martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 6 de abril de 2022

A César o que é de César

 Quarta, 06 de Abril de 2022


Sem profissionais de saúde você não vive. Sem engenheiros e arquitetos você não constrói. Sem professores você não educa. Sem produtores rurais você não come. Sem profissionais de tecnologia, o Brasil não desenvolve.

O artista é o que sobra quando todo o resto está bem resolvido. É uma espécie de extra da sociedade. Então eu pergunto: Por que é que os artistas se acham uma classe especial a ponto exigirem privilégios que outros não têm?

O culpado disso, dessa mentalidade idiota  que os artistas oportunistas inúteis propagam, é a excessiva tietagem que os abobalhados fazem, idolatrando essa gente como se fossem heróis.

Não é a um artista que você procura quando está doente ou precisa resolver algo importante e verdadeiramente essencial na sua vida. O artista você só procura quando lhe sobra tempo. Logo, a importância dele para o país nem de longe justifica qualquer benefício que os outros profissionais não tenham.

O artista se vê mais importante que os outros porque ele sofre da síndrome do espelho, e onde só consegue, por egocentrismo e vaidade exacerbada, enxergar a própria imagem.

Bolsonaro vetou o projeto que destinaria 3,8 bilhões de reais para a cultura através da lei Paulo Gustavo. Quantos hospitais, quantos alunos de ensino técnico, quantas obras de infraestrutura poderão ser financiadas com esse dinheiro, em vez de encher os bolsos de alguns inúteis, retardados e deslumbrados do país?

E sabe o que é  mais interessante? Todo político em campanha promete saúde, transporte e educação. Isso invariavelmente. Não promete shows, carnaval, bundas de fora, funks de mau gosto, erotização infantil, trios elétricos e coisas do gênero. Então, por que é que defende, depois de eleito, uma classe que pouco ou nada contribui para a sociedade no geral e para o Brasil? É mais uma das inexplicáveis hipocrisias que a gente vê entre os políticos.

Foi para isso que eu votei nele e vou votar de novo. Para colocar cada rato na sua devida toca. Aquilo que eu pago em impostos não vai alimentar o deslumbre de ninguém.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055