martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Queiroga diz que Brasil já tem cenário seguro para volta às aulas

 Quarta, 07 de Julho de 2021

Foto: João Gabriel Alves/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Sem apresentar dados da vacinação dos professores no Brasil, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga diz que Brasil já tem um “cenário seguro” para a volta às aulas.

“Uma parcela grande de professores já está com a primeira dose da vacina contra a Covid”, afirmou Queiroga em evento da ONU Brasil sobre educação na pandemia.

Nas últimas pautas de distribuição de doses dos imunizantes pelo Brasil, o Plano Nacional de Operacionalização informou que concluiu a entrega de doses específicas para os profissionais da educação de ensino fundamental ao superior, passando pelos cursos profissionalizantes.

As orientações são definidas pelo Ministério da Saúde e as secretarias de saúde estaduais e municipais. Mesmo assim, os governadores têm autonomia para utilizarem as doses em grupos diferentes.

Por isso, encaminhar doses aos profissionais da educação não significa que todos foram vacinados. Essas doses podem ter sido utilizadas para outros fins como a vacinação de pessoas sem comorbidade por idade.

Portaria interministerial

O ministro Queiroga também disse que a sua pasta, o Ministério da Educação, a Advocacia Geral da União e a Casa Civil estão fazendo uma portaria interministerial para “disciplinar o retorno seguro das aulas”.

Queiroga não deu previsão de quando a medida será divulgada. De acordo com o ministro, mais de 5 milhões de jovens ficaram afastados das escolas durante a pandemia com “boa parte deles sem acesso, nem mesmo, às aulas virtuais”.

CNN Brasil

  1. Foi só tirar o general de onde nunca deveria ter entrado que as coisas começaram a ter mais sentido, aliás, é lamentável o que esses senhores estão fazendo com a imagem das Forças Armadas, estão jogando as instituições mais respeitadas pela população brasileiras na vala comum. Deveria ser proibido usar ao assumir cargos políticos usar dos títulos e da patente. Nada de general, coronel ou cabo e etc… deveria ser tratado pelo nome normalmente, nem permitir que politico algum utilize pra fazer campanha política.

    1. Luladrão acabou com a credibilidade da Petrobrás, correios, e outras empresas privadas, como disse Ciro, foi corrupto e corrompeu. agora Bolsonaro esta tentando desmoralizar as forças armadas e outras instituições serias. Cada Presidente canalha tenta derruba um pilar de sustentação da nação. Temos q encontrar um presidente com intenções já comprovadas. Moro 2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055