem no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Yahoo Notícias

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055