martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 10 de dezembro de 2022

Aloizio Mercadante é cotado para presidir BNDES no governo Lula

Sábado, 10 de Dezembro de 2022

Foto: Juca Varella

O coordenador do programa de governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Aloizio Mercadante, é hoje um dos nomes mais forte para comandar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), segundo apurou o Estadão.

O comando do banco desenvolvimento terá papel decisivo na política econômica que Lula quer implementar para ativar o investimento e acelerar o desenvolvimento do País.

Procurada, a assessoria de Mercadante não negou a informação obtida pelo Estadão: “Haverá uma reunião no domingo para definir. Há outras possibilidades e Aloizio Mercadante vai falar pessoalmente com o presidente Lula sobre o assunto”, respondeu a sua assessoria.

Ex-ministro, ex-senador e atual presidente da Fundação Perseu Abramo, braço do pensamento econômico do PT, Mercadante coordena os grupos de trabalho do governo de transição.

Em entrevista nesta semana, ele falou sobre os planos para o BNDES e antecipou que o banco de desenvolvimento do governo federal deve ficar vinculado ao novo ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Mercadante disse que o governo eleito quer fortalecer o financiamento de longo prazo do BNDES, sem comprometer recursos do Tesouro Nacional. “Somos contra a visão de um BNDES acanhado e sem capacidade de financiamento. O BNDES precisa ser uma fábrica de projetos e estimular startups”, disse na entrevista.

O economista Gabriel Galípolo, próximo ao futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, é cotado também para presidir o BNDES. Galípolo é ex-presidente do banco Fator e interlocutor na campanha com o mercado financeiro. É próximo da Haddad.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Agora o filho desse PTralha fica bilionário, pois nos governos anteriores dos PTralhas o mesmo não tinha um pai para dar num gato e saiu milionário, imagine agora o pai no BNDES.

  2. Fernando Haddad, Flávio Dino, Rui Costa e Mercadante, ou melhor, os Cavaleiros do Apocalipse – kkk – o circo está ficando melhor do que a encomenda.

  3. Entregando o galinheiro para a raposa tomar conta…
    Lembro-me da história conhecida de Ali-Babá e seus 40 ladrões…
    Numa deformação bem própria de nossa cultura, nós o associamos aos 40 ladrões como se ele fosse um deles…
    No nosso caso, na realidade ele roubou mesmo, só que em forma de corrupção, que dificilmente deixa rastro…
    A moral da história é óbvia: roubar é coisa fácil…
    E cada vez mais fácil…
    O difícil, às vezes, é esconder o roubo (apartamentos, granjas, caixas de dinheiro)…
    Mas nem sempre…
    Os casos mais notórios da nossa vida pública repetem monotonamente a aflição tentando fechar a caverna do tesouro, mas se esquecendo da senha mágica…
    Num caderninho ou na agenda eletrônica, levam o nome salvador…
    Muitos conseguem entrar e sair. Ganham nas instâncias finais (STF)…
    Depois de saquearem a maravilhosa caverna do erário, alegam que enriqueceram na iniciativa privada…
    Como explicar aos nossos filhos, que o crime não compensa???

    1. Passaram 4 anos se organizando pra o sucateamento do Brasil, só a misericórdia

    1. É colocar uma raposa em um galinheiro. Em breve vamos sentir as consequências da escolha dos nossos representantes através de um ideologia política!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643