martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 8 de novembro de 2022

FOTOS: Secretaria investiga policial penal que se trancou com detentas trans fora da cela e depois deu volta com elas na viatura

Terça, 08 de Novembro de 2022

Fotos: Reprodução

A Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP) está investigando o caso de quatro policiais penais que, na última quinta-feira (3), retiraram duas internas transexuais que pernamenceram 40 minutos trancadas em uma sala com outro agente. A situação foi filmada por câmeras de vigilância. A informação é da própria Seap, em contato com o Portal 96.

Segundo a Secretaria, o caso foi registrado por volta das 21h04. Na ocasião, o policial (já identificado) estava de serviço, mas na ocasião não usa uniforme. Ele vestia apenas calção, camisa e chinelo. Além disso, foram registrados vários contatos do investigado com as transexuais.

“Nos 40 minutos na sala, dois policiais penais de plantão tentam adentar no local, mas a porta permaneceu trancada. Nesta terça-feira (8), o policial penal não estando de serviço, retirou os mesmos dois internos transexuais da cela e, sem autorização superior e descumprindo os procedimentos de segurança, colocou-os numa viatura da SEAP e os levou para fora da unidade prisional. O servidor responde a processo por abandono de posto em 23/05 deste ano”, disse uma nota divulgada pelo órgão.

Confira o texto na íntegra:

A Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP) apura a conduta de quatro policiais penais que às 21h04, do dia 03/11, retiraram da cela de vulneráveis da Cadeia Pública de Ceará-Mirim dois internos transexuais e, por 40 minutos, permaneceram trancados numa sala.

Um dos policiais foi identificado. Fabrício Amaro Souza dos Santos estava de serviço, mas na ocasião não usa uniforme. Vestia apenas calção, camisa e chinelo. O caso foi filmado pela câmeras de vigilância e, desde então, foram registrados vários contatos desse policial penal com presos transexuais. Nos 40 minutos na sala, dois policiais penais de plantão tentam adentar no local, mas a porta permaneceu trancada.

Nesta terça-feira (8), o policial penal Fabrício Amaro, não estando de serviço, retirou os mesmos dois internos transexuais da cela e, sem autorização superior e descumprindo os procedimentos de segurança, colocou-os numa viatura da SEAP e os levou para fora da unidade prisional. O servidor responde a processo por abandono de posto em 23/05 deste ano.

Por tais motivos, a SEAP determinou a instauração de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) na Corregedoria da instituição com amplo direito a defesa e ao contraditório dos envolvidos.

96 FM / Blog do BG

OPINIÃO DOS LEITORES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643