martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 19 de agosto de 2022

O "ativismo" chegou à Polícia Federal? Graves ações estão ocorrendo na 'surdina'

Sexta, 19 de Agosto de 2022

A notícia de que o delegado, Bruno Calandrini, responsável pela investigação do escândalo que levou à prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, pediu a prisão da "cúpula da Polícia Federal", por suposta interferência no caso, repercutiu muito mal dentro da corporação.

"Ficou clara a inexperiência ou incúria do DPF Calandrini no planejamento operacional para deflagração da Operação", registra a primeira das conclusões do relatório.

O documento foi recuperado após ser divulgado o pedido de Calandrini pela prisão da cúpula da PF - informação revelada pelo portal Metrópoles – não por coincidência o Metrópoles é de propriedade de um ex-senador preso exatamente pela Policia Federal. 

O delegado Calandrini parece usar uma estratégia ‘randolfista’ onde se faz uma denúncia (geralmente sem fundamentação jurídica) e vaza para a imprensa anti-bolsonarista, gerando um factoide político.

Se pegar, pegou. Senão, simplesmente se parte para a próxima denúncia onde o objetivo é simplesmente desgastar o governo e gerar manchetes negativas.

Descontrolado, Calandrini também pediu ao STF busca e apreensão dos telefones celulares de Augusto Aras e Paulo Guedes.

Os dois pedidos foram negados pelo ministro do Supremo, Luís Roberto Barroso.

Foto de Eduardo Negrão

Eduardo Negrão

Consultor político e autor de "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande" ambos pela Scortecci Editora.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055