martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 24 de janeiro de 2023

Depois de quebrar a confiança do povo, General Mourão retoma a lucidez

 Terça, 24 de Janeiro de 2023


Ele criticou fortemente a decisão de Lula de exonerar o comandante do Exército, Júlio César de Arruda apenas 19 dias após nomeá-lo – uma humilhação, não para o general Júlio Cesar, mas para o Exército enquanto instituição.

Mourão disse que uma exoneração tão precoce ‘mostra que o governo Luiz Inácio Lula da Silva quer fomentar uma crise com as Forças Armadas’.

A demissão acontece após a publicação da reportagem de Anthony Faiola, Samantha Schmidt e Marina Dias para o “Washington Post”, que apontou que o comandante Júlio César de Arruda disse ao ministro da Justiça, Flávio Dino:

“Vocês não vão prender gente aqui”.

O General  Mourão tem outra versão:

“Se o motivo foi tentativa de pedir a cabeça de algum militar, sem que houvesse investigação, mostra que o governo realmente quer alimentar uma crise com as Forças e, em particular, com o Exército”, disse Mourão, referindo-se aos boatos de que o principal motivo da exoneração foi o fato de Arruda ter resistido ao pedido do ministro da Defesa, José Múcio, para que o tenente-coronel Mauro Cid fosse retirado do comando de um batalhão do Exército em Goiânia. 

E completou:

“Isso é péssimo para o país.”

Parece que todos estão acordando...

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643