martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 8 de setembro de 2022

A marcha pela Liberdade pinta o Brasil de verde e amarelo

Quinta, 07 de Setembro de 2022

A vida, a liberdade e a propriedade não passaram a existir porque os homens fizeram leis. Ao contrário, é porque a vida, a liberdade e a propriedade já existiam que os homens fizeram leis.

(...)

Cada um de nós tem um direito natural, recebido de Deus, de defender sua pessoa, sua liberdade e sua propriedade, pois esses são os três elementos constitutivos e mantenedores da vida e a preservação de qualquer um deles depende da preservação dos demais.

(A lei- Frédéric Bastiat)

Sem liberdade não há humanidade. Se não posso dizer ao outro o que me motiva, o que tenho por certo e justo, se sou impedido de ir contra quem ou o que considero injusto, imoral e indigno, então, seguramente, vivo  em uma sociedade  comandada por leis tiranas, uma ditadura.

Somos uma nação rica em recursos, rica em diversidade étnica,  cultural, religiosa. Senhora de uma beleza que causa inveja e cobiça. 

Todas as religiões encontram acolhida no Brasil, contudo a cruz e o legado dos Santos e Mártires ainda é o elemento que fundamenta nossa conduta moral, étnica e que enriquece nosso imaginário.

Nosso hino evidenciou o que somos:

Ouviram do Ipiranga, às margens plácidas
De um povo heroico, o brado retumbante
E o Sol da liberdade, em raios fúlgidos
Brilhou no céu da pátria nesse instante

Somos um povo que luta, que se sacrifica, que derrama suor e lágrimas pela família, pela liberdade.

Em teu seio, ó liberdade
Desafia o nosso peito a própria morte.

Sim, a liberdade sempre deve ser um bem a ser preservado. Não é uma esmola dada pelo estado, não se encontra na mão de "iluminados". 

Nossa liberdade é uma benção dada por Deus no ato de nossa criação. Somos livres para escolher o caminho que desejamos.

Mas se ergues da justiça a clava forte
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora, a própria morte
Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo, és mãe gentil
Pátria amada, Brasil!

Sim, nunca devemos nos calar e moderar nossa fala diante da crueldade, da injustiça e do medo.

Devemos ser homens de virtude, de fé. O cristão grita contra o pecado, ajuda o caído e sustenta o necessitado.

Ainda somos uma nação cristã? Ainda é Deus o nosso Senhor?

Ainda é Cristo nosso Salvador?

Ainda somos um povo livre?

Então não somente hoje, no dia 7 de setembro, dia que conseguimos mostrar ao mundo a cor que queremos em nossa bandeira, como também as virtudes que ela deve simbolizar.

Durante todos os dias, meses e anos, proclamemos que somos livres, que Deus é nosso Senhor, que Somos fortes, corajosos.

Anunciemos a todos que temos orgulho de quem somos.

Somos brasileiros. O brasileiro é,  antes de tudo, um forte.

Foto de Carlos Alberto Chaves Pessoa Júnior

Carlos Alberto Chaves Pessoa Júnior

Professor. É formado em Letras pela UFPE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643