martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 29 de outubro de 2022

Lula ataca o MEI, causa revolta e deve pagar caro pela afronta

 Sábado, 29 de Outubro de 2022

Ao ser interpelado pelo Presidente Jair Bolsonaro sobre a criação de empregos do atual governo, Lula respondeu desqualificando os microempreendedores individuais, conhecidos pela sigla MEI.

O MEI é uma categoria de trabalho, um trabalhador como qualquer outro de carteira assinada, mas que pelas características de sua atividade, não presta serviço para um determinado empregador, mas para clientes diversos, o que torna inviável a assinatura de carteira.

No lugar da carteira assinada, o MEI emite nota fiscal e recolhe contribuição previdenciária como qualquer trabalhador.

Atualmente há cerca de 14 milhões de MEIs no país.

A visão de Lula sobre o MEI preocupou os profissionais, que agora temem que Lula, caso seja eleito, acabe com o sistema.

De fato, esse é um risco muito sério.

Lula na realidade quer dinheiro para os sindicatos, braços do PT.

O MEI não recolhe para sindicato.

É mais um setor que se preocupa com a visão de Lula, totalmente antiquada para os tempos atuais.

A declaração de Lula caiu como um canhão, gerando uma avalanche interminável de críticas.

Um tiro no pé que pode ser fatal.

da Redação / Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643