martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

domingo, 15 de maio de 2022

Minas Gerais, o estado que sempre decide os pleitos, será crucial em 2022

 Domingo , 15 de Maio de 2022

Quem acompanha as eleições já sabe que historicamente, quem ganha em Minas Gerais, ganha o pleito eleitoral.

Minas sempre foi considerada um termômetro eleitoral.

E a situação atual de Minas é a seguinte:

A maioria dos partidos e o próprio PSD mineiro, não quer apoiar o ex-prefeito Kalil, justamente para não dar palco político ao Lula. Eles preferem esvaziar e inviabilizar a campanha de Kalil para ter a liberdade de apoiar Zema e dar palco político ao Bolsonaro.

Se a própria conjuntura política não está favorável para a acolhida de Lula e seus aliados, imagine como está a recepção da população.

As pesquisas tendem a mostrar Bolsonaro subindo e Lula despencando, para tentar aproximar o cenário inventado pelos militantes, ao cenário real, composto pelos eleitores brasileiros. Evidentemente, colocarão a culpa nos robôs de Bolsonaro e nas falas desastrosas (porém sinceras) de Lula.

E vou além, Lula não é homem de se candidatar contra Bolsonaro, ciente que até os institutos de pesquisa já não conseguem mais segurar a preferência do eleitorado. Se perder uma eleição, a esquerda como um todo, perde sua narrativa, então convém deixar Lula em casa, inventar um desgaste, uma doença, ou  uma ameaça para justificar a sua desistência.

Isso reforça o pavor petista de que Lula não lance sua candidatura. E o cargo de POSTE DO PT está sendo disputado internamente, assim como, reacende as esperanças de Ciro Gomes e do PDT.

Minha sugestão ao PT: substituam Lula por Dilma!

Já que o PT reclama que ela era uma mulher digna, honesta, competente e que foi injustiçada pelo "Golpe do Temer", o partido poderia dar essa nova chance à mulher, não acham?

Dilma X Bolsonaro, não seria interessante testar os votos da esquerda neste cenário? Será que os próprios petistas consideram Dilma uma PresidentA confiável? Pelo visto descartaram a mulher.

Ainda sobre Minas, para relembrar: Em 2018, Bolsonaro ganhou em Minas Gerais no PRIMEIRO TURNO com cerca de 48% enquanto o PT tinha cerca de 27% e no SEGUNDO TURNO a diferença foi de 58% contra 41%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055