martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 12 de fevereiro de 2022

Em meio à tensão na fronteira entre Rússia e Ucrânia, ao menos 20 países já pediram para cidadãos deixarem o território ucraniano

 Sábado, 12 de Fevereiro de 2022

Foto: Volodymyr Tarasov/ Ukrinform/Future Publishing via Getty Images

Em meio à crescente tensão na fronteira entre Rússia e Ucrânia e a ameaça iminente de invasão em larga escala, 20 países já pediram para seus cidadãos deixarem o território ucraniano.

Estados Unidos, Reino Unido, Estônia, Israel, Letônia, Japão, Coreia do Sul, Noruega, Holanda, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha, Lituânia, Kuwait, Jordânia, Suécia, Iraque, Arábia Saudita, Turquia e Espanha, por meio de suas embaixadas ou ministérios de Relações Exteriores, aconselharam as pessoas a deixaram a Ucrânia o “quanto antes possível”.

“Não estamos dizendo que uma decisão foi tomada – que uma decisão final foi tomada pelo presidente Putin. Mas temos um nível suficiente de preocupação com base no que estamos vendo na região”, disse Jake Sullivan, conselheiro de segurança nacional do presidente norte-americano Joe Biden.

De acordo com Sullivan, há a expectativa de que o presidente norte-americano converse por telefone com o presidente russo, Vladimir Putin, neste sábado. A conversa pode acontecer diante de novos alertas urgentes sobre o potencial risco de um conflito armado na Ucrânia.

A informação também foi confirmada pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, que afirmou à CNN que a ligação entre os dois presidentes deve mesmo acontecer.

Peskov ainda revelou a data e o horário da conversa: será neste sábado (12) às 19h de Moscou (11h nos EUA e 13h pelo horário de Brasília).

CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055