martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 24 de outubro de 2022

iFood, gigante latino americana de delivery, não resiste ao 'socialismo' e anuncia saída da Colômbia

Segunda, 24 de Outubro de 2022




Quando se instalou por lá o iFood tinha como meta rivalizar com a Rappi, empresa colombiana líder do mercado local que, por sinal, também atua no Brasil com delivery.

E o negócio avançava rapidamente.

Em março de 2021, o aplicativo atingiu a consolidação, adquirindo outra tradicional operadora de entregas local, a 'domicilios.com', atendendo 25 mil empresas e ampliando a oferta de restaurantes em 21% em várias cidades do país, entre elas Bogotá, Cali, Medellín, Manizales, Barranquilla, Santa Marta, Montería e Valledupar.

A empresa publicou um comunicado nas redes citando ‘estratégia de negócios em função do momento do mercado de capitais”

Mas o fato é que, desde agosto, após a posse do novo presidente colombiano de extrema esquerda, Gustavo Petro, ‘as coisas’ começaram a mudar rapidamente no país, com o risco à propriedade privada, o aumento das garras do estado e dos impostos e, claro, a regulamentação de vários setores.

Algo parecido com o que o candidato de esquerda do PT pretende fazer aqui no Brasil, caso seja eleito ao Palácio do Planalto.

No Brasil a iFood domina o mercado de delivery, com 270 mil empresas catalogadas em cerca de 1200 cidades e, olhem só, segundo dados de 2020, empregando mais de 730 mil trabalhadores e girando mais de R$ 32 bilhões do PIB nacional.

O iFood sai da Colombia sem ‘estardalhaço’, mas está claro que, educadamente, preferiu não citar uma conhecida lição que todo grande empresário conhece bem:

“Quando o socialismo chega, não há capitalismo que resista”.

A ameaça é real e está batendo à nossa porta!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643