martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 21 de maio de 2022

Rede Globo: A chama da vingança dos ex-funcionários

 Sábado, 21 de Maio de 2022

Não é novidade que a Rede Globo atravessa sérios problemas financeiros, desde a ascensão de Bolsonaro, a transfusão direta de recursos públicos que era sugado das artérias dos pagadores de impostos, direto para os cofres da empresa foi cortada abruptamente.

A Globo sentiu...

Agora a emissora, que se especializou no assassinato de reputações, experimenta do próprio veneno com seus próprios ex-funcionários expondo as entranhas da empresa nas redes sociais.

A ex-repórter Veruska Donato, com 11 anos de Globo, disse o seguinte sobre a demissão da sua colega Michele Barros:

"Amiga, a Globo é uma escola, mas ela nos empurra para fora. Isso não é para você! Você merece muito mais, a Globo perde".

O apresentador Evaristo Costa era uma estrela em ascensão da Globo, causou surpresa quando anunciou sua saída em 2017. Ele também não se furtou a criticar a emissora publicamente ao afirmar que não sente saudades da sua antiga casa. Evaristo disse a uma seguidora no Twitter.

"Pássaro que foge da gaiola, fica esperto para nunca mais voltar".

O lendário repórter Francisco José também não conseguiu esconder seu descontentamento com sua demissão após 46 anos de Globo. Ele reclamou:

"Eu estou triste, claro, foram 46 anos na emissora. Não posso fingir e dizer para você que estou feliz, porque não estou. Se fosse para sair feliz eu teria saído antes, pedido demissão".

O repórter esportivo Mauro Naves, um dos mais conhecidos no Brasil, também deixou a empresa em 2019. Esse caso foi mais dramático porque ele foi desligado de suas funções em comunicado lido ao vivo no Jornal Nacional e ali ele foi informado que estava suspenso um mês, depois foi demitido.

Mauro Naves descreveu assim o seu drama:

“Eu tive o meu 7 a 1 com a Globo, eu não estava esperando foi meu maior 7 a 1 pessoal e profissional. Eu Gostaria de continuar na Globo porque a situação que aconteceu e me colocou de um jeito como se eu tivesse feito algo de errado. Eu entendo até hoje que não fiz nada errado. Foi um baque. Na hora você fica sem o pé no chão, perde um pouco a noção do que vai fazer porque você está acostumado a seguir aquela rotina" concluiu desiludido, o repórter.

A Rede Globo se preocupa muito com a possibilidade de reeleição de Jair Bolsonaro. Ela não suportará mais 4 anos de livre concorrência, sem os privilégios estatais que a mantiveram na liderança durante décadas e não suporta mais viver sem as benesses do poder. 

A emissora está no sufoco...

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055