martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 7 de maio de 2022

Bolsonaro volta a criticar lucro da Petrobras e diz que “Brasil não aguenta mais um reajuste de combustível”

Sábado, 07 de Maio de 2022

Foto: reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar os recentes lucros registrados pela Petrobras e pediu que a empresa não conceda novos reajustes nos valores dos combustíveis. Segundo o chefe do Executivo, o Brasil pode não aguentar uma nova alta de preços. Durante visita à 23ª Feira Nacional da Soja, em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, ele pediu sensibilidade por parte da Petrobras, mas lamentou que alguns “nichos” espalhados pelo país estejam interessados apenas nos resultados da companhia.

Esta semana, vocês estão conhecendo um pouco mais do que é a Petrobras aqui no Brasil. Temos nichos ainda, em nosso governo, espalhados por todo o Brasil, que não entenderam que todos nós estamos no mesmo barco. Eles sabem que o Brasil não aguenta mais um reajuste de combustível em uma empresa que fatura dezenas de bilhões de reais por ano às custas do nosso povo brasileiro“, queixou-se o presidente neste sábado (7).

Na última quinta-feira (5), Bolsonaro fez duras declarações contra a Petrobras, afirmando que o lucro obtido pela empresa no primeiro trimestre de 2022 foi “um estupro” e “um absurdo”. Entre janeiro e março deste ano, a petroleira apresentou um lucro líquido de R$ 44,5 bilhões, alta de 3.718% em relação ao mesmo intervalo de 2021, quando os ganhos foram de R$ 1,1 bilhão.

O presidente disse não entender como a Petrobras, mesmo conseguindo esse desempenho, segue aumentando os preços dos combustíveis. De acordo com ele, considerando a atual margem de lucro, a empresa teria capacidade de aguentar um longo período sem promover novos reajustes.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Independente do governo , eu sempre fui contra estatais. Como é que o maior acionista é o povo e a gente não tem direito a nada!!! Tem que privatizar e abrir para concorrência. Olha aí o sucesso da telefonia!!!

  2. O marginal de nove dedos abriu o capital da empresa para pequenos acionistas, principalmente nos Estados Unidos, depois tentou fechar saqueando, seu amigo temer criou a paridade de preços puxada pelo dólar, aí fica difícil querer colocar a culpa no atual presidente, isso se trata de políticas desastradas levadas a cabo por esse irresponsável chamado de nove dedos.

  3. É a mesma desculpa do estuprador, justificando que a culpa do ato ao penis dele, que de uma isolada fez o ato criminoso. Só sendo idiota igual aos petralhas e acreditar na inocência de corrupto idolatrado.

  4. É a boiada tomando na tarraqueta, sem poder nem pisar no posto de combustíveis e supermercado, mas achando bom pedindo mais..

    1. Mais PRESIDENTE, feliz? O MITO vai continuar mudando esse país, os ladrões, preguiçosos, vagabundos, vão comer levar sela no lombo e bridão na boca.

    2. NostraDeu, isso é conversa de quem passa fome por preguiça e fica esperando cair do céu.

  5. Se o governo recebe lucro gordo da Petrobrás sem qualquer custo, pode reservar parte desse lucro para subsidiar os combustíveis quando o petróleo estiver em alta. Pouca gente atenta p/ a existência desse lucro.
    Acho melhor que intervir na política de preços.

  6. Agir que é bom nada, esse discurso do Bozo é só para alimentar a gadolandia. Como presidente ele pode fazer muito mais que “reclamar” e jogar para platéia

  7. A Petrobras é uma empresa estatal de economia mista, cujo sócio majoritário é o governo federal, portanto, quem manda é o presidente da República Jair Bolsonaro, se vocês pesquisarem irão saber a verdade.

  8. Se o cara vai pra cima e propõe intervir na Petrobras (reclamam) e afirmam ser ilegal.
    Quando aponta o problema que ele sozinho legalmente não pode resolver tmb criticam.
    Então, resta comprovado que querem mesmo é o desgaste do presidente.
    O que esses fuleiros que criticam querem mesmo é o ladrão. Defensores de bandidos só mudam de ideia quando são vítimas.

  9. Apenas criticar não resolve. Precisa de atitude. Qual atitude já tomou? Distribuir bilhões e bilhões? E o povo? Padecer? Afinal, tudo aumenta… lamentavelmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055