martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

domingo, 15 de maio de 2022

Estados governados pela esquerda têm elevado nível de desemprego

Domingo, 15 de Maio de 2022

Foto: reprodução

A divulgação da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar Contínua (PNAD) mostrou que o desemprego no Brasil continua em 11,1%, mas confirmou a disparidade entre os estados.

A Bahia, governada pelo PT há 16 anos, tem o pior nível de desemprego (17,6%), seguido de perto por Pernambuco (17%), que é comandado pelo PSB por igual período.

O Maranhão, que esteve nas mãos do PCdoB, está entre os piores níveis de desalentados, empregados com carteira assinada e de informalidade.

A informação é da Coluna Cládio Humberto, do Diário do Poder, que ontem mostrou números do IBGE indicando que Estados brasileiros governados por políticos conservadores conseguiram reduzir o desemprego significativamente.

É o caso de Santa Catarina, que, com 4,5% de desocupação, tecnicamente se encontra em situação de pleno emprego. Também são reduzidas as taxas de desemprego no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, governados por conservadores.

Intriga até os mais experientes analistas a perenidade de governos de esquerda em alguns estados, apesar do fraco desempenho econômico.

Focados no agro e governados por partidos mais à direita, Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%) também têm baixo desemprego.

Do outro lado, Santa Catarina, governado há 20 anos por partidos de centro e de direita, tem o menor nível de desemprego, apenas 4,5%.

Diário do Poder

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. O problema de desemprego é histórico no Rio Grande do Norte, no primeiro censo do IBGE em 1872 no estado constatou que 65% dos potiguares não nenhuma profissão especifica, ou seja eram desocupados ou desempregados ou desalentados.

    1. Achava que a reforma trabalhista iria resolver esse problema. Não resolveu? Essa não era a promessa? Não entendi. Parabéns ao governo pela política de inflação, juros altos e energia sem precedentes. Talvez seja uma das muitas variáveis.

  2. Esses números negativos já não me admiram. Onde a esquerda passa, arrasa e destrói tudo. É só ver a Economia de Cuba, Venezuela e Argentina. Informemos-nos para não acreditar nas mentiras dos socialistas/comunistas.

  3. A esquerda sempre foi, é, e será da bandalheira, do anarquismo, da liberdade da safadeza e de enganar a classe trabalhadora com pseudoprivilégios. Vota neles quem quer ou quem é esquerdopata. Deveriam pensar no futuro dos seus filhos, da moral e dos bons costumes. Quando chegar o resultado, não digam que não foram avisados. Cantam com louvor o hino da internacional comunista, mas repudiam o hino nacional e cospem na bandeira da sua nação. Assim são todos os discípulos de uma bandeira vermelha de vergonha, que eles enaltecem com torpe orgulho!

  4. Vamos ser seletivos em nossa forma de pensar e de comentar. Se for notícia boa referente aos estados, a gente fala que é graças a Bolsonaro. Já, se a notícia for ruim, a gente fala que a culpa é dos governadores. Só assim conseguiremos ser realmente incoerentes e seletivos.

  5. Ah é na história do brasil o NE sempre foi lider de geracão de emprego e renda. Só engana bolsolóide esse papo. Kkkkkkkkkkk

    1. Deche de ser burro, quem escreveu a matéria não foi BG e vc tem a obrigação de saber que BG não defende vagabundo

  6. O gado é um ser vivo que sustenta o mundo e só traz coisas boas.
    Já os cachaceiros só atrasão o desenvolvimento social. Eu não comercializo os produtos da minha empresa para gente de esquerda, é até melhor que se o celular deles cair, quebra logo e eles não comenta aqui

  7. Esses esquerdopatas, querem o povo dependo de auxílio do governo, fica fácil manipular as pessoas

  8. O problema está na falta de atividade socio-econômica que gere emprego, se não estiver equivocado no de 2013 ou 2014 o setor industrial só empregava 45 mil pessoas em todo o RN, sendo que majoritariamente por empregos gerados pela indústria da construção ou de infraestrutura, o setor público do RN da área da agricultura e pecuária devia mudar o seu programa de desenvolvimento e progresso rural, e investir especificamente na criação de animais de pequenos portes aves, porcos, com a criação pecuária em um sistema intensivo de alimentação dos animais que gere lucro para os sitiantes como no estado de Santa Catarina, Santa Catarina onde geralmente as propriedades rurais são pequenas com o tamanho de 10, 20 ou 30 hectares, sitiantes e suas familias que sobrevivem em uma vida socioeconômica razoavelmente estável com a criação de pequenas aves e porcos em sistema intensivo, já os pequenos sitiantes norte-rio-grandense pouco ou nada produzem sobrevivendo da aposentadoria e pensão rural do INSS, quando a mulher idosa que recebe a sua aposentadoria e a pensão do seu marido já falecido quando adoece os familiares ficam atemorizados pensando além da sua morte à perda da única fonte de renda que sustenta toda a família.

  9. Países governados pela esquerda estão todos quebrados, com a maioria da população em zona de pobreza.

  10. A pesquisa só vem confirmar o que a esquerda pretende implantar no Brasil, a miséria, fome e desemprego. Observem o que está acontecendo na Venezuela e na Argentina.

    1. Observemos o que está acontecendo no Brasil… Miséria, fome e desemprego, acontecendo é aqui… Aqui é que importa. Não na Venezuela e Argentina. Eles lá que se atem…. Nos governos do PT, a fome foi erradicada, 40 milhões de pessoas saíram da miséria e chegamos a pleno emprego… Já esqueceu, cara pálida? Vc pode ter esquecido… mas o povo, não….

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055