martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 9 de novembro de 2022

Flertando com o desastre, Lula tem lista de horrores e pode indicar Haddad para 'cuidar da economia do país’ (veja o vídeo)

Quarta, 09 de Novembro de 2022




Essa pressão, aliás, partiria do próprio Haddad, antes, um nome certo para comandar o ministério da Educação.

"Prefiro uma pasta ligada à economia", teria dito o candidato derrotado ao governo de São Paulo, segundo interlocutores que acompanham os bastidores da transição de governo.

E o desastre anunciado não para por aí, incluindo ainda outros nomes que podem assumir postos chave no comando do país, como o do aloprado André Janones (Comunicação), o invasor de propriedades privadas, Guilherme Boulos (Cidades) e até João Pedro Stédile, o líder do MST, vejam só, para o novo ministério do Desenvolvimento Agrário.

Haddad, aliás, faria uma excelente parceria com este último indicado, levando os produtores rurais a um verdadeiro estado de agonia coletiva, se resolver utilizar o poder de sua pasta para ajudar a colocar em curso os planos de Stédile, desapropriando fazendas por todo o país.

Vale lembrar de uma fala recente do ‘poste’ ainda durante a campanha, quando disse, com todas as letras:

“Vou cumprir a lei e a lei diz que a terra tem que cumprir função social… nem precisa ocupar, é só me mandar uma carta pra mim pra dizer onde não cumpre função social e nós vamos lá e desapropriamos”.

Fernando Haddad, aliás, já deve ter em sua mente como deve ser a condução da economia no Brasil, de acordo com uma tese de mestrado que defendeu na USP.

O título: Debate sobre o caráter sócio-econômico do sistema soviético (1990)

O resumo de sua tese: Apresentar uma interpretação alternativa do fenômeno soviético. Mostra que o sistema soviético não representa um modo especifico de produção, seja capitalista, socialista ou qualquer outro; trata-se de um modelo anti-imperialista (anti-capitalista) de acumulação primitiva de capital adotado por algumas sociedades asiáticas no curso da transição do modo de produção que lhes é próprio para o modo capitalista de produção.

Um ano depois, em 24 de dezembro de 1991 desapareceria a União Soviética, com o antigo regime socialista completamente arruinado e várias nações, antes aprisionadas, se libertando rumo ao capitalismo.

O roteiro que Lula escreve para a nação é o de um verdadeiro filme de terror!

Confira o vídeo em que Haddad fala sobre as desapropriações de terra

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643