martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Na reta final da disputa, o tiro no pé de Pacheco: Ninguém gosta do Alcolumbre...

Quarta, 25 de Janeiro de 2023

Entretanto, os dois postulantes adotam táticas totalmente diferentes no embate.

Rogério Marinho tem feito o corpo a corpo, visitando os senadores pessoalmente. Não sai da ponte aérea.

Pacheco, por sua vez, parece subestimar a capacidade de articulação do adversário e praticamente ‘tercerizou’ sua campanha.

Entregou sua campanha nas mãos de Davi Alcolumbre.

Um verdadeiro tiro no pé.

Matéria do site Poder 360 revela isso:

“O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e seu principal adversário na busca pela reeleição, o senador eleito Rogério Marinho (PL-RN), adotam estratégias diferentes na disputa pelo comando da Casa.
Enquanto o atual chefe do Legislativo confia no trabalho pregresso e entrega a articulação ao aliado Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), o ex-ministro visita seus pares há semanas. Não sai da ponte aérea.
Marinho já visitou mais de 60 senadores. Na última 2ª feira (23.jan), foi pessoalmente a gabinetes de colegas em Brasília. Nesta 3ª feira (24.jan), está em Sergipe. Deve seguir nessa toada até o dia 1º de fevereiro, quando tomam posse os novos senadores e o conjunto da Casa elege seu presidente para os próximos 2 anos.
O Poder360 apurou que o excesso de protagonismo de Davi Alcolumbre tem desagradado a alas do Senado. Há queixas sobre atropelos na negociação de espaços na mesa e nas comissões. Sobra espaço para ressentimentos.
Alcolumbre pretende ser reconduzido ao comando da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e voltar à presidência da Casa em 2025. Esse movimento não é consenso nos partidos ligados a Pacheco.”

A derrota de Pacheco gradativamente está se desenhando.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643