martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 18 de julho de 2022

Deputado aciona PGR e STF para investigar responsáveis por simulação de assassinato de Bolsonaro (veja o vídeo)

Segunda, 18 de Julho de 2022





O objetivo de Barros é que as empresas e os responsáveis pela absurda iniciativa ‘travestida de arte’, sejam identificados para os devidos esclarecimentos e que o caso seja incluído no Inquérito das Fake News, criado e conduzido pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes

“Nós vimos e toda a população de bem se revoltou, aquelas cenas criminosas que reproduziu o assassinato do presidente da República Jair Bolsonaro. Isso não é arte, isso não é cultura, não é produção cultural, não é jornalismo, isso é crime”, disse o parlamentar.

Perfeita a iniciativa de Filipe Barros, considerando-se que Bolsonaro e as alas conservadores têm sido acusados diariamente, e sem provas, de incitação à violência política.


Neste caso, porém, as provas são contundentes, pois é óbvio o objetivo de relacionar a encenação à figura de Bolsonaro. 

Desde o ator, cujo figurino e maquiagem foram elaborados para torná-lo semelhante ao presidente, passando pela utilização de uma moto em cena, veículo que se tornou símbolo da popularidade do chefe do Executivo, e concluindo-se no objeto utilizado no atentado, uma flecha indígena, em alusão à suposta insatisfação dos povos tradicionais com o governo, em uma narrativa sem fundamento alimentada pelos esquerdopatas.

Mas se o leitor ainda tiver dúvida, já se sabe, por exemplo, que a verba que financia parte da produção foram liberadas pela Ancine, em 2016, portanto trata-se de dinheiro público, e que as imagens do assassinato pertencem ao filme “A Fúria” (nome sugestivo, não?), sob direção do cineasta Ruy Guerra (esse aí, na da foto abaixo).

É só juntar as partes!

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055