martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Porque a direita avança no Brasil e no mundo

 Quarta, 29 de Setembro de 2021

Entenda por que o discurso de Bolsonaro na ONU impactou o mundo e não apenas o Brasil...


Sigamos então...

A história é sempre uma questão de “ligar os pontos”, ou seja, representa um processo que não é nada aleatório como muitos pensam ao analisar apenas o que se vê na superfície.

Sabemos que o domínio da Esquerda que vemos em alguns países, representa um processo que se vale da corrupção endêmica e sistêmica das esquerdas que permitem que o Metacapital Global e também, sua versão Local consiga fazer prevalecer seus interesses no mundo aparelhando, “comprando” tais governos, historicamente.

A razão de porque isso acontece é simples: governos Socialistas ou de esquerda, como queiram, são facilmente aparelháveis via corrupção uma vez que não tem qualquer compromisso com a gestão e com a liberdade econômica que se mostra obviamente mais eficiente no Planeta, me refiro às economias liberais que conhecemos e que são as mais bem sucedidas hoje para o Estado e para a População.

Como Esquerdas em geral são “parasitas” e fazem da centralização do poder uma forma de usufruir das benesses de ter o Estado ao seu dispor (e dos seus amigos), aceitam a dominância de Oligopólios (hoje representado, cada dia mais, pelo Metacapital Global) que passa a conduzir a economia e os “negócios”, principalmente os promovidos pelo Estado (que se agiganta e controla tudo que represente setores com valores de vulto), o que é feito mediante o aparelhamento das instituições que conduzem os agentes políticos e econômicos e os setores estratégicos da economia. Isso faz crescer a carga tributária tornando o Governo o grande contratante de obras e investimentos que são loteados para os donos do poder econômico, como temos visto no Brasil dos últimos 30 anos e que o atual governo freou a partir de 2019.

Acho que até aqui, nenhuma dúvida, não é?

Mas porque essa fórmula parece estar sendo colocada em xeque, por um movimento que vimos surgir no Brasil a partir de 2018 e que agora parece estar se alastrando pelo Planeta?

Algo que vou tentar explicar neste breve artigo.

A EVOLUÇÃO DA ESQUERDA NO MUNDO

Apenas para entendermos: o grande questionamento que vemos ser propagado no mundo a partir do advento da Rede Mundial de Internet, antes que essa pudesse ser censurada como tentam fazer na atualidade, diz respeito a VALORES, IDÉIAS E COSTUMES e muito menos a questões IDEOLÓGICAS ou de POLÍTICA que sabemos caíram em descrédito no pós-guerras mundiais a partir da década de 50 e acentuando-se na de 60/70.

Ocorre que a “Hidra” que sofreu fragorosa derrota não apenas nos conflitos mundiais, mas principalmente também, a partir de eventos como “A queda do muro de BERLIM” e a derrocada da ex-União Soviética, tratou de se recompor e se rearticular para voltar, como sempre volta de um jeito ou de outro: “corrupção” infelizmente faz parte da natureza humana.

O Parasitismo da Esquerda ou a estratégia de se vender a interesses Oligárquicos (antes e depois) de “tomar o poder” não tem limites, mas nessa retomada, tinha pressa. Claro que sabemos que quando retomam o poder, como no caso do Brasil, a partir do movimento Constituinte de 1988 (principalmente após a fracassada tentativa da direita com o governo Collor entre 1990 e 1992), passam a entender que, retomado o poder, deve se adotar e adotou, um plano de “longo prazo”, via aparelhamento da Educação e da Cultura, para garantir que seus tentáculos pudessem atingir e manipular (me refiro ao domínio das mentes) as futuras gerações de forma a dar-lhes uma sustentação atemporal.

Nesse aspecto, a revolução planetária baseada em movimentos “libertários e de contracultura” dos anos 60 foram um prato cheio para que a esquerda se infiltrasse nesses movimentos, regados a sexo, drogas e Rock and roll que promoveram uma profunda revolução social e de costumes onde a Política e o Estado perderam a credibilidade e aceitação da população perdendo assim sua “autoridade” algo que se estendeu às famílias (escrevi sobre esse tema em artigo intitulado “A CONSPIRAÇÃO AQUARIANA” cuja leitura recomendo).

Em meio a um mundo profundamente modificado do ponto de vista Geopolítico, vimos o braço negro do capital se estender por vários rincões do mundo e não foi diferente no Brasil, onde os interesses das Oligarquias predominantes, principalmente a partir do golpe de Estado de 1889 já haviam dominado e aparelhado as Instituições e a elas interessava um alinhamento ao movimento emergente de capital transnacional, que inclusive produziu a MEGAPOTENCIA CHINESA com base numa estratégia do capital, em termos de exploração de mão de obra barata (que é uma boa história talvez para ser contada num outro artigo), algo que depois migrou para a Índia, como sabemos e que tem grandes desdobramentos também.

Como falei: nada é aleatório... tudo tem uma relação de causa e efeito!

A HIPERMODERNIDADE OU MODERNIDADE LÍQUIDA

Quando falamos que a década de 60 acentuou um movimento que tentaram cunhar como sendo a PÓS MODERNIDADE (para atribuir como um desdobramento do movimento modernista), vimos dois importantes filósofos destruir praticamente essa hipótese, me refiro a Zigmunt Bauman que estabeleceu o conceito de MODERNIDADE LÍQUIDA e a Gilles Lipovetsky autor da expressão HIPERMODERNIDADE que tratam o tema, cada um a sua maneira, mas ambos na mesma direção ao dizer que os desdobramentos da Modernidade, principalmente no campo comportamental, serviram para exacerbar o desejo de liberdade incontido da sociedade global e o da não submissão a valores arcaicos que a própria realidade colocara em xeque, o que em muitos aspectos faria total sentido.

Parte desse comportamento permitiu a radicalização em termos da desconstrução de valores que até então se posicionavam como balizamento para a conduta social de um modo geral, ou seja, ao questionar todos os valores a humanidade foi sendo conduzida a uma exacerbação comportamental que permitiu o surgimento de movimentos de manipulação jamais vistos e corroborados pelo surgimento das Redes Sociais, dentre outras, mas principalmente essas.

Não seria simples e nem rápido discutir o tema que, por exemplo, Bauman tratou em 42 livros, mas ao tornar os valores LÍQUIDOS (algo que escorre pelos dedos da mão), a sociedade se viu desnorteada e sem referências: um campo fértil para um processo de manipulação Global e certamente local...que no Brasil, foi promovido pela esquerda, embora “ideologia de gênero”; “questionamento dos valores da família”; perseguição a valores Religiosos e outras frentes que promoveram uma profunda fragmentação social, sejam valores globais.

E o que vimos no Brasil e no Mundo foi uma profunda Distopia Social que culminou com uma crise de Valores, deixando toda uma geração sem um necessário conjunto de valores como tiveram as gerações passadas...e a impressão que se tem é que boa parte da população hoje, principalmente os mais jovens, mas não só, se encontra desnorteada por falta de equilíbrio e boas referências de valores e de conduta.

E é assim, por força disso, que surge no mundo um MOVIMENTO GLOBAL CONSERVADOR...visando o resgate de valores perdidos que nos fazem muita falta.

E o que se viu no Brasil, foi uma população que, com grande maturidade, se encantou por política e passou, depois de 5 décadas de desalento, a se manifestar de forma veemente e assim, questionar a classe política com base nos direitos outorgados pela carta magna e pela subversão evidente dos valores que os mandatários eleitos, insistem em negligenciar.

Com isso, um novo tempo foi estabelecido...e a sociedade Brasileira, como um dos principais atores desse movimento Conservador, torna-se uma importante referência para o mundo e agora, tendo como porta voz o presidente eleito com base nesses preceitos.

MOVIMENTO CONSERVADOR GLOBAL E O DISCURSO DA ONU

A profunda confusão comportamental que vivemos no mundo onde questões básicas são colocadas em xeque por movimentos de esquerda visando fragmentar, dominar e conduzir o pensamento, principalmente das novas gerações e assim, conquistar territórios sob a batuta do Movimento Metacapitalista que vimos se agigantar, parece haver encontrado uma profunda resistência, principalmente de gerações passadas (tias, tios e avós do Zapp) que viram ruir os pilares fundamentais da sociedade Brasileira e Global...me refiro à perda de valores fundamentais que o movimento conservador defende, dentre eles, o de nação e nacionalidade, além de liberdade de expressão e pensamento; família e religião (liberdade de culto), dentre outros.

Esse movimento no Brasil, culminou com a eleição de Bolsonaro e a partir disso, o que vimos foi uma reação feroz do Establishment, representado por instituições aparelhadas, mas acima de tudo, pelo Metacapitalismo Global e, nesse caso, representando uma gigantesca “pedra nos sapatos” dos planos que buscam a dominação Global com a ideia distópica de uma “governança Global” que estamos vendo à luz do dia, mesmo que alguns insistam em não ver, por ignorância ou conveniência.

Se por um lado temos FORÇAS INCOMENSURÁVEIS do Metacapital, que não tem ideologia como já falei inúmeras vezes, mas que encontra um caminho mais fácil com a ESQUERDA (ou SOCIALISMO) que é naturalmente CORRUPTA, por outro lado temos um CLAMOR POPULAR de uma camada da população GLOBAL que se agiganta através das REDES que as Big Techs (como parte desse Metacapital) tentam censurar sem sucesso e cujo movimento poderá significar a DERROCADA delas pelo surgimento, memo que lento e gradativo de Redes concorrentes.

E esse DESEJO CONSERVADOR carecia de VOZ, principalmente quando uma delas, a de DONALD TRUMP, foi calada (ou pelo menos abafada nesse momento) num processo eleitoral suspeito e pela ação conjunta da mídia e das Big Techs... algo que já demonstra profundo arrependimento de boa parte dos eleitores reais de Biden, o que evidencia um retorno triunfal de Trump, de demora muito.

Pois bem, surge no Mundo a voz de Bolsonaro e num reduto normalmente habitado pelo Capital Global, como aliás, se faz presente em inúmeras outras “Organizações” feitas sob medida para conduzir a VOZ do METACAPITAL GLOBAL.

Ao acenar ao mundo com as bandeiras de um MOVIMENTO CONSERVADOR UNIVERSAL já que afeta a todos no Planeta, coloca em evidência uma RESISTÊNCIA que era quase invisível, mas estava lá pois SOMOS TODOS REFENS DOS INTERESSES METACAPITALISTAS GLOBAIS, Bolsonaro surge para o mundo como uma forte LIDERAÇA GLOBAL CONSERVADORA fortalecendo e energizando o gigantesco contingente de pessoas que lutam essa GUERRA DE NARRATIVAS, pelo resgate e preservação de VALORES como grandes referencias universais da Humanidade que já demonstraram ser essenciais.

E acreditem:

Esse é um primeiro passo de uma longa jornada que já começou... não desistam de lutar!

O medo e a inércia são o alimento do qual a esquerda se alimenta.

Mas vão morrer de fome... pois nasce e se fortalece, uma resistência Global!

Link para a versão Áudio/Podcast, CLIQUE AQUI!

Foto de JMC Sanchez

JMC Sanchez

Articulista, palestrante, fotografo e empresário.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055