martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Cancelar carnaval público e manter folia privada não impedirá transmissão da Ômicron no RN, diz pesquisador

 Quinta, 10 de Fevereiro de 2022

Foto: Reprodução

Com ou sem Covid-19, o Brasil terá o feriado de Carnaval em 1º de março de 2022. Mas as festas que acontecem na data não serão realizadas em muitos municípios, por causa da variante Ômicron e do surto de gripe. No Rio Grande do Norte, pelo menos 16 cidades suspenderam oficialmente a folia pública. Entre elas, apenas Caicó, no Seridó potiguar, deixou claro que eventos privados também estão proibidos.

Para o professor do Departamento de Física da UFRN e membro do Comitê Científico do Nordeste, José Dias do Nascimento Júnior, é adequado não realizar nenhum tipo de aglomeração até o Carnaval. A medida se faz necessária para evitar o aumento de contágio pelo vírus, que segue fazendo vítimas no RN. A cautela é recomendada especialmente por causa da Ômicron. A variante foi responsável por 100% dos testes positivos de coronavírus na primeira semana de janeiro deste ano no estado potiguar, segundo boletim de vigilância epidemiológica divulgado pela Rede Corona-ômica, ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

“A proibição dos carnavais oficiais não irá impedir que festas privadas mantenham um nível elevado de transmissão do vírus, pois a variante Ômicron é muito mais eficiente na sua transmissão quando comparada com as versões anteriores, como a Delta. Ou seja, a velocidade do avanço da Ômicron é extremamente rápida e, no Rio Grande do Norte, como em parte do Nordeste, a disseminação será mantida devido a concentração de pessoas nas praias, festas, em encontros casuais de proximidade e lugares onde a máscara não será utilizada”, explicou.

O argumento utilizado em muitos casos para justificar eventos privados é a possibilidade de exigência do comprovante vacinal, algo inviável em um festas abertas ao público. De fato, tal medida tem sido adotada em eventos particulares no RN. Até a manhã desta quinta, seis dos 18 hospitais com leitos Covid-19 estão com ocupação de 100%.

Agora RN

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Esse é um país que se um bêbado fizer uma colocação de palavra fora de contexto, ou mal interpretada, ou sem a devida conotação que expresse a vontade pessoal será cancelado pelas mídias sociais, escritas, televisiva etc, concomitante a isso terá seus direitos suspensos e além de ser caçado pelo procurador geral, polícia, exército, marinhe aeronáutica. Agora se você montar uma quadrilha pra roubar trilhões de reais do povo, e com os recursos roubados penalizar esse povo a miséria, serviços essenciais precarizados, marginalizar comunidade pela ausência de infraestrutura, explosão de violência, sofrimento e morte nos hospitais pela fraude nos recursos desviados, Enfim, esses e outros males decorrente dessa corrupção, premiará o corrupto ao invés de prisão perpétua, ou mesmo repulsa de toda sociedade, será premiado com novo mandato, agora com o manto total da Impunidade, já que pela idade, toda condenação terá prescrição, e assim, mais um século de atraso terão seus cidadãos. Em contrapartida, os agentes da justiça que prenderam a enorme quadrilha de poderosos, recuperaram 15 bilhões de reais, serão cassados como uns entes mais nocivos a sociedade. Portanto amigos, uma lástima, uma vergonha, que país queremos pra nossos filhos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055