martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Monark tem canal de YouTube bloqueado pela censura... É só mais uma vítima

Sexta, 11 de Novembro de 2022


A ‘censura de toga’ foi imposta porque o rapaz utilizou o YouTube para divulgar o link da live de um jornalista argentino que tem apresentado documentos de uma auditoria independente sobre os dados de votação do primeiro e do segundo turno das eleições.

Segundo essa auditoria, há inconsistências nesses dados, os quais nos abstemos de citar ou detalhar aqui (por motivos óbvios!).

Pois bem, Monark não só abriu espaço para essas informações, como disponibilizou uma forma para que cidadãos interessados em saber mais, pudessem assistir o vídeo, driblando, assim, a censura imposta ao mesmo.

Indignado, o youtuber fez duas postagens seguidas em seu Twitter.

No primeiro, ele mostra o canal bloqueado, esclarece o que acabara de acontecer e acusa, diretamente, um ministro do Supremo como responsável:

"Fui censurado pelo STF... Não vivemos em uma democracia. Me acompanhe no Rumble/monark! Quantos dias até a policia vir na minha casa? Alexandre de Moraes age como um ditador."

No outro, ele mostra a justificativa de bloqueio, lamenta a atitude dos que aprovam o avanço da censura no Brasil e faz um alerta:

"Não foi o YouTube que censurou meu canal, foi o judiciário, isso se chama censura estatal, não tem outro nome. É censura sim e é errado. Se você tá defendendo isso só porque não gosta de mim, você simplesmente está entregando a SUA liberdade e SEUS direitos motivado pelo ódio."

O youtuber já havia sentido na pele ao ter sua conta de Twitter suspensa e perder ‘o emprego’ em um famoso podcast, após, supostamente, fazer apologia ao Nazismo.

De fato, não concordamos com muitas coisas ditas por este jovem que desconhece as armadilhas da política, mas temos que concordar que o que estamos vivendo são tempos de exceção.

Monark é, sim, mais uma vítima… E a próxima pode ser você!


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643