martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 25 de outubro de 2022

Empresários 'acordam' para o perigo do PT e tomam atitude decisiva na reta final

 Terça, 25 de Outubro de 2022



Passado o 1º turno, com as pesquisas errando escandalosamente, com a notícia da economia Argentina destruída em pouco mais de 2 anos pela equipe do presidente Alberto Fernandez, amigo pessoal do líder do PT, com multinacionais fugindo da Colômbia onde outro presidente socialista acabou de vencer as eleições e com o Chile marchando para convulsão social, acendeu-se um alerta. Com isso, a classe empresarial chega a uma conclusão óbvia: não dá para trocar Paulo Guedes por Aluízio Mercadannte ou quem quer que seja no Ministério da Economia.

Coube ao jornalista mais anti-bolsonarista do Brasil, Lauro Jardim, alertar seus ‘parças’ do PT que:

“Os empresários têm procurado aos montes o comitê de campanha de Bolsonaro. Querem contribuir, mas não apenas doar o dinheiro. Querem fazê-lo encontrando o ministro Fábio Faria, ou o senador Flávio Bolsonaro ou o presidente do PP Ciro Nogueira. Querem ajudar mas tomar a benção também. São momentos que o olho no olho é fundamental.”

O colunista também sinaliza que dinheiro não é mais problema para campanha de Bolsonaro. Concordo, só na semana passada o caixa de doações bateu R$ 68 milhões.

O clima está tão favorável para o Capitão que até o isentão, ACM Neto (União), candidato ao governo da Bahia, começou a pedir para os prefeitos baianos que o apoiam, para que reforcem a campanha de Bolsonaro. 

Faltam apenas cinco dias para os brasileiros decidirem se querem um país livre ou se abrirão mão de sua liberdade.

Foto de Eduardo Negrão

Eduardo Negrão

Consultor político e autor de "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande" ambos pela Scortecci Editora.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643