martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 10 de dezembro de 2022

Na Alemanha, iminência de 'golpe' assombra o País

 Sábado, 10 de Dezembro de 2022



Na Alemanha, eles são conhecidos como Reichsbürger, isto é, "Cidadãos do Reich", e não reconhecem a Alemanha como um Estado legítimo. O grupo que na quarta-feira (07) foi desmantelado, numa operação que envolveu mais de três mil policiais e buscas a 130 propriedades, queria alegadamente invadir o Parlamento e derrubar o governo. O objetivo seria instalar no poder o príncipe Heinrich XIII Reuss, um aristocrata de 71 anos que está entre as 25 pessoas detidas. 

Segundo as autoridades alemãs, os detidos são suspeitos de "pertencer a uma organização terrorista fundada no final de novembro de 2021, com ligações ao movimento Reichsbürger, que tinha estabelecido o objetivo de derrubar a ordem estatal existente na Alemanha e substituí-la pela sua própria forma de Estado". Além dos 25 detidos (um deles preso na Itália e outro na Áustria), foram ainda identificados mais 27 suspeitos.

Um dos locais que foi alvo de buscas, segundo a revista Der Spiegel, foi um quartel da Unidade de Forças Especiais (KSK) do Exército alemão, na cidade de Calw (no estado de Bade-Vurtemberga, no sul). Entre os detidos estará um soldado desta unidade, além de vários reservistas das Forças Armadas alemãs e até mesmo um juiz de direito, segundo confirmaram os Serviços de Inteligência Militares à agência de notícias DPA - um dos líderes seria Rüdiger Von P. , que comandou um batalhão de paraquedistas no início da década de 1990 (antes de se juntar à KSK), acabando por ser afastado por roubar armas. 

O QUE A ELEIÇÃO BRASILEIRA TEM A VER COM ISSO?

A verdade é que o cidadão comum, trabalhador, patriota não aceita esse discurso progressista de que as nações devem se pautar por organizações internacionais como a OMS, a União Europeia ou mega-corporações de gigantes da tecnologia. 

A saída do Reino Unido da União Europeia já foi um recado. A vitoria da conservadora Giorgia Meloni na Itália e o crescimento da direita na França também sinalizou fortemente. Na Suécia o partido SD de inspiração neonazista venceu as eleições em setembro desse ano.

Por isso a reeleição de Bolsonaro, o maior líder conservador no globo que está no poder, seria uma referência mundial para os conservadores. Infelizmente no Brasil, se repetiu o ‘fenômeno’ americano onde um candidato recluso (Biden/Lula) derrotou um candidato que arrastava multidões por onde ia (Trump/Bolsonaro).e a exemplo do que aconteceu com Joe Biden, o candidato Lula recebeu apoio maciço da grande imprensa e das Big Techs.

Porém nem a vitória atenuou a rejeição dos americanos à Joe Biden que continua sendo hostilizado pelo seu próprio povo nas raras aparições públicas – tudo indica que Lula deve enfrentar o mesmo tipo de rejeição. Aliás nesse momento Lula está ‘ilhado’ no Hotel Mélia Brasília pois manifestantes cercam o hotel, o presidente eleito pelas urnas eletrônicas não desce sequer ao Lobby para um café ou para suas refeições, ele faz tudo no quarto onde as diárias chegam a R$ 2.900,00.

Foto de Eduardo Negrão

Eduardo Negrão

Consultor político e autor de "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande" ambos pela Scortecci Editora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643