martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Ministro de Minas e Energia aciona PF para investigar ataques a torres de energia

Terça, 17 de Janeiro de 2023

Reprodução CNN

Em entrevista a jornalistas nesta terça-feira (17), o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (PSD-MG), disse que não é possível afirmar que os ataques a torres de transmissão de energia elétrica tiveram motivação política e que a Polícia Federal está com inquéritos instaurados para investigar o caso.

“O que podemos dizer é que, pelo fato de vários eventos convergirem, nós entendemos, por bem, sermos proativos e nos adiantarmos a possíveis problemas mais graves, usando todos os instrumentos de vigilância que o Estado possui”, declarou ele.

“A iniciativa privada ainda se colocou de forma muito colaborativa no sentido de contribuir para que tecnologias avançadas fossem implementadas de forma muito rápida a dar segurança às redes de segurança do país.”

Silveira ainda acrescentou que a Polícia Rodoviária Federal terá um “papel ostensivo” nas estradas por onde passam as linhas de transmissão e “poderá contribuir com a vigilância do patrimônio”.

“Já a Polícia Federal vai presidir os inquéritos necessários à apuração e punição rigorosa àqueles que atacam o patrimônio de todos os brasileiros.”

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), são sete casos de ataque contra torres de transmissão de energia elétrica em três estados. Entre eles, quatro torres foram derrubadas.

Ao todo, a Aneel contabiliza três ocorrências em Rondônia, duas no Paraná e duas em São Paulo.

Na noite de domingo (8) para segunda (9), três torres de transmissão de eletricidade foram derrubadas no Paraná e em Rondônia e, segundo a Aneel, com indícios de “sabotagem” e “vandalismo”. Os casos aconteceram horas após a ação criminosa que invadiu a sede dos Três Poderes em Brasília.

A Aneel diz que tem mantido o Ministério de Minas e Energia (MME) informado de todos os eventos, como também tem interagido com as autoridades de segurança pública.

CNN Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643